16.4 C
Uberlândia
quinta-feira, julho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiQualidade dos filmes difusores é fundamental

Qualidade dos filmes difusores é fundamental

Sueyde Fernandes de Oliveira

Coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento na Ginegar Polysack

. Filme SUNCOVER DIFF à esquerda e filme transparente nacional à direita, mostrando a diferença no desenvolvimento das plantas de tomate nos dois ambientes- Créditos: Ginegar Polysack
. Filme SUNCOVER DIFF à esquerda e filme transparente nacional à direita, mostrando a diferença no desenvolvimento das plantas de tomate nos dois ambientes- Créditos: Ginegar Polysack
. Filme SUNCOVER DIFF à esquerda e filme transparente nacional à direita, mostrando a diferença no desenvolvimento das plantas de tomate nos dois ambientes- Créditos: Ginegar Polysack
. Filme SUNCOVER DIFF à esquerda e filme transparente nacional à direita, mostrando a diferença no desenvolvimento das plantas de tomate nos dois ambientes- Créditos: Ginegar Polysack

O cultivo de hortaliças em ambiente protegido já é uma realidade e está em constante crescimento, visto os benefícios que esta técnica traz para a produção. O aumento de produtividade se deve principalmente ao manejo das condições climáticas, que leva à redução na incidência de pragas e doenças.

O manejo climático se deve principalmente ao manejo da radiação incidente, de forma a fornecer a quantidade adequada de luz para cada espécie. Consequentemente, tem-se um efeito na temperatura e umidade relativa, fatores estes diretamente relacionados à transmissão de luz do material na cobertura da estufa.

Existe, no mercado, uma diversidade de materiais, e o produtor deve tomar o cuidado no momento de escolher o filme quando for instalar ou reformar uma estufa.

Plantas de porte alto, como tomate, pimentão e pepino exigem uma grande quantidade de luz devido ao sombreamento das folhas mais novas sobre a parte baixeira da planta. Para isso, recomenda-se um filme de alta transmissão de luz para maior aproveitamento pelas plantas e máxima taxa fotossintética.

Solução

A Ginegar Polysack, empresa israelense líder de mercado na linha de filmes plásticos e telas para agricultura, apresenta os filmes Sun Selector® que são fabricados com a tecnologia Multicamadas ” extrusão em cinco camadas, em que os aditivos são adicionados separadamente, permitindo a fabricação de diferentes produtos com características técnicas específicas para cobertura de estufas, com a combinação de resistência, versatilidade e transmissão de luz para cada aplicação.

O grande diferencial dos filmes da Ginegar Polysack comparado com os filmes disponíveis no Brasil, é que possuem alta transmissão de luz, o que é benéfico para o cultivo de hortaliças de ciclo longo e porte maior, associado com uma alta difusão de luz.

O filme Suncover AV DIFF, por exemplo, possui uma transmissão de 87% e difusão de 75%, o que o coloca como o filme com a maior taxa de difusão de luz do mercado.

Estufa com SUNCOVER DIFF (alta difusão) à esquerda e filme comum com baixa difusão de luz à direita. Observa-se a diferença na qualidade da luz entre os dois ambientes.
Estufa com SUNCOVER DIFF (alta difusão) à esquerda e filme comum com baixa difusão de luz à direita. Observa-se a diferença na qualidade da luz entre os dois ambientes.
Estufa com SUNCOVER DIFF (alta difusão) à esquerda e filme comum com baixa difusão de luz à direita. Observa-se a diferença na qualidade da luz entre os dois ambientes.
Estufa com SUNCOVER DIFF (alta difusão) à esquerda e filme comum com baixa difusão de luz à direita. Observa-se a diferença na qualidade da luz entre os dois ambientes.

Além da característica relacionada à quantidade de luz transmitida, os filmes da linha Suncover possuem diferentes aditivos na sua composição que proporcionam melhores condições para o desenvolvimento das plantas. Dentre os benefícios dessa linha, levando em conta cada tipo de filme da linha Suncover, podemos citar:

ðAditivo Anti-estático: mantém o filme limpo por mais tempo, pois reduz a deposição de poeira e é mais fácil a lavagem. Isso permite maior passagem de luz e, por conseguinte, maior aproveitamento pelas plantas na fotossíntese.

ðForte Bloqueio anti-UV: aditivo contra a ação dos raios ultravioleta que aumentam a durabilidade do filme, pois diminuem a degradação do plástico pelo sol. Por isso as garantias e durabilidades dos filmes Ginegar Polysack são as maiores do mercado.

