19.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 20, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasAumento na produção de trigo no Brasil deve baratear o pão na...

Aumento na produção de trigo no Brasil deve baratear o pão na mesa dos consumidores

Divulgação

Apesar do Brasil ser considerado uma das maiores potências agrícolas do mundo, ainda sofre com a dependência de importações para atender à demanda interna de alguns produtos, como é o caso do trigo. Isso porque a maior parte da commodity, que é usada principalmente para fazer pães e bolos, é produzida fora do país. Atualmente os brasileiros consomem entre 12 e 13 milhões de toneladas de trigo por ano enquanto, em 2022, a produção nacional do grão deve atingir o recorde de cerca de 8 milhões de toneladas, segundo dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Contudo, depois que o Brasil adaptou a produção do trigo ao solo do Cerrado, o país passou a contar com a possibilidade da autossuficiência. A estimativa é ampliar a área de produção de trigo para um milhão de hectares em sistema irrigado no cerrado e incorporar mais 2,5 milhões de hectares no sistema de sequeiro, local onde o plantio é feito, sem necessidade de irrigação constante. Isso representaria um acréscimo de cerca de 4 milhões de toneladas do grão no país nos próximos 10 anos. Tradicionalmente, o trigo é produzido em regiões mais frias, como no sul do Brasil, na Argentina, Canadá, Estados Unidos, Rússia e Ucrânia. 

“O país, que já é líder mundial na produção de soja e o terceiro maior produtor de milho, finalmente caminha para se tornar autossuficiente com o trigo. Com esta independência na produção do grão, os seus derivados devem ficar mais baratos, como é o caso do pão, alimento bastante popular na mesa dos brasileiros. Além disso, considerando a demanda internacional, se alcançarmos essa suficiência, o Brasil poderá se tornar um país exportador da commodity. Isso representa um impacto positivo para o agronegócio e na balança comercial brasileira”, afirma o especialista em comércio exterior e diretor da Tek Trade, Sandro Marin.

ARTIGOS RELACIONADOS

Aumentam os focos de Oídio nas lavouras do Sul

Ataque do fungo foi causado pelo tempo seco nas primeiras semanas de julho. Monitoramento constante é fundamental para proteger as lavouras de trigo   O clima ameno...

Mandioquinha-salsa: Sul e sudeste em destaque

A área de produção de mandioquinha-salsa no Brasil é de aproximadamente 15 mil hectares, movimentando cerca de R$ 2 bilhões ao ano. Dentre as regiões brasileiras, o Sul e o Sudeste são responsáveis pela maior parte da produção de mandioquinha-salsa no País, sendo que Minas Gerais responde pela maior produção entre os Estados brasileiros.

Projeções iniciais apontam manutenção de recorde de trigo para a safra paulista em 2023

Melhoramento genético e mais precisão na apuração de dados também foram pontos discutidos em reunião da Câmara Setorial do cereal

Novo estilo de vida aumenta demanda por abacates

Nunca se teve uma busca tão grande por uma alimentação saudável como nos dias atuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!