14.6 C
Uberlândia
quinta-feira, maio 30, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesCadeia produtiva do cacau se desenvolve de forma sustentável na Bahia e...

Cadeia produtiva do cacau se desenvolve de forma sustentável na Bahia e Pará

Programa de apoio ao produtor rural atendeu 96 fazendas de cacau, localizadas em 26 municípios das regiões Sul e Oeste da Bahia e do Pará em 2023. No total, foram mais de 160 mil hectares verificados

Divulgação

O Brasil produziu mais de 290 mil toneladas de cacau no ano passado. Os estados da Bahia e do Pará foram responsáveis por cerca de 95% desse volume. Não à toa, a atividade cacaueira na região é vetor de desenvolvimento socioeconômico e contribui para a preservação do clima e do meio ambiente. No Sul da Bahia, boa parte do cacau é plantado no sistema Cabruca, sob a sombra das árvores nativas da Mata Atlântica, prática que existe há mais de 200 anos e é considerada como precursora dos atuais sistemas agroflorestais.

Uma iniciativa privada vem sendo primordial para aumentar a produtividade e a sustentabilidade da cadeia do cacau nesses estados. Trata-se do Programa Cacau Produtivo, parceria entre a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA) e a Cargill que tem como propósito auxiliar gratuitamente o produtor rural na gestão do seu empreendimento por meio de assistência técnica, capacitação de pessoas e disseminação de boas práticas para melhoria dos indicadores sociais, econômicos e ambientais.

O Programa que completou um ano de existência já atendeu 96 fazendas de 26 municípios do Sul e Oeste da Bahia e do Pará, que juntas somam 160 mil hectares de área, e verificou 3,3 mil toneladas de cacau. Neste período, foram realizadas cerca de 300 visitas técnicas (quase 3 mil horas) para avaliação de 240 indicadores com a aplicação de checklist socioambiental e de construções rurais, distribuição de 4.500 placas de sinalização e mais de 600 materiais diversos para apoio à gestão sustentável das propriedades. Além de 93 treinamentos que capacitaram mais de 500 pessoas.

Divulgação

Especificamente na parte de campo, o programa forneceu análises de potabilidade de água, fertilidade de solos, calendário agrícola personalizado por região e assistência técnica aos produtores rurais, abordando temas como: correção e adubação, manejo de pragas e doenças, poda, enxertia, renovação de áreas e outras boas práticas que visam o aumento de produtividade do cacau.

Para o atendimento às exigências das legislações vigentes, o Cacau Produtivo utiliza a metodologia e os materiais de gestão – manuais de regularização ambiental, construções rurais, gestão de resíduos, vídeos de segurança e caixas de primeiros socorros – do Agro Plus, maior programa privado de assistência técnica agrícola do Brasil que é coordenado nacionalmente pela ABIOVE.

ARTIGOS RELACIONADOS

O risco das pragas que vem de fora

  Claudio Spadotto Membro do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), gerente geral da Embrapa Gestão Territorial   As pragas (insetos, fungos, bactérias, plantas invasoras etc.) das lavouras...

Tecnologia de irrigação por gotejamento revoluciona produção de cacau

Por Carlos Sanches, Engenheiro Agrônomo e Gerente Agronômico da Netafim.  A crise hídrica impactou o abastecimento de produtos nos supermercados e isso assustou a população. A...

Produção de açaí, mandioca, café, cacau e outros gera R$ 24,4 bilhões para a região do Bioma Amazônia

Para promover um desenvolvimento mais sustentável e gerar renda para a região, seria importante tanto focar nos produtos mais associados ao Bioma (como açaí, dendê, mandioca, café) quanto aproveitar o desenvolvimento dos produtos que já estão consolidados, como as commodities agropecuárias (soja, milho e algodão).

Cacau: alimento é fonte inesgotável de saúde e bem-estar

A planta é muito explorada economicamente, uma vez que suas sementes, após secas e processadas, geram a matéria prima para a fabricação do chocolate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!