18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Notícias Depois de problemas na última safra, chuvas beneficiam cafeicultores do Paraná

Depois de problemas na última safra, chuvas beneficiam cafeicultores do Paraná

Previsão da Climatempo indica que novas frentes frias se aproximam do estado e precipitações devem continuar até o fim de dezembro

O café responde prontamente à aplicação de fósforo - Crédito Giovani Belutti
Crédito Giovani Belutti

O Brasil é um dos principais países produtores e exportadores de café do mundo. E entre os estados que mais se destacam nesse cenário está o Paraná. Na região, que vem sofrendo com as constantes chuvas, os produtores enfrentaram prejuízos na época de floração da lavoura. Porém, agora as precipitações que continuam sem dar trégua, têm sido vistas como benéficas às plantações.

De acordo com a pesquisadora e agrometeorologista do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), Heverly Morais, as chuvas são proveitosas no atual período da safra. “Na fase de florescimento e granação a chuva é positiva para o cafeeiro porque melhora diretamente o tamanho e a formação do grão. Caso haja pouca água isso pode afetar a qualidade do produto colhido“, destaca.

Mas, se a preocupação local é essa, a Climatempo tranquiliza os produtores, já que, segundo a meteorologista Bianca Lobo, as chuvas devem continuar. “Há previsão de chuva forte no próximo fim de semana, com a passagem de uma frente fria. Além disso, entre os dias 11 e 14 de dezembro, outra frente fria que pode reforçar as áreas de instabilidade deve chegar à região“, explica.

A região Sul tem sido uma das mais afetadas pelo fenômeno climático El Niño. Por conta disso, a expectativa é de que as chuvas continuem acima da média durante todo o mês de dezembro. Novembro, por exemplo, foi um dos períodos mais chuvosos na cidade de Londrina, uma das maiores produtores do estado, com as precipitações alcançando os 420mm.

Sobre o Grupo Climatempo

O Grupo Climatempo é a principal empresa privada de meteorologia do país. Fornece, atualmente, conteúdo para mais de 50 retransmissoras nacionais de televisão, para rádios de todo o Brasil e para os principais portais. Com cerca de dois mil clientes oferece conteúdo meteorológico estratégico para o setor de agricultura, moda e varejo, energia elétrica, construção civil, seguradoras e indústrias farmacêutica e de alimentos.

O Portal Climatempo transformou-se no veículo líder em visitação do país. É referência na divulgação de conteúdo que estimula a consulta diária de previsão do tempo. Classificado nos principais institutos de pesquisa entre os 30 sites mais visitados do país em língua portuguesa, é visitado por mais de 1, 5 milhão de usuários por dia, chegando a quase 3 milhões nas vésperas de feriados e durante fenômenos extremos de tempo e clima, com um crescimento anual na marca de 30%. O Grupo é presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 27 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Inicio Notícias Depois de problemas na última safra, chuvas beneficiam cafeicultores do Paraná