23.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesInsumos biológicos são parte da rotina de grandes produtores

Insumos biológicos são parte da rotina de grandes produtores

Com o crescimento desse mercado, Ricardo Faria, da Insolo, adotou o uso de produtos biológicos em 100% da sua área produtiva.

O mercado de biológicos na agricultura cresce exponencialmente a cada ano. Segundo pesquisa FarmTrak, divulgado pela consultoria Kynetec, as vendas de insumos agrícolas biológicos cresceram 67% no País na safra 21/22 em comparação com o ciclo agrícola anterior, alcançando R$ 2,9 bilhões. Mas, isso não é uma novidade para quem vive o dia a dia da produção de insumos agrícolas biológicos e de quem os utiliza.

Reprodução/Internet

Conhecido por integrar a lista dos maiores produtores de grãos do País, o megaempresário Ricardo Faria, proprietário da Insolo e das Granjas Faria, possui uma área produtiva de cerca de 180 mil hectares, onde cultiva soja e milho, em sua maior parte. Ele conta que hoje, os produtos biológicos estão presentes em 100% de suas plantações. “Em toda essa área nós utilizamos algum tipo de produto biológico durante o processo produtivo. 25 mil hectares destes 180 mil usam 100% de produtos biológicos em todo o cultivo”, destaca.

Em 2021, Faria se tornou um dos maiores emergentes do agronegócio após a compra da Insolo por cerca de R$ 1,8 bilhões. O foco da empresa é a produção de soja, que contabiliza 120 mil hectares. Já a produção de milho ocupa cerca de 60 mil hectares. O produtor conta que hoje a Insolo tem uma produção de cerca de 12 milhões de sacas por ano, distribuídas em seis fazendas diferentes.

“A vocação do Brasil é produzir alimentos. Antigamente, os grãos eram utilizados apenas como fonte de alimento para animais, porém esta realidade vem mudando. O fato é que o mundo precisará entrar em um sistema econômico mais sustentável, onde muito possa ser reaproveitado. Por meio da nossa agricultura, temos um grande potencial de sermos uma referência em sustentabilidade no mundo”, afirma o produtor.

Ele prova que os biológicos têm capacidade para atender pequenos, médios e, principalmente, grandes produtores. Faria é adepto da produção OnFarm em suas fazendas, além de fazer uso de produtos já formulados para aplicação. Isso coloca o grande empresário no caminho de ter a maior área plantada com uso de produtos biológicos no planeta.

A Agrobiológica Sustentabilidade, uma das investidas da holding Crop Care, é pioneira na tecnologia de multiplicação profissional OnFarm e é a grande parceria de Faria no cultivo realizado na Insolo. “Essa tecnologia, em outras palavras, consiste na multiplicação de micro-organismos dentro da propriedade rural para uso próprio. É uma alternativa rentável e totalmente sustentável quando feita de forma correta, com os equipamentos e produtos adequados para este tipo de manejo”, informa Rafael Garcia, fundador e CEO da Agrobiológica Sustentabilidade.

As cepas são cultivadas dentro de biorreatores instalados na fazenda. O isolamento dessas bactérias só pode ser feito de forma correta e eficaz com o uso dos inoculantes indicados e de um fator fundamental: a assepsia. É vital que o meio de cultura não seja contaminado por outras bactérias, que podem prejudicar a eficácia do produto.

Essas cepas servem para o tratamento de algumas doenças ou pragas no campo. Quando o processo de multiplicação é contaminado por outras cepas, reduz significativamente a eficácia do microrganismo, e em alguns casos, o torna ineficaz de fato.

Faria destaca também que o processo de utilização de OnFarm nas fazendas demanda um outro ponto vital: capacitação de profissionais para realizar o manejo correto desses microrganismos. A falta de mão de obra qualificada é um tema antigo dentro do agronegócio e é uma das razões para o mercado de biológicos não decolar de forma mais acelerada, já que leva tempo para formar pessoas.

Nesse sentido, a Agrobiológica oferece ao produtor rural o On Farm Service, um programa de assistência técnica que visa orientá-lo a como utilizar a tecnologia da forma correta. “A iniciativa está alinhada ao nosso compromisso de garantir a qualidade e efetividade de todo o processo, por meio da capacitação de todos os profissionais envolvidos no manejo”, alerta Marcelo Pessanha, CEO da Crop Care.

O empresário segue otimista e confirma o pensamento de muitos: os biológicos não são mais uma alternativa, e sim uma realidade. “Um exemplo prático da eficiência dos produtos biológicos é a questão da cigarrinha do milho, praga que vinha assombrando os produtores do grão no Brasil. Esse ano, nós fizemos uma utilização preventiva e intensiva de biológicos, o que gerou maior rentabilidade e economia na safra. A praga era um tema em pauta há anos, ainda é muito discutido, mas agora sabemos que temos saídas eficazes para combatê-la”, complementa.

A Agrobiológica possui em seu portfólio diversas soluções biológicas para tratamento e prevenção de pragas e doenças nas lavouras, seja tecnologias voltadas para OnFarm ou produtos formulados para aplicação, como é o caso de uma extensa linha de biodenfensivos.

“Os biológicos são o futuro da agricultura mundial. A prova disso são os números que crescem exponencialmente a cada dia. Ainda temos alguns desafios pela frente, como capacitação de profissionais e questões regulatórias. Mas, até o momento, os ventos vêm se mostrando bem favoráveis a este mercado”, conclui Garcia.

ARTIGOS RELACIONADOS

A soja em nosso dia-a-dia

A soja, semente versátil e nutritiva, é a protagonista silenciosa em nosso dia-a-dia, desde a alimentação equilibrada até os produtos que impulsionam nossa vida moderna.

Insumos biológicos na produção de grãos serão tema na Abertura da Colheita

Painel fará parte da programação da 33ª edição do evento que ocorrerá entre 14 e 16 de fevereiro em Capão do Leão (RS).

Brasil avança no Agro sustentável

O movimento biológico reflete um compromisso crescente com práticas agrícolas sustentáveis e uma intenção de minimizar a dependência de recursos não renováveis.

Avanço do setor de insumos biológicos impulsiona engenharia

SP, PR e MG lideram ranking de estados que mais utilizam bioinsumos em fábricas; projetos desenhados para o setor alimentam produção ecossustentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!