20.6 C
Uberlândia
domingo, maio 26, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasFertilizantes especiais: contribuições para o uso responsável da água na agricultura

Fertilizantes especiais: contribuições para o uso responsável da água na agricultura

Por Gustavo Branco, conselheiro da Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal (Abisolo)

Por Gustavo Branco, conselheiro da Associação Brasileira das Indústrias de Tecnologia em Nutrição Vegetal (Abisolo)

Gustavo Branco/Divulgação

O Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março desde 1993, destaca a importância desse recurso vital para o desenvolvimento sustentável. Em 2024, a data traz reflexões com a temática “Água para paz”. Em consonância, a agricultura, como integrante dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, desempenha um papel crucial e é fundamental considerar como as tecnologias dos fertilizantes especiais estão otimizando o uso da água nesse contexto.

No Dia Mundial da Água, a preocupação não se limita apenas à redução do consumo de água. É essencial abordar também as questões relacionadas à mitigação da contaminação, do desperdício e do uso indevido dos recursos hídricos, especialmente em um contexto em que a produção de alimentos é indispensável.

Os fertilizantes especiais crescem como uma alternativa cada vez mais robusta para alcançar eficiência produtiva aliada à sustentabilidade ambiental. De forma geral, essas tecnologias contemplam produtos que apresentam na sua formulação alguma característica adicional que os diferenciam dos fertilizantes convencionais, promovendo melhor desempenho, estabilidade, eficiência ou facilidade de manejo. Tais produtos podem ser de origem mineral ou orgânica, sólidos ou fluidos, e utilizados nos mais diversos tipos de aplicação: via solo, foliar, fertirrigação, hidroponia ou via semente.

É notável o movimento global em direção a práticas agrícolas mais sustentáveis e o Brasil se destaca nesse cenário. Segundo o estudo “Global Farming Insights 2022” da consultoria McKinsey, os agricultores brasileiros estão adotando cada vez mais tecnologias sustentáveis, como controles biológicos, bioestimulantes e biofertilizantes, indicando uma mentalidade e comportamento alinhados com as demandas da sustentabilidade ambiental.

Nesse contexto, os fertilizantes especiais têm um papel crucial na redução das perdas por lixiviação, fixação e volatilização dos nutrientes essenciais utilizados através das tecnologias convencionais. Por trazerem consigo uma maior eficiência na entrega e na absorção dos nutrientes pelas plantas, os fertilizantes especiais ajudam na maximização do aproveitamento das tecnologias convencionais, ao mesmo tempo em que mitigam a contaminação dos recursos hídricos, da atmosfera e do solo, contribuindo, de maneira comprovada, para a preservação do meio ambiente.

Não há dúvida de que a utilização de fertilizantes especiais representa um caminho eficaz e de fortalecimento da produção sustentável de alimentos, proporcionando uma abordagem responsável para a agricultura com atenção à produtividade.

Com as regulamentações ambientais cada vez mais rigorosas e uma conscientização crescente sobre as mudanças climáticas, a adoção de novas tecnologias de oferta nutricional tem se tornado cada vez mais a escolha inteligente e essencial para garantir a segurança hídrica e alimentar da população mundial.

Embora a mudança cultural e estrutural em relação ao uso de fertilizantes convencionais ainda esteja em andamento, o crescimento e a evolução na aceitação dos fertilizantes especiais demonstram que a agricultura brasileira está no caminho certo.

Ao mesmo tempo, países restringem o uso de insumos convencionais, como a ureia não protegida, por exemplo, o que indica que já existe uma transformação em curso rumo às práticas agrícolas mais conscientes e sustentáveis por parte de vários governos, obviamente incluindo a preocupação na redução da contaminação dos recursos hídricos.

Em suma, os fertilizantes especiais não apenas representam uma evolução tecnológica na forma mais eficiente, responsável e inteligente de entrega nutricional, mas sem dúvida, representam uma mudança fundamental no comportamento do uso de um recurso extremamente importante para a vida: a água.

ARTIGOS RELACIONADOS

Fertilizantes especiais

A agricultura, nos últimos, tem passado por grandes transformações, objetivando ...

Ambientes de alta produtividade de soja

Os últimos dois anos, 2020 e 2021, estão sendo marcados no âmbito agrícola pela alta ...

Tecnologia de inoculação no sulco do plantio

A fixação biológica de nitrogênio (FBN) é uma das alternativas tecnológicas para ...

NPK – importância para as plantas

A princípio, todas as plantas, para terem um bom desenvolvimento, necessitam de solo, água, luz, oxigênio e nutrientes. No aspecto nutricional, é necessário ter um equilíbrio entre os elementos presentes no meio de desenvolvimento do vegetal, devido à produção ser limitada pela quantidade do elemento nutricional, ou seja, aquele que estiver em menor quantidade limita a absorção dos que se apresentam em quantidades ideais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!