23.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasCapacitação impulsiona crescimento de negócios

Capacitação impulsiona crescimento de negócios

Pesquisa realizada pela EMBRAPA mostra que 70% das empresas do agronegócio reconhecem a necessidade de capacitar colaboradores..

A capacitação de profissionais para o agronegócio tem se tornado cada vez mais essencial diante dos desafios e demandas crescentes desse setor. De acordo com pesquisa realizada pela EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), aprimorar as habilidades e competências dos profissionais pode trazer benefícios significativos para a eficiência, produtividade e sustentabilidade do segmento.

Créditos: Freepik

Segundo o levantamento realizado, mais de 70% das empresas do agronegócio reconhecem a importância da capacitação para o desenvolvimento de seus colaboradores. Isso se deve ao fato de que o setor tem passado por transformações constantes, impulsionadas por avanços tecnológicos, mudanças nas práticas de gestão e regulamentações ambientais cada vez mais rigorosas. Outro aspecto destacado na pesquisa é a importância da capacitação em gestão e empreendedorismo. Com a complexidade do mercado e a necessidade de lidar com aspectos como logística, cadeia de suprimentos, finanças e marketing, profissionais capacitados nesses temas têm maiores chances de alcançar sucesso em suas atividades. Além disso, a capacitação em gestão contribui para o desenvolvimento de uma visão estratégica e sustentável do agronegócio, integrando aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Uma das empresas que se destaca nesse segmento é a Aliare, empresa de tecnologia que atende exclusivamente clientes de agronegócio. Em parceria com a Didáctica, especialista em educação corporativa, ela reformulou os manuais de orientação do sistema interno e criou uma certificação para os usuários do ERP (Planejamento de Recursos Empresariais). O objetivo foi minimizar o suporte técnico e reduzir o tempo de implantação do sistema nos clientes. “Nesse sentido, foi proposto não apenas oferecer manuais, mas sim treinamentos no formato de trilhas, de acordo com a função de cada profissional dentro do sistema ERP. Foi estabelecido ainda uma certificação básica obrigatória para que os clientes tivessem acesso ao suporte técnico. Caso contrário, o suporte não seria disponibilizado”, explica Gustavo Pierini, diretor da

Didáctica

A partir dessa colaboração, foi desenvolvido o projeto de certificação de usuários iniciais no sistema SIAGRI, utilizando a plataforma de ensino à distância (EAD) da Aliare. Essa iniciativa mostrou resultados positivos, reduzindo em aproximadamente 30% o número de ocorrências no help desk e suporte básico, além de agilizar a implantação do sistema. “Os clientes também passaram a desenvolver treinamentos e a explorar outros módulos do ERP, que é um sistema complexo e abrangente”, ressalta Pierini.

Escola corporativa

Com o amadurecimento do projeto, a Aliare e a Didáctica estabeleceram uma parceria para o desenvolvimento dessa capacitação, envolvendo profissionais da equipe da SIAGRI, empresa de software de gestão agrícola. Com o avanço da escola corporativa da SIAGRI, percebeu-se que as dúvidas dos clientes não se limitavam apenas à operação do sistema, mas também abrangiam aspectos relacionados aos processos agrícolas. A partir desse ponto, a Aliare passou a oferecer materiais complementares ao ERP, como treinamentos em controle de estoque, gestão financeira básica, escrita fiscal, entre outros. “A escola corporativa se expandiu, fornecendo conhecimentos adicionais que auxiliam os colaboradores a terem uma visão abrangente dos processos. Com o tempo, essa iniciativa se transformou em uma startup chamada Plantar Educação”, explica o diretor da Didáctica.

Atualmente, a Plantar Educação é parceira da Didáctica no desenvolvimento de conteúdos diversos, atendendo às necessidades específicas do mercado agrícola. Através dessa parceria, são oferecidos treinamentos de qualidade e específicos, adaptados à linguagem e demandas do setor de agronegócio. Diante dos dados e tendências identificadas na pesquisa, fica evidente que a capacitação no agronegócio desempenha um papel crucial na busca por um setor mais eficiente e competitivo. Investir em programas de treinamento que abordem as demandas específicas desse segmento contribui não apenas para o crescimento das empresas, mas também para o desenvolvimento socioeconômico do país.

Em recente iniciativa, a Didáctica e a Plantar Educação lançaram uma série intitulada “Do Cultivo a Colheita”, visando proporcionar um nivelamento para profissionais em transição de carreira que não possuem experiência no campo agrícola. O objetivo principal é fornecer uma base inicial sólida para aqueles que desejam ingressar neste setor.

A série aborda assuntos, como contexto histórico do setor agropecuário, informações sobre números de mercado e uma explanação de termos específicos da área, que contam com convidados especialistas, entre eles o ex-ministro da agricultura e empresário do agronegócio, Antônio Cabrera. Com algumas semanas do lançamento, centenas de pessoas já acessaram o material disponibilizado. E as expectativas são ainda mais promissoras, com previsão de mais de 5 milno número de certificados até o final de 2023. Além disso, os parceiros já estudam novos temas específicos do setor agro para serem publicados no segundo semestre. Esse resultado demonstra o interesse dos profissionais em adquirir os conhecimentos essenciais para fazerem parte do mercado agropecuário.

ARTIGOS RELACIONADOS

Hortitec 2023 espera alcançar R$ 400 milhões em negócios

Mais importante exposição do setor hortifrutícola da América Latina chega à 28ª edição e acontece de 21 a 23 de junho, em Holambra (SP).

GDM inaugura a estação de Cria no Brasil

Neste dia 14, mais de 700 pessoas estiveram conectadas ao canal da GDM no YouTube para acompanhar a inauguração da unidade de Cria, localizada em Porto Nacional/TO.

Desafio do El Niño impulsiona mapeamento digital

Fenômeno climático pode afetar o potencial produtivo das plantas, por isso contar com um mapeamento dos talhões a partir de imagens geradas por drones pode ajudar na identificação das zonas com baixo desenvolvimento e na estratégia de manejo.

Genética bovina impulsiona oferta trimestral

O abate de bovinos aumentou 11% no segundo trimestre de 2023, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os números são do...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!