25.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosFlorestasMinas discute manejo de pragas e doenças em florestas

Minas discute manejo de pragas e doenças em florestas

DestaqueO II Seminário sobre Sanidade Florestal vai acontecer nos dias 25 e 26 de abril, em Belo Horizonte. O evento promovido pela SIF ” Sociedade de Investigações Florestais e pelo Departamento de Engenharia Florestal da UFV, o evento é destinado a profissionais do setor florestal, pesquisadores e técnicos de órgãos públicos, estudantes de graduação e pós-graduação e produtores florestais.

O seminário visa possibilitar a aplicação de todas as possíveis técnicas de controle visando reduzir, preventivamente ou curativamente, os prejuízos na produção da cultura a níveis toleráveis, sem provocar efeitos deletérios expressivos ao ambiente.

Coordenado pelo professor Acelino Couto Alfenas (UFV), o seminário vai debater temas como: Impactos e combate de formigas cortadeiras em plantações florestais; Biotecnologia como ferramenta para acelerar o melhoramento genético visando à proteção florestal; Sistemas de monitoramento de doenças florestais em viveiro e campo; O uso de defensivos químicos no manejo integrado de pragas e a Certificação Florestal ” foco FSC; Manejo do percevejo bronzeado na eucaliptocultura; Melhoramento genético para resistência à geada; Estratégias de manejo integrado de plantas daninhas do tipo folha-larga; Relação entre nutrição mineral e doenças em espécies florestais; Registro de fungicidas na eucaliptocultura; Manejo integrado da vespa-da-galha na Bahia – SpecialtyCellulose; Novas tecnologias para diagnose da podridão do lenho de árvores urbanas; Perspectivas atuais no manejo de doenças florestais: genômica, metagenômica e nanotecnologia; Estratégias para redução da intoxicação de plantas de eucalipto pelo glifosato; Enfermidades de pinus no Chile ainda não detectadas, mas potencialmente importantes no Brasil; Estresses hídricos na eucaliptocultura; Monitoramento e controle biológico de pragas em plantações de eucalipto, entre outros.

Essa você não pode perder. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: sifeventos@gmail.com

Essa matéria você encontra na edição de março/abril 2017  da revista Campo & Negócios Floresta. Adquira já a sua.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Cochonilhas podem atacar e causar a morte do cafeeiro

Lenira Viana Costa Santa-Cecília Engenheira agrônoma e pesquisadora do IMA/EPAMIG Sul/EcoCentro/Lavras (MG) Brígida Souza Engenheira agrônoma e professora do Departamento de Entomologia da UFLA/ Lavras...

Os resultados no tomate industrial

felipeferrnandobs@gmail.com Segundo a ABRATOP (Associação Brasileira do Tomate para Processamento), o Brasil cultiva em torno de 18.699 hectares de tomate para fins de processamento. Em Goiás, região responsável pelo plantio de aproximadamente 12.900 ha, a média de produtividade gira em torno de 82 t/ha, sendo que alguns agricultores conseguem produtividades maiores que 140 ton/ha.

Sinergismo ocorrente na mistura de herbicidas

  Arthur Henrique Cruvinel Carneiro Técnico em Agricultura e Zootecnia, graduando em Agronomia na Universidade Federal de Lavras (UFLA), membro dos grupos PET Agronomia, Grupo de...

Mirex-S – Iscas formicidas de alta eficiência

  A Hortitec é um dos eventos mais importantespara o agronegócio brasileiro. Para a Atta-killé fundamental a participação, uma vez que os produtos são largamente...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!