26.6 C
Uberlândia
domingo, maio 19, 2024
- Publicidade -
InícioEventosEvento debate como equilibrar produção agrícola e desmatamento

Evento debate como equilibrar produção agrícola e desmatamento

Presidente do IBAMA, diplomatas e especialistas participam do encontro em São Paulo.

O Brasil enfrenta o dilema de encontrar o equilíbrio entre produção agrícola e a conservação da biodiversidade. Metas climáticas internacionais e legislações que exigem a comprovação do desmatamento zero, como da União Europeia, ampliaram a urgência da compreensão de como o comércio e a cooperação internacionais podem ser positivas para o tema. Para apresentar soluções para esse desafio, o Instituto Internacional para Sustentabilidade (IIS) está organizando o evento “Regulações, produção de commodities agrícolas e desmatamento zero”, no âmbito do TRADE, Development & the Environment Hub (TRADE Hub), que reunirá representantes do Itamaraty, da embaixada do Reino Unido e de setores agrícolas brasileiros, além de pesquisadores.

A cônsul-geral do Reino Unido em São Paulo, Sarah Clegg, participa do primeiro painel do evento, abordando “Os caminhos do desmatamento zero na governança da produção e consumo de commodities agrícolas”. O debate será mediado por Christopher Hawksworth, que representa a UNEP-WCMC, líder do TRADE Hub entre 50 instituições em 15 países.

À tarde, uma mesa-redonda sobre “Incentivos e obstáculos para conformidade dos produtores brasileiros em relação às regulamentações de desmatamento da UE e do Reino Unido” contará com o presidente do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), Rodrigo Agostinho; o diretor-executivo do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), André Guimarães; o diretor-executivo do Instituto Produzir, Conservar e Incluir (PCI) do Mato Grosso, Richard Smith; e a diretora-executiva do Instituto Aya, Marina Bragante.

Entre as apresentações dos principais resultados do TRADE Hub, destaca-se o estudo do Instituto Internacional para Sustentabilidade (IIS) que analisa a probabilidade de as principais commodities agrícolas brasileiras aderirem à nova legislação da União Europeia, que determina a comprovação de desmatamento zero na cadeia de valor dos produtos importados pelo bloco. A pesquisa desenvolveu um índice inédito para medir a conformidade de seis produções agrícolas brasileiras à lei. Segundo Bruna Pavani, coordenadora do projeto no IIS, “este índice aponta o café como a commodity mais próxima da adequação à nova legislação, enquanto a pecuária e o cacau são as cadeias mais distantes do cenário exigido pela UE”. Durante o evento, haverá ainda o lançamento do documentário “Coexistência: Natureza, Produção e Comércio no Cerrado Brasileiro”.

As palestras serão em português e inglês, com tradução simultânea para os dois idiomas. A programação completa do evento e o formulário de inscrição para acompanhá-lo online estão disponíveis neste link.

Hub Brasil

O TRADE Hub, financiado pela agência de pesquisa e inovação do governo do Reino Unido (UKRI), desenvolveu pesquisas científicas para avaliar os impactos do comércio agrícola global na biodiversidade, no clima e nas pessoas.

O evento é uma iniciativa do Hub Brasil do TRADE Hub, formado por IIS, WWF-Brasil, Imaflora, CEBRAP, GPP/ESALQ/USP e UNEP-WCMC. O grupo soma esforços para desenvolver pesquisas científicas e influenciar políticas e práticas de produção e comércio de commodities agrícolas mais sustentáveis no país, explorando medidas para uma transição positiva para a natureza e as pessoas. Segundo Matheus Couto, oficial de programa da UNEP-WCMC no Brasil, “este evento busca apoiar a transição para uma produção agrícola livre de desmatamento no país, identificando os potenciais incentivos e caminhos de impacto para a implementação dos resultados do projeto TRADE Hub”.

O evento será realizado no Aya Hub, o primeiro hub de economia verde do país, com a missão de aproximar a sustentabilidade e gerar soluções para acelerar a economia de baixo carbono no Brasil. O espaço, posicionado em meio a três hectares de Mata Atlântica, ocupa 2,5 mil metros quadrados no megacomplexo de luxo Cidade Matarazzo, localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo.

Credenciamento

Profissionais da imprensa interessados em acompanhar o evento presencialmente devem enviar nome, veículo, telefone, e-mail e CPF para amandaproetti@corcovadoestrategica܂com܂br.

Serviço

“Regulações, produção de commodities agrícolas e desmatamento zero”

Data: 29/02/2024

Local: Aya Hub (Alameda Rio Claro, 28 – Bela Vista, São Paulo/SP)

Credenciamento de imprensa: amandaproetti@corcovadoestrategica܂com܂br

Inscrições para evento online: Link

ARTIGOS RELACIONADOS

8° edição da COPLACAMPO abre agenda do agronegócio brasileiro

Entre os dias 21 e 24 de fevereiro, acontece em Piracicaba - SP a 8° edição da COPLACAMPO, evento ...

Maxiaço – Estrutura forte para seu cultivo protegido

  Como expositores, é o primeiro ano que a Maxiaço participa do Encontro de Hidroponia. “Estivemos presentes para divulgar nosso produto, que vai de encontro...

7ª edição da Tecnoalta começou nesta quinta-feira

Maior feira de tecnologia do nortão do estado tem como principal foco a realização de negócios; sistema Famato é parceiro nesta edição

Soluções para culturas de verão serão destaque em dia de campo

Herbicidas, fungicidas, inseticidas e acaricidas para soja e milho farão parte do estande da multinacional Ascenza no evento promovido pela Cooperativa Agrária, em Guarapuava-PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!