22.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesCuidados para período de maturação da cana

Cuidados para período de maturação da cana

Ótimas notícias para o setor da cana mas ainda é preciso estar atento aos cuidados.

Raíza Machado, engenheira-agrônoma, especialista em Gestão Comercial e Gerente regional de cana-de-açúcar da Ubyfol.

O produtor de cana-de-açúcar tem motivos para estar otimista para a próxima safra. Se no ciclo 2021/2022 ele enfrentou um período grande de seca e de fortes geadas, na safra 2022/2023 o setor já vem demonstrando sinais de recuperação que devem se sustentar para a temporada seguinte, que se inicia no próximo mês de abril.

Raíza Machado
Reprodução: Ubyfol

De acordo com a consultoria StoneX, a moagem de cana–de-açúcar no Centro-Sul do Brasil em 2023/24 (abril/março) foi estimada em 583,2 milhões de toneladas, aumento de 4,6% ante a temporada anterior, à medida que o setor mantém uma recuperação da produtividade. A recuperação na produtividade dos canaviais na mesma região tende a continuar, com alta de 4,2% em relação a 2022/23.

Neste início de ano, é importante para o produtor voltar sua atenção para a maturação do canavial, já que, entre todas as fases da cana-de-açúcar, essa é uma das etapas que exige bastante atenção. Afinal, é o processo fisiológico que envolve a formação de açúcares e seu deslocamento e armazenamento no colmo, o que vai resultar em uma maior produção de açúcar e etanol. Para que os agricultores obtenham auxílio e alcancem o manejo nutricional perfeito dessa fase tão decisiva, é de extrema importância que façam uso de macro e micronutrientes que, quando formulados de maneira balanceada, são responsáveis pelo aumento da atividade fotossintética da cana-de-açúcar, atuando no transporte e no armazenamento de açúcares durante o fechamento do ciclo e promovendo o aumento do ATR.

Formulações contendo potássio (K), responsável pela atividade enzimática da planta; magnésio (Mg), que favorece o processo de fotossíntese; boro (B), elemento estrutural e de fundamental importância no transporte de sacarose; enxofre (S), responsável pela formação de proteína, e fósforo (P), que tem papel imprescindível na atividade energética da planta, favorecem essa etapa fisiológica e, consequentemente, contribuem para os ganhos de produtividade.

Os produtores têm à disposição soluções modernas e eficientes, para obter o apoio por meio da nutrição foliar de todos os nutrientes necessários ao longo do ciclo de desenvolvimento da cana. A adoção de novas tecnologias é fundamental ao produtor que busca se destacar e alcançar a máxima produtividade, e os maturadores nutricionais são tecnologias inovadoras, respaldados por pesquisas, além de serem ferramentas indispensáveis para alcançar maior produtividade e ganhos industriais.

ARTIGOS RELACIONADOS

Azospirillum acelera desenvolvimento da cana

Informações como a inoculação, as vantagens e resultados obtidos neste artigo.

Quatro décadas de sustentabilidade do etanol

AutorJoão Guilherme Sabino Ometto Engenheiro e vice-presidente do Conselho de Administração da Usina São Martinho e membro da Academia Nacional de Agricultura (ANA) Apesar...

UPL conquista Great Place to Work 2017 pelo segundo ano consecutivo

Focados no desenvolvimento e satisfação do funcionário empresa avança em três critérios   Em uma pequena sala na década de 80 nos Estados Unidos foi...

Alta convida o agricultor a colher mais, no Show Rural 2017

Na sua segunda participação em um dos maiores eventos do agronegócio brasileiro, a Alta - América Latina Tecnologia Agrícola levou para o Show Rural...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!