17.6 C
Uberlândia
terça-feira, maio 28, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosDicas sobre rúcula em telados

Dicas sobre rúcula em telados

Nas regiões quentes, o uso do cultivo protegido com telados tem permitido produzir o ano todo, sem que a produção e a qualidade sejam comprometidas pelas temperaturas elevadas nessas regiões.

Jean de Oliveira Souza
Engenheiro agrônomo e doutor em Agronomia/Produção Vegetal – Unesp
jeanosouza2030@gmail.com

A rúcula (Eruca sativa) é uma hortaliça que pode ser produzida o ano todo, adaptando-se melhor a temperaturas amenas.

Produção de rúcula sob ambiente protegido em Mogi das Cruzes (SP)
Crédito Edvar Silva

A produção no Brasil, ao longo do ano, varia de acordo com as condições climáticas, pois essa olerícola apresenta exigência por temperaturas baixas, entre 15 a 18°C. Apesar disso, a rúcula tem sido plantada ao longo de todo o ano em várias regiões do Brasil, apresentando algumas desvantagens, como a emissão prematura do pendão floral e folhas menores, mais rígidas, podendo mostrar maior pungência e sabor mais forte, comprometendo a produção em regiões tropicais.

Cultivo protegido como solução

Com o uso de telas de sombreamento no processo produtivo da rúcula, há uma redução da temperatura e luminosidade, fazendo com que a exploração dessa olerícola se desenvolva dentro de uma variação ótima, reduzindo a intensidade da energia radiante e ajustando sua distribuição.

Esses benefícios acarretam outros fatores favoráveis à necessidade da planta, principalmente no aumento da fotorrespiração, o que contribui para o melhor desempenho da cultura, podendo resultar em maior produtividade e qualidade das folhas em comparação com a produção sem telas de sombreamento.

Direto ao ponto

O uso de telas de sombreamento, visando restringir a elevação excessiva da temperatura do ar em ambientes protegidos, tem por finalidade limitar o acúmulo de carga térmica no ambiente por meio de reflexão de parte da radiação solar incidente.

Depois da ventilação natural, é a ferramenta de controle microclimático mais simples e menos onerosa a ser empregada em ambientes protegidos. No entanto, há uma ressalva a ser considerada no uso dessa tecnologia, caso não seja adequadamente manejada.

A restrição da radiação solar, além de afetar os componentes do balanço de energia, como os fluxos de calor sensível e latente, pode influenciar no crescimento, desenvolvimento e produção da cultura. 

Luz na medida certa

As telas de sombreamento possibilitam a escolha entre diferentes níveis de transmitância, além de propiciar sombreamento homogêneo.

A observação dos níveis de radiação que atingem o dossel da planta não pode ser negligenciada, a fim de evitar que a atividade fotossintética e o desenvolvimento das plantas fiquem comprometidos e seja capaz de interferir na produção mínima de fotoassimilados necessários à manutenção da planta.

Mais qualidade e produtividade

O uso correto das telas de sombreamento possibilita produtividades superiores às observadas em campo, chegando a triplicar, com qualidade superior.

Além do controle parcial das condições edafoclimáticas, o ambiente protegido com uso de telas de proteção permite a realização de cultivos em épocas que normalmente não seriam escolhidas para a produção ao ar livre. Esse sistema também auxilia na redução das necessidades hídricas (irrigação), pelo uso mais eficiente da água pelas plantas.

Outro motivo para produzir sob telado é o melhor aproveitamento dos recursos de produção (nutrientes e luz solar), resultando em precocidade de produção (redução do ciclo da cultura) e redução do uso de insumos, como fertilizantes e defensivos.

O ganho em produtividade com o uso de cultivo sob proteção é evidenciado nos resultados experimentais obtidos, em que durante o verão chegou-se a 3,5 kg.m2 de rúcula cultivada sob telado, contra 1,17 kg.m2 em campo, utilizando-se 120 kg de nitrogênio por hectare.

Novidade

As telas de sombreamento possibilitam a escolha entre diferentes níveis de transmitância
Crédito Jorge Barcelos

Em adição à tecnologia de telamento já adotada, está sendo estudado em cultivo protegido a utilização de malhas de sombreamento com aditivos e pigmentação (coloridas), com o intuito de alterar o espectro radiante, podendo levar benefícios à produção vegetal.

Atualmente, muitas pesquisas têm revelado aumento produtivo em muitas culturas, principalmente as folhosas, como a rúcula.

No mercado, tem crescido o uso dessas telas de sombreamento de coloração vermelha, que, de acordo com vários resultados de pesquisas, tem demonstrado a superioridade sobre as demais, com reflexos positivos na fisiologia da produção da rúcula, principalmente em relação ao campo aberto.

Portanto, a tecnologia de produção de rúcula sob telamento proporciona excelentes resultados, embora o custo de investimento com a implantação desse sistema seja elevado. Entretanto, a produção com qualidade, estabilidade e frequência de oferta de produtos, possibilidade de bom retorno econômico em áreas  pequenas, com maior número de colheitas por ano, justificam a adesão a esse sistema de cultivo para a produção de rúcula.

Especialmente em regiões de clima mais quente e exploradas por pequeno e médio produtor rural, esta se mostra uma alternativa viável.

ARTIGOS RELACIONADOS

ABCSEM promove 2º Seminário Nacional de Folhosas em agosto

O evento será realizado, no dia 31 de agosto, na região serrana do Rio de Janeiro e reunirá os principais representantes da cadeia produtiva...

Nutrição inteligente – Qual a importância para as folhosas?

Autores Gerarda Beatriz Pinto da Silva Engenheira agrônoma e doutora em Agronomia gerardabeatriz@hotmail.com Maike Lovatto Engenheiro agrônomo, mestre e doutorando – Universidade Estadual de...

Qual a importância do melhoramento genético para as hortaliças?

Autores Ronaldo Machado Junior Engenheiro agrônomo, mestre em Fitotecnia e doutorando em Genética e Melhoramento – Universidade Federal de Viçosa (UFV) ronaldo.juniior@ufv.br Rafael...

Alfaces, rúculas e muito mais: saiba o que plantar em maio

Plantar em casa além de ser uma atividade ótima para se aproximar ainda mais da natureza é uma forma de contribuir para uma alimentação...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!