14.6 C
Uberlândia
quinta-feira, maio 30, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesSafra 23/24 na Região Sul do Brasil exige cautela

Safra 23/24 na Região Sul do Brasil exige cautela

Volatilidade faz com que uma das ferramentas indispensáveis seja pensar no crédito rural.

As chuvas acima da média nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul têm deixado o produtor rural em estado de alerta. Estimativas do Sistema de Suporte à Decisão na Agropecuária (Sisdagro), do Inmet, já mostram perdas de 4% a 5%, dependendo da região, ainda de acordo com dados divulgados pela Emater/RS a área semeada no Estado do Rio Grande do Sul é de apenas 25%.

Para ter a produção de 317,5 milhões de toneladas, apontadas pela Conab, é preciso agilidade
Foto: Wenderson Araujo/Trilux (Banco CNA)

“Ano após ano vai se fazendo necessário que o agricultor tenha cada vez mais planejada a sua safra. A incerteza e volatilidade, fazem com que o crédito rural seja uma das ferramentas indispensáveis, que permitirá obter recursos financeiros para investir nas atividades”, avalia o CEO da Farmtech, Rafael Pilla.

Pilla vai além e pondera, “temos ciência e sabemos que o produtor rural tem uma especificidade única em suas aquisições para a safra. Ele faz uma compra técnica e de oportunidade e, precisa de agilidade neste momento, por isso procura soluções que simplifiquem a sua jornada de compra. E para solucionar momentos como esse, é que a Farmtech existe. Somos procurados diariamente por revendas e indústrias para fornecer crédito de forma rápida e descomplicada. Disponibilizamos limites de crédito ao produtor durante o ano todo justamente para dar a liberdade de ter o crédito na hora certa de comprar os seus insumos. Além disso os processos de tomada de crédito junto aos parceiros que utilizam a tecnologia da Farmtech são muito mais rápidos do que bancos, o que facilita a jornada de compras a prazo de insumos por parte do produtor”.

Ferramenta catalizadora para disponibilizar crédito rural

Com atuação no mercado de crédito digital rural há seis anos, a Farmtech tem como objetivo mudar a forma como a cadeia do agronegócio se relaciona com o crédito. Por meio de parcerias com grandes nomes da indústria e de revendas de insumos agrícolas, a empresa opera como um viabilizando o crédito ao setor por meio das cadeias econômicas. A empresa já foi responsável pela liberação de mais de 6,5 bilhões de reais em crédito aos parceiros somente no ano de 2022, totalizando mais de 17 bilhões operacionalizados, em mais de 160 mil operações de crédito desde a sua fundação, em 2017.

Por meio de programas personalizados, ela possibilita que o produtor rural, através da indústria, revendas, cooperativas tenha recursos disponíveis para a aquisição dos insumos agrícolas no prazo safra, sem que comprometam o seu fluxo de caixa e em uma jornada simplificada e rápida. “Um dos pontos únicos da Farmtech é que conectamos a cadeia de ponta a ponta por meio do crédito, da indústria de insumos, passando pelas revendas e cooperativas até o produtor rural. Com a nossa expertise de mais de 20 anos no mercado de crédito agrícola, sabemos exatamente onde estão os gargalos da cadeia. Nossas soluções de crédito têm propósito claro: de um lado, acelerar as vendas dos nossos parceiros, e de outro facilitar a jornada de compra a prazo pelos produtores rurais”, explica Pilla.

“Estamos em um momento da nossa safra que para conseguirmos ter a produção de 317,5 milhões de toneladas, apontadas pela Conab, é preciso agilidade. Quando criamos a nossa empresa percebemos que o mercado estava carente não apenas de recursos para o financiamento de insumos, mas principalmente de soluções que permitissem que o processo de compra e venda de insumos a prazo ocorresse de forma simples. Por isso, aplicamos tecnologia para destravar processos que, até então, eram altamente burocráticos e morosos. Para podermos liberar o crédito e avaliar o score do produtor rural, precisamos apenas do CPF, por exemplo. Nossa visão é de que a tecnologia deve ser aplicada com o propósito de resolver dores reais dos nossos parceiros e clientes, assim como entregar ganhos concretos à cadeia”, finaliza o CEO.  

ARTIGOS RELACIONADOS

Brasil avança no Agro sustentável

O movimento biológico reflete um compromisso crescente com práticas agrícolas sustentáveis e uma intenção de minimizar a dependência de recursos não renováveis.

Produção Integrada de Frutas

A Produção Integrada de Frutas é o processo de certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. Foi desenvolvida em parceria com o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – INMETRO, para adequar a fruta brasileira às exigências do mercado, principalmente do europeu, e aumentar a sua competitividade no mercado internacional, como uma das estratégias para aumentar as exportações.

Quais são os desafios da análise de risco de crédito no agronegócio?

Realizar uma análise 360º do produtor mitiga riscos, traz uma maior segurança para os fornecedores de crédito rural e possibilita melhores taxas.

Exportações dos Cafés

Receita cambial gerada com as exportações de café em fevereiro deste ano foi ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!