IHARA lança herbicidas High Technology

Produtos de destaque do portfólio ganham nova geração, com fórmulas mais robustas, eficientes e sustentáveis.

0
200
Divulgação

A IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento especializada em defensivos agrícolas, prova mais uma vez que a inovação está em seu DNA. A companhia está lançando no mercado novas gerações de produtos de destaque do seu portfólio, com uma formulação ainda mais inovadora, tornando-os mais robustos e eficientes na proteção de cultivos.

O gerente de Herbicidas da IHARA, Daniel Zanetti explica que os produtos aprimorados passam a contar com o sufixo HT (High Technology), indicando a nova formulação com tecnologia de ponta.  “Trabalhamos em busca de melhoria contínua, na certeza de que nada é tão bom que não possa ser melhorado. Cada produto da família HT traz um fator diferente de evolução sobre sua própria formulação original, sobre o que o mercado oferece e o mais importante atender as demandas do agricultor.” 

Um dos lançamentos High Technology é o SONDA HT; a evolução de um sucesso ainda recente no mercado. Seu antecessor, o SONDA, foi lançado há apenas dois anos, com uma tecnologia até então inédita de controle de plantas daninhas na cultura do milho e capaz de oferecer efeito pós e pré emergente. A incorporação do HT neste produto passou por um rigoroso processo de estudos para que se chegasse na combinação perfeita dos compostos para obter um manejo mais eficiente das plantas daninhas. Além disso, essa solução inovadora traz outros benefícios ao agricultor, sendo que agora dispensa a adição de óleo à calda de pulverização. “O resultado é mais economia e eficiência para o produtor. Com o Sonda HT é possível reduzir custos logísticos, de espaço de armazenamento e de retorno de embalagens. Além disso, por dispensar o manuseio e a manipulação para a mistura, otimiza tempo de processos e minimiza qualquer possibilidade de erro na operação”, conta Zanetti.  

Outro lançamento IHARA que chega ao mercado é o TARGA MAX HT, reformulação do graminicida pós emergente TARGA MAX, destinado a diversas culturas. Incorporada à geração HT, a nova fórmula se destaca por trazer o dobro de concentração do ingrediente ativo, permitindo a redução, pela metade, da dose necessária por aplicação. A mudança traz entre os principais benefícios à indústria e ao agricultor, a economia em custos de movimentação logística e armazenamento, proporcionados pela redução em volume e descarte de embalagem. “A IHARA empreende grandes esforços em desenvolver soluções que tragam mais eficiência às lavouras com muito mais sustentabilidade ao longo de todo o processo produtivo. Redução de embalagens, rótulos, caixas, transporte e armazenagem são exemplos de fatores importantes que podem ser trabalhados nesta linha. E são parte importante desta busca constante por tecnologia de ponta, que se traduz no conceito HT”, conta Zanetti. 

O Brasil é uma das referências mundiais na logística reversa de embalagem de defensivos agrícolas. Desde 2002 já foram destinadas corretamente mais de 680 mil toneladas de embalagens e a IHARA apoia o InpEV– Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, núcleo de inteligência do Sistema Campo Limpo, que reúne todos os elos da cadeia agrícola na busca por um mundo mais sustentável.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!