28 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosSatis investe em inovações tecnológicas para a melhoria da qualidade do café

Satis investe em inovações tecnológicas para a melhoria da qualidade do café

Fotos Luize Hess
Fotos Luize Hess

A Satis participou dos últimos dez Congressos Brasileiros de Pesquisas Cafeeiras, e nesta edição não foi diferente. “Todo ano temos a oportunidade de divulgar nossos produtos. Como somos uma empresa que todo ano vem desenvolvendo trabalhos, produtos e moléculas novas, não podemos ficar fora desse evento“, diz Jonas Paciulli, gerente de negócios da Satis.

Neste ano, o foco da Satis foi o HumicBor, uma fonte de boro enriquecida com substâncias húmicas, extrato de algas e polióis,e também o Mathury,um equalizador da maturação do café com excelentes resultados, o que foi destacado nas palestras.

 “OHumicBor, por ser um produto líquido com alta concentração de boro solúvel, proporciona alta eficácia na reposição e/ou complementação do nutriente, importantíssimo para vários processos fisiológicos do cafeeiro“. Comenta Jonas.

Com relação ao Mathury,produto já consagrado na uniformização dos frutos do café, a Satis continua investindo na sua divulgação para levar as informações a todos os cafeicultores para que possam entender e utilizar esta tecnologia que faz toda diferença no manejo, na qualidade e no rendimento das lavouras.

Recomendações

“HumicBoré recomendado de acordo com as análises de solo e foliares.Já o Mathury segue padrões de recomendação mais específicos, como: carga pendente, programação da época de colheita, maior volume de CD, menor volume de café de varrição, menor desfolha, dentre outros parâmetros que se pode conseguir com a utilização do produto.Vários trabalhos científicos apresentados em edições do Congresso Brasileiro foram conduzidos pela equipe da Fundação Procafé,com resultados extraordinários“, diz Jonas Paciulli.

Equipe da Satis que esteve no Congresso do Café - Fotos Luize Hess
Equipe da Satis que esteve no Congresso do Café – Fotos Luize Hess

Sobre o evento, a equipe da Satis ficou feliz com os resultados, com uma visitação muito boa, nível de excelência em palestras, temas significativos, boa frequência de produtores e pesquisadores. “O Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras é muito importante para a cadeia do café“, define a empresa.

Essa matéria você encontra na edição de dezembro 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Pré e pós-colheita do café – Etapas essenciais para a qualidade do grão

  Carlos Henrique Cardeal Guiraldeli Graduando em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras " UFLA Murilo Ferraz Tosta Doutorando em Engenharia Agrícola - UFLA Giovani Belutti Voltolini Graduando em...

Cafés especiais crescem 15% anualmente

Especialistas em café especial observa que o consumidor brasileiro está trocando o café preto por um café com mais "doçura" e complexidade.

Hidroponia – Mais produtividade e qualidade do tomate

O tomate vem sendo a hortaliça mais consumida no mundo, e no Brasil esta realidade não é diferente. Sua aptidão tanto para consumo in natura como para o preparo de molhos e derivados faz com que haja um aumento constante na demanda.

Algas aumentam o tempo de pós-colheita das hortaliças

Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de Espírito...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!