12.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 29, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesEnergia nuclear é discutida na COP 28

Energia nuclear é discutida na COP 28

A nuclear não pode ser excluída como solução climática

A Associação Brasileira para o Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN), representará o Brasil na COP 28 – 28ª Conferência de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), representada pela engenheira nuclear Alice Cunha da Silva, integrante do Nuclear for Climate. Em meio às mudanças climáticas, a ABDAN atenta para a necessidade de a comunidade acadêmica e científica voltarem esforços para o controle do aumento da temperatura global. E este é o centro das discussões do evento que acontece de 30 de novembro a 12 de dezembro em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Reprodução/Internet

Reforçando a crescente atuação do Brasil no setor nuclear mundial, a Nuclear for Climate participa da COP a fim de criar diálogos com tomadores de decisão defendendo a inclusão da nuclear como parte da solução climática. “A colaboração entre as diferentes fontes de energia limpa, como a nuclear, não pode ser excluída. Caminhamos num ritmo em que as emissões de gases de efeito estufa estão avançando e não conseguimos manter a temperatura abaixo de 1.5˚ C. Não podemos excluir a solução nuclear”, afirma Alice Cunha da Silva, Innovation Project Lead e engenheira nuclear. A executiva é a única brasileira da Nuclear for Climate, movimento internacional que reúne jovens voluntários de diversos setores como medicina, energia, meio ambiente, entre outros.

“Muitos países, para tirar as pessoas de uma situação de pobreza energética, precisam aumentar consideravelmente a produção de energia. Para realizar isso de forma sustentável, é preciso utilizar fontes com alta densidade energética, como a nuclear, em colaboração com outras”, explica Alice Cunha da Silva.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!