ðFator Antivírus: bloqueio de 100% dos raios ultravioleta, com efeito na redução de pragas e doenças. Esse aditivo é de suma importância para o bem-estar dos funcionários, impedindo a queima da pele pela radiação UV, causadora de diferentes doenças como, por exemplo, o câncer de pele. Além disso, todos os filmes com fator Antivírus têm maior garantia e durabilidade, comparado aos materiais sem este aditivo.

ðAditivos especiais de difusão de luz: melhor distribuição de luz dentro do ambiente, aumentando a incidência de luz nas folhas baixeiras, o que diminui o efeito de sobreposição das folhas. Além do aumento na taxa fotossintética, a melhor distribuição de luz diminui o problema de queima de frutos e folhas, encontrado comumente em estufas com filme transparente. Os filmes da Ginegar Polysack possuem uma tecnologia que mantém as maiores taxas de transmissão e difusão da luz em um mesmo material no mercado brasileiro (Figura 2).

Na figura 1 está um filme com alta difusão de luz (SUNCOVER DIFF), que possui 88% de transmissão e 60% de difusão, comparado com um filme transparente nacional, que não possui difusão de luz, onde está sendo cultivado tomate no município de Pilar do Sul (SP).

Após 80 dias do transplante de tomate, as plantas sob o difusor possuem em média três cachos a mais e são aproximadamente 20 cm mais altas, o que mostra o efeito da difusão de luz no desenvolvimento das plantas, pois diminui o sombreamento nas folhas. Este efeito é ainda maior quando as plantas atingem a fase adulta.

Além dos filmes difusores, vale citar o filme fotoconversor Suncover AV Blue (azul), o qual é recomendado para regiões mais quentes que não têm períodos nublados longos. Este filme altera o espectro de luz, aumentando a quantidade de luz fotossinteticamente ativa (PAR) e, consequentemente, reduzindo a temperatura de maneira muito eficiente.

Possui uma transmissão de 78% e difusão de 67%. Mostra-se bastante eficiente para o cultivo de tomate/pimentão/pepino em estados com alta incidência de radiação, como mostra a figura 3.

Plantas de pepino cultivadas sob o filme SUNCOVER AV BLUE
Plantas de pepino cultivadas sob o filme SUNCOVER AV BLUE

Novidades

Atualmente, a Ginegar Polysack está trazendo para o Brasil a linha de filmes Suntherm (efeito térmico), que desaceleram a perda das ondas de calor que foram produzidas durante o dia dentro da estufa agrícola à noite (Figura 4). Este efeito é maior quanto maior a diferença de temperatura entre o ambiente interno e externo, pois a tendência é que a temperatura da estufa se equilibre com o ambiente externo. Por isso, ao contrário do que muitos imaginam, esse filme não aquece mais a estufa durante o dia, ou seja, funciona como um filme plástico comum no período diurno.

De maneira prática, os Filmes Suntherm, da Ginegar Polysack possibilitam um ganho de 2,5 a 3,5ºC na temperatura noturna em relação a outros filmes plásticos de cobertura. Com isso, não prejudicam o metabolismo das plantas cultivadas e se mostram muito vantajosos para cultivos aonde se faz o aquecimento do ar durante a noite, pois conseguem uma grande economia no consumo de energia.

Reflexão de ondas de calor (infravermelho) no ambiente com o filme Suntherm Diff e a saída do calor em estufa com filme comum.
Reflexão de ondas de calor (infravermelho) no ambiente com o filme Suntherm Diff e a saída do calor em estufa com filme comum.

Essa matéria completa você encontra na edição de junho 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Fitossanidade do cafeeiro – As doenças que precisam ser controladas

Roberto Santinato Engenheiro agrônomo do MAPA/Procafé Felipe Santinato Mestre em Agronomia fpsantinato@hotmail.com Reginaldo Oliveira Silva Técnico agrícola As pragas e doenças que atacam o cafeeiro são responsáveis pela redução do desenvolvimento...

Substâncias húmicas são aliadas do desenvolvimento radicular do feijoeiro

Nilva Terezinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora de Nutrição de Plantas, Bioquímica e Produção Orgânica do Centro Universitário...

Produtores de abacaxi apostam em novo modelo de cultivo

Talita de Santana Matos Elisamara Caldeira do Nascimento Doutoras em Agronomia - UFRRJ Glaucio da Cruz Genuncio Professor de Fruticultura " UFMT glauciogenuncio@gmail.com Produtores de abacaxi incentivados por bons resultados...

Agrotêxtil é alternativa para produção protegida de repolhos

Antonia Mirian Nogueira de Moura Guerra Professora de Olericultura da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB campus Barra) mirianagronoma@hotmail.com   O repolho (Brassica oleraceavar. capitata), integrante da...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!