23.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 17, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesNova variedade de quiabo potencializa lavouras

Nova variedade de quiabo potencializa lavouras

A novidade é resultado de melhoramento da semente do tipo Santa Cruz e já tem a preferência dos produtores

Cultivadas principalmente em pequenas áreas de terra ao redor das cidades, as culturas do Cinturão Verde, como o quiabo, são importantes geradoras de renda para os produtores, sobretudo os da agricultura familiar. Sabendo desse cenário e sempre em busca de inovações no campo, a Agristar do Brasil lança, em sua linha Topseed Premium, o quiabo Tropical.

Créditos: Divulgação

Segundo explica o especialista em Cinturão Verde da Agristar, Roberto Araújo, o quiabo Tropical é resultado de um melhoramento da variedade Santa Cruz. “Com ele, a brotação lateral já começa a ocorrer entre 35 e 40 dias. Em épocas consideradas ideais, sua colheita já começa com aproximadamente 55 dias, enquanto outras cultivares, por exemplo, levam de 70 a 80 dias”.

Com uma planta vigorosa e com ótima sanidade foliar, o quiabo Tropical apresenta uma coloração mais clara, formato cilíndrico e uma boa pós-colheita. E entre suas principais características estão, também, a alta precocidade e produtividade – dois pontos que vêm fazendo sucesso entre os produtores.

Cinco motivos para plantar quiabo

Rafael Martins, agrônomo, produtor rural, influenciador e sócio-fundador da Fazenda Viçosa, localizada em São José do Rio Preto, tem como carro-chefe em sua produção a cultura do quiabo. Após o crescimento e sucesso dos negócios, começou a oferecer diversos cursos para outros produtores, principalmente sobre a cultivar, ensinando desde a escolha da área e preparo do solo, até a colheita e comercialização.

“Na minha empresa, o Tropical tem apresentado ótimos resultados, tenho gostado bastante de trabalhar com essa variedade. Além disso, tenho recebido diversos relatos de alunos nossos, que, depois dos testes, já estão trabalhando somente com ele. É uma opção bem promissora para o mercado”, conta.

Mas, além dos diferenciais e qualidade garantidos pela novidade, Martins ressalta, ainda, cinco motivos que, de acordo com ele, tornam o cultivo de quiabo atrativo.

“É um tipo de produção que gera um retorno relativamente rápido, se comparado a outras culturas; possui baixa necessidade de mecanização, visto que praticamente todas as etapas do processo produtivo podem ser feitas manualmente; é uma cultura rústica, ou seja, pouco afetada por pragas e doenças; possui um alto índice de produtividade, principalmente quando se tem sementes de qualidade, como as da variedade Tropical, e boas recomendações agronômicas. Por fim, também oferece uma boa rentabilidade por hectare”, finaliza.

ARTIGOS RELACIONADOS

Principais doenças do algodoeiro

As condições climáticas do Cerrado brasileiro são, de modo geral, favoráveis ao desenvolvimento de várias doenças que afetam a cultura do algodoeiro. Além disso, algumas práticas de cultivo podem favorecer, enquanto outras podem reduzir a ocorrência ou o dano de determinadas doenças.

Isla Sementes reúne influenciadores e chefs em encontro que estimula alimentação saudável

Os eventos "Super Colheita" e "Colheita dos Chefs" aconteceram em Itapuã e apresentaram novidades de hortaliças   O cenário de alimentação no Brasil ainda está...

Helicoverpa: Pulverização em baixa população e em lagartas pequenas

  José Fernando Grigolli Engenheiro agrônomo, mestre e pesquisador em Fitossanidade da Fundação MS   O maior medo dos produtores brasileiros, atualmente, se refere às lagartas “come tudo“....

Que variedade de manga plantar?

Escolher a variedade certa de manga é o primeiro passo para colher frutos suculentos e saborosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!