27.4 C
Uberlândia
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasAprosoja alerta para o vazio sanitário

Aprosoja alerta para o vazio sanitário

Crédito: Aprosoja

A Associação dos Produtores de Soja, Milho e Sorgo do Estado de Minas Gerais (Aprosoja-MG) alerta para a chegada do vazio sanitário da soja em Minas, que neste ano está mais curto, começando no dia 1º de julho e se estendendo até 15 de setembro, diferente do ano passado, quando o período terminou em 30 de setembro. Ou seja, serão 77 dias sem soja no campo, antes o vazio era de 90 dias.

Com isso, os produtores de soja do Estado poderão iniciar o plantio a partir de 16 de setembro, mediante essa alteração no período de Vazio Sanitário e Controle da Ferrugem Asiática da Soja.

“É muito importante que o vazio sanitário seja cumprido para evitar a ferrugem, uma doença muito severa que pode causar muitos prejuízos aos produtores, inclusive perda total das lavouras. O combate a essa praga, além de aumentar muito o custo de produção, com mais aplicações de fungicidas, aumenta também o risco de perda na produtividade”, alerta o presidente da Aprosoja-MG, Wesley Barbosa de Freitas.

O vazio sanitário é o período de no mínimo 60 dias em que não se pode semear ou manter plantas vivas de soja no campo. O objetivo do vazio sanitário é reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem-asiática durante a entressafra e assim atrasar a ocorrência da doença na safra.

ARTIGOS RELACIONADOS

Plantio e a exploração das florestas

As florestas plantadas serão cada vez mais ampliadas em todos os continentes, ...

Estiagem pode ter trégua no Centro-Oeste e MAPITOBAPA

Chuvas esperadas trazem alívio à estiagem prolongada na região do Centro-Oeste.

Bioestimulante eleva produtividade da soja em mais de 10 sacas por hectare

Solução da Sipcam Nichino contém alta concentração de aminoácidos livres e micronutrientes na formulação, ingredientes que fomentam plantas mais resistentes e mais produtivas

Ferrugem asiática: Diagnóstico e manejo equivocado são os vilões

Autores Jéssica Caroline Coppo Doutoranda em Agronomia – Universidade Estadual de Maringá (UEM) Jussara Carla Frontti Alfredo Alves Neto Doutorandos em...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!