Congresso Andav apresentará os caminhos para o mercado da distribuição de insumos agropecuários

0
210
Reprodução

O primeiro semestre de 2022 foi desafiador para o agronegócio. O fenômeno La Niña trouxe uma estiagem severa na região Sul e no Mato Grosso, acarretando perdas nos cultivos de soja e milho, o que reduziu a projeção da safra atual para 272 milhões de toneladas.

De acordo com o sócio-diretor da COGO Inteligência em Agropecuária, Carlos Cogo, o mês de março atingiu a maior alta de preços das commodities agrícolas da história, e o Índice da FAO, que mede os principais índices dos produtores agropecuárias, alcançou um patamar recorde. “Entre os meses de abril a junho, esses índices de preços recuaram, já refletindo uma situação diferente com o mercado assimilado as questões da guerra e do abastecimento global, mas se mantiveram posicionados em patamar bastante elevado”, afirma.

Apesar do cenário desafiador, Cogo pondera que para o segundo semestre, o setor vai buscar uma safra recorde, mesmo com a presença do La Niña, porém de uma maneira menos intensa, o que minimiza os riscos de estiagem. “Espera-se uma área plantada recorde no Brasil, se aproximando de 77 milhões de hectares, pelo fato do sucesso na aquisição internacional de insumos, o que permite suprir os produtores brasileiros de insumos essenciais para partir para aumento de área e safra recorde”, explica.

O sócio-diretor da COGO Inteligência em Agropecuária, que ministrará a palestra Resiliência na Distribuição de Insumos Agropecuários em um Ano de Conflitos, durante o Congresso Andav 2022, analisa que o mercado de insumos agropecuários no Brasil depende das matérias-primas importadas. “Esse desafio abrange o setor como um todo e pode criar várias oportunidades de desenvolvimento de novos produtos e novas matérias-primas, que possam substituir os importados, o que propiciará o surgimento de novos nichos de mercado no setor da distribuição”, explana.

Sobre o Congresso Andav 2022, que será realizado pela da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav) e organizado pela Zest Eventos, entre os dias 17 e 19 de agosto, no Transamerica Expo Center, em São Paulo, Cogo ressalta que será uma oportunidade para o nivelamento de importantes informações sobre o agro brasileiro, como a situação atual e as perspectivas futuras; os desafios internos e geopolíticos, e os caminhos para fazer o agro crescer a taxas elevadas.

O evento, que está com suas inscrições abertas no site oficial, deve receber mais de 5 mil profissionais, entre palestrantes, expositores, congressistas e visitantes e terá lançamentos de mais de 120 marcas nacionais e internacionais de referência no setor.

A Plenária do Congresso Andav tem como tema central “Agroeconomia Brasileira”, e contará com vinte atividades de conteúdo, entre painéis, palestras e sessões especiais, além do Momento Andav, no qual serão apresentados os resultados da Pesquisa Nacional da Distribuição 2022, realizada pela entidade, que organiza dados e estatísticas da distribuição de insumos agropecuários.

Outra novidade será a realizaçãoda primeira edição presencial do Fórum “Distribuição Veterinária”, como parte do Congresso Andav 2022, que reunirá os principais temas de saúde e nutrição animal e trará empresas com foco em produtos, equipamentos e serviços para o setor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!