26.6 C
Uberlândia
sexta-feira, junho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoComissão de Sementes e Mudas do RS elege novos dirigentes

Comissão de Sementes e Mudas do RS elege novos dirigentes

 

Airton França Lange é engenheiro agrônomo da Fundação Pró-Sementes
Airton França Lange é engenheiro agrônomo da Fundação Pró-Sementes

A Comissão de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul (CSM/RS), reunida no último dia 10 de novembro na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em Porto Alegre, elegeu seus novos dirigentes para a gestão 2015/2016. A presidência será assumida pelo engenheiro agrônomo da Fundação Pró-Sementes Airton França Lange. O vice-presidente será o representante da CCGL TEC, Adilson Lunkes.

Com uma história profissional e acadêmica totalmente voltada para o setor de sementes e mudas, Lange foi presidente da anteriormente denominada Comissão Estadual de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul (CESM/RS) por duas gestões, de 1995 a 1999. Entre 1979 e 2005 trabalhou no Serviço de Produção de Sementes Básicas (SPSB) da Embrapa, tendo desempenhado os cargos de gerente local em Passo Fundo (RS) e gerente regional em Florianópolis (SC). Desde 2006, atua na unidade de Certificação de Sementes da Fundação Pró-Sementes.

A frente da CSM/RS, Airton Lange pretende apoiar campanhas que tenham como objetivo o aumento da taxa de uso de sementes legais, bem como reestruturar as comissões técnicas que dão suporte à Comissão. “Uma das demandas que deverá ser analisada é a produção de mudas certificadas de videiras e de citros“, afirma o futuro presidente.

A Comissão de Sementes e Mudas do RS é constituída por representantes das seguintes instituições: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)/SEFIA, Embrapa, Secretaria da Agricultura e Agronegócio, LANAGRO, FEPAGRO, CCGL TEC, FECOAGRO, FARSUL, FETAG, APASSUL, Fundação Pró-Sementes de Apoio à Pesquisa, IRGA, UFPel, UFRGS, UPF, CREA e Sociedade de Agronomia do RS.

Estão entre as competências da CSM/RS propor diretrizes para a política a ser adotada no estado; assessorar o MAPA objetivando o aprimoramento do Sistema Nacional de Sementes e Mudas (SNSM); sugerir normas, padrões e procedimentos para a produção e comercialização de sementes e de mudas; criar e coordenar subcomissões técnicas; identificar demandas e propor a inserção de novas espécies e seus respectivos padrões junto ao SNSM.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

IHARA amplia seu portfólio e aumenta participação na citricultura

Empresa especializada em tecnologias para a proteção de cultivos, que lançou 15 novos produtos em 2017, será um dos destaques da 40º Semana da Citricultura

Fertilizantes: insumos fundamentais para manutenção da saúde e qualidade de vida

O Brasil é o segundo maior exportador agrícola do mundo e deverá assumir a liderança mundial a partir de 2024, como provedor de...

Movimento Enough completa dois anos e aposta em tecnologia e sustentabilidade para aplacar a fome do mundo

  Planeta terá 9 bilhões de pessoas em 2050, estima a ONU, e precisará produzir 60% mais proteína animal para alimentar sua população   Com tecnologia...

Novidade – Óculos especiais identificam sintomas do greening

Um par de óculos com lentes revestidas por um filtro especial é o mais novo invento para ajudar a detectar os sintomas do huanglongbing (HLB), também...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!