22.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosO processo de certificação da madeira

O processo de certificação da madeira

A certificação da madeira é um processo fundamental para garantir a origem legal e sustentável dos produtos florestais.

Kamilla Crysllayne Alves da Silva
Engenheira florestal e mestranda em Recursos Florestais – Universidade de São Paulo (USP)
kamilla.alves@usp.br

Ananias Francisco Dias Júnior
Engenheiro florestal, doutor em Recursos Florestais e professor – Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
ananias.dias@ufes.br

A certificação é uma garantia de origem que serve também para orientar o comprador atacadista ou varejista na escolha de um produto diferenciado e com valor agregado, capaz de conquistar um público mais exigente e, assim, abrir novos mercados.

Ao mesmo tempo, permite ao consumidor consciente a opção de um produto que não degrada o meio ambiente e contribui para o desenvolvimento social e econômico das comunidades florestais.

A exploração inadequada desse recurso tem causado sérios problemas ambientais
Crédito: Luize Hess

Importância da certificação da madeira

A madeira, sendo um material utilizado desde as antigas civilizações para diversas finalidades, como atividades básicas, a exemplo do cozimento e aquecimento até a fabricação de móveis, papel, pisos e decorações nas civilizações modernas, sempre teve um papel fundamental na sociedade.

No entanto, a exploração inadequada desse recurso tem causado sérios problemas ambientais, como desmatamento e degradação do solo.

Diante desses desafios, surgiu a necessidade de estabelecer medidas para garantir uma exploração sustentável da madeira, resultando na criação da certificação florestal. Essa certificação não se limita apenas à madeira em si, mas abrange todo o processo produtivo, assegurando que a madeira seja proveniente de um manejo adequado e atenda aos requisitos ambientais e socioeconômicos.

A certificação florestal desempenha um papel crucial na promoção da gestão responsável das florestas, incentivando práticas sustentáveis, proteção da biodiversidade, respeito aos direitos dos trabalhadores e comunidades locais, além de proporcionar aos consumidores a garantia de que estão adquirindo produtos de origem responsável.

Dessa forma, a certificação florestal é fundamental na busca por um equilíbrio entre a utilização da madeira e a preservação do meio ambiente, visando garantir a disponibilidade desse recurso para as gerações presentes e futuras.

Em se beneficia?

A madeira certificada traz diversos benefícios para diferentes setores. Em primeiro lugar, destaca-se a sustentabilidade, uma vez que garante a extração adequada e o manejo sustentável das florestas, contribuindo para evitar o desmatamento e degradação ambiental.

Além disso, as serrarias também são beneficiadas pela certificação da madeira. A obtenção da certificação agrega valor ao produto, tornando-o mais atrativos, e melhora sua imagem junto aos clientes e sociedade. Isso pode resultar em vantagens competitivas, ampliação de mercado e oportunidades de negócios.

Por fim, a certificação oferece a garantia de origem, comprovando que ela provém de uma floresta manejada de forma responsável. Esse aspecto é fundamental para aqueles que buscam adquirir produtos sustentáveis, pois podem ter a certeza de que estão contribuindo para a preservação dos recursos florestais e não apoiando a exploração predatória.

Assim, é bom tanto para as empresas do setor quanto os consumidores conscientes, contribuindo para a preservação ambiental e desenvolvimento sustentável.

Abertura de mercado

A certificação da madeira permite que as comunidades florestais acessem mercados mais amplos e exigentes, onde há demanda por produtos sustentáveis. Muitas empresas e consumidores estão dispostos a pagar um preço elevado por produtos certificados, o que pode resultar em melhores oportunidades de negócios e renda para comunidades. 

A certificação da madeira pode desempenhar um papel significativo no desenvolvimento social e econômico das comunidades florestais, por fornecer acesso a mercados, gerar empregos, desenvolvimento de habilidades, participação e envolvimento comunitário e conservação dos recursos naturais.

Critérios para a certificação da floresta

O FSC (Conselho de Gestão Florestal) estabelece 10 elementos essenciais para garantir que o manejo florestal seja realizado de forma responsável, considerando os aspectos ambientais, sociais e econômicos.

Esses elementos são fundamentais para assegurar a sustentabilidade das atividades florestais. São eles: o cumprimento das leis; direitos/condições de trabalho; direito dos povos indígenas, relações com a comunidade; benefícios da floresta; impactos ambientais; plano de manejo; monitoramento e avaliação; altos valores de conservação e implementação das plantações.

Esses 10 elementos fornecem uma estrutura abrangente para orientar o manejo florestal responsável e sustentável, promovendo a conservação dos recursos naturais, a proteção dos direitos humanos e o desenvolvimento socioeconômico equilibrado das comunidades envolvidas.

Existem dois órgãos de certificação mais difundidos em todo o mundo, que são o FSC, sigla em inglês que significa Conselho de Gestão Florestal e o PEFC, Programa de Endosso de Esquemas de Certificação Florestal. No Brasil, existem 17 principais certificadoras que atuam no país, podendo citar a própria FSC, cerflor e APCER.

Para identificar se o produto possui certificado florestal, basta identificar se a madeira tem o selo da FSC. Caso contrário, pode ser solicitado ao vendedor alguns documentos, como o Documento de Origem Florestal (DOF), Guia Florestal (GF) e a Certificação do Manejo Florestal pelo Cerflor (programa brasileiro de certificação florestal).

ARTIGOS RELACIONADOS

Produtos florestais

O Brasil é o país com a maior diversidade do planeta, sendo conhecido ...

Uso da madeira na Construção Civil será tema de palestra no 5º Congresso MS Florestal

Os benefícios do uso da madeira plantada e tratada na construção do civil serão alguns dos temas tratados no painel 'Engenharia em Madeira " Soluções para o presente', que integra a programação do '5o Congresso MS Florestal Online', que acontece nos dias 04 e 05 de setembro, com transmissão online gratuita

III Congresso Brasileiro de Eucalipto trará novidades para o agronegócio florestal

  Evento acontecerá de 2 a 4 de setembro, em Vitória/ES Especialistas em silvicultura, técnicos, produtores, empresários e os outros agentes de desenvolvimento ligados ao agronegócio...

Agricultores de Berilo investem em técnicas simples e aumentam produção

Uma comunidade quilombola, do município de Berilo, no Vale do Jequitinhonha, está colhendo os frutos de um trabalho feito para melhorar a produção de uva. A...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!