20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasArroz melhora desenvolvimento com bioestímulo e controle de invasoras

Arroz melhora desenvolvimento com bioestímulo e controle de invasoras

Plantas mais sadias e colheita de grãos de melhor qualidade estão entre os diferenciais transferidos pela aplicação de novas soluções, destaca empresa

Divulgação

A adoção do bioestímulo no manejo na cultura do arroz desponta entre as tendências de manejo do grão de agora aos próximos anos. A análise é da Sipcam Nichino Brasil, que recentemente lançou uma Plataforma de Bioestimulantes, entre estes o de marca Abyss®. Também para a rizicultura, a companhia introduziu no mercado há cerca de dois anos o herbicida Sirtaki® 360 CS, considerado de última geração por especialistas.

De acordo com o engenheiro agrônomo José de Freitas, da área de desenvolvimento de mercado, estudos da Sipcam Nichino indicam que a introdução do bioestímulo na cultura, combinado ao controle eficaz de invasoras de difícil controle, pragas e doenças, transfere ao produtor ganhos relevantes em produtividade e rentabilidade.

Sobre o bioestimulante Abyss®, assinala o agrônomo, dados respaldam a entrega de desempenho vegetativo superior ao arroz. “Amplia a capacidade fotossintética da cultura”, ele afirma. “Combina micronutrientes e extratos de algas marinhas puros na formulação”. Tais características, diz ele, impactam positivamente nos processos bioquímicos em todos os ‘estádios’ fenológicos do arroz. “Transfere melhor tolerância a condições de estresse para a planta, além de prevenção e recuperação de fitotoxicidade de herbicidas. Otimiza ainda a absorção de nutrientes e o desenvolvimento dos grãos.”

Invasoras da cultura

Em relação à utilização do herbicida Sirtaki® 360 CS no arroz, José de Freitas salienta a potência e eficácia dessa solução no manejo de invasoras de difícil controle, entre estas capim-carrapicho (Cenchrus echinatus), capim-pé-de-galinha (Eleusine indica), capim-arroz (Echinochloa crusgalli), trapoeraba (Commelina bengahalensis) e várias daninhas que constam na bula do produto. Conforme Freitas, a recomendação é aplicar na pré-emergência das ervas infestantes (“plante e aplique”).

Segundo a Sipcam Nichino, Sirtaki® 360 CS é descrito como um graminicida sistêmico, seletivo e pré-emergente ancorado no ingrediente ativo clomazone. Para a companhia, o lançamento da solução no país abriu uma nova era em relação à chamada formulação encapsulada (CS), na qual o ativo do herbicida é inserido em microcápsulas menores do que as tradicionais.

“Trata-se de uma tecnologia de última geração, resistente a atritos”, observa Freitas. “Esta característica dá mais precisão à ação graminicida. A chuva não interfere no desempenho do produto, ao contrário, funciona como um agente ativador”, ela acrescenta.

ARTIGOS RELACIONADOS

Herbicida revoluciona controle de invasoras do arroz

Lançado no ano passado pela Sipcam Nichino Brasil, o herbicida de marca Sirtaki® 360 CS cresce safra após safra na rizicultura, sob a reputação...

Uso de fosfitos no manejo das doenças no feijão

Os fosfitos ativam os mecanismos de defesa e produzem fitoalexinas, substâncias naturais de autodefesa que conferem resistência contra fitopatógenos, entre eles, a antracnose   Fabiano Pacentchuk Engenheiro...

Jambu – Hortaliça amazônica atrai por seus benefícios

O jambu (Spilanthes oleracea L.), é uma hortaliça não convencional bastante utilizada na culinária da região norte do País, estando presente em comidas típicas da região, como por exemplo o “tacacá” e o “pato no tucupi”. Suas folhas e flores apresentam uma característica peculiar - quando consumidas causam a sensação de formigamento na boca.

Aviação agrícola conta com auxílio dos drones

Quando pensamos em drones de pulverização e em aviões agrícolas, ambos têm uma finalidade principal: realizar a aplicação de defensivos agrícolas para controle de pragas, doenças e plantas daninhas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!