Tela amarela: alta difusão de luz

0
254

Alasse Oliveira da Silva
Engenheiro agrônomo e mestrando em Fitotecnia – ESALQ/USP
alasse.oliveira77@usp.br
Liliane Marques de Sousa
Engenheira agrônoma e mestranda em Fitotecnia – Universidade Federal de Viçosa (UFV)
liliane.engenheira007@gmail.com
Walleska Silva Torsian
Engenheira agrônoma e doutoranda em Fitotecnia – ESALQ/USP
walleskatorsian@usp.br

Foto: Ginegar do Brasil

Dentre os vários fatores climáticos que influenciam o crescimento e desenvolvimento das plantas, a temperatura, umidade e radiação são tidos como os principais envolvidos nesse processo. Diante disso, o manejo adequado associado ao uso da tela amarela é fundamental para que as plantas expressem em campo o máximo potencial produtivo.

O cultivo das plantas em ambientes com condições climáticas desfavoráveis, como a alta umidade, altas ou baixa temperaturas e radiação solar, podem ocasionar distúrbios fisiológicos, como rachadura nos frutos, podridão, queda de folhas, abortamento de flores, dentre outros, e a maior incidência de pragas e doenças devido às condições da área de cultivo serem favoráveis à sua ocorrência.

Vantagens do ambiente protegido

A principal vantagem do cultivo de plantas em ambiente protegido é a segurança contra as condições climáticas adversas encontradas em campo aberto, e uma forma de ter maior controle dos fatores climáticos, por meio da utilização de malhas e plásticos que alteram o espectro de luz incidente no ambiente de cultivo.

Na fabricação dessas telas são adicionados aditivos especiais à sua composição que são capazes de decompor a luz direta em luz difusa, que é multidirecional, promovendo melhor aproveitamento da luz pelas plantas.

Além disso, há um incremento de radiação fotossinteticamente ativa em função da sua capacidade fotoconversora de luz, permitindo maior desenvolvimento vegetativo das plantas, influenciando no tamanho das folhas, brotação, altura, peso, florescimento e maturação de frutos.

Telas e suas cores

Entre as telas para uso agrícola, as de coloração amarela possuem a mais alta difusão de luz, beneficiando as plantas pela diminuição do efeito do sombreamento entre as plantas e, assim, permitindo maior entrada de luz solar no interior do ambiente de cultivo.

Diante disso, promove a produção de hortaliças e frutos com melhor qualidade, além de minimizar a incidência de insetos-pragas, diminuindo possíveis danos às culturas e, consequentemente, evitando perdas produtivas.

Nesse contexto, a utilização de telas coloridas em ambiente de cultivo protegido favorece a redução de problemas fitossanitários, além de ser uma boa forma de contornar problemas causados pelas mudanças climáticas.

A agricultura moderna exige novas tecnologias capazes de aumentar a produtividade e qualidade dos produtos, e o uso de malhas coloridas surge como uma alternativa que agrega melhor qualidade e valor aos produtos, sendo altamente recomendável seu emprego nos sistemas de cultivo de produção agrícola.

Benefícios da tela amarela

As telas fotoconversoras, como a de cor amarela, são capazes de proporcionar inúmeros benefícios para os cultivos, pois além de protegerem os cultivos contra as condições ambientais, diminuem o ataque de pragas, aumentam a difusão da luz sobre e entre as plantas, além de fornecerem luz difusa, contribuindo, por exemplo, para a uniformidade de maturação de frutos.

Também apresenta alta resistência mecânica devido ao reforço central e lateral. São telas feitas com polietileno 100% virgem, com alta resistência contra radiação ultravioleta, contribuindo para amenizar possíveis danos causados pela radiação direta, tanto às plantas como aos frutos.

Garante, ainda, melhor controle microclimático, aumento da produtividade e qualidade dos produtos produzidos, melhora a intensidade e uniformidade da cor dos vegetais, pode aumentar os sólidos solúveis de frutos e diminuir o ataque de insetos-vetores de vírus, além de levar à precocidade de colheita.

 A aplicação dessa tecnologia aliada ao manejo adequado da cultura possibilita aumento da produção, qualidade e precocidade de colheita, principalmente em períodos desfavoráveis em campo aberto, assegurando ao produtor rural maior retorno econômico da atividade.

Como implantar a técnica?

A princípio, recomenda-se que os produtores se atentem para o tipo de cultura que está sendo produzida, visto que existem espécies menos e outras mais tolerantes ao sombreamento. Por isso, deve-se considerar a fisiologia das plantas a serem cultivadas com esse tipo de tela, visando evitar problemas desde o plantio à colheita.

Tendo em vista que algumas espécies não toleram o excesso de sombreamento, isso afeta o processo fotossintético, prejudicando o desenvolvimento e redução da produção, mas o excesso de radiação pode também levar à fotoinibição e foto-oxidação, provocando danos às culturas.

Normalmente, essas malhas são instaladas na cobertura e/ou lateral de pomares, estufas e telados, onde se cultiva culturas como frutíferas, hortaliças, flores, mudas, entre outros, sendo indicada também para sistema hidropônico.

Tendência

A tela chromatinet, de cor amarela, é uma inovação recente do mercado das malhas fotoconversoras. Essas novas malhas melhoram a qualidade da radiação para o processo fotossintético, aumentando a radiação vermelha e vermelho-distante, resultando em maior produção.

Também promovem maior difusão da luz, reduzindo assim o efeito de sombreamento entre as plantas e, assim, possibilitando maior entrada de luz no ambiente de cultivo. Além do mais, elas aumentam a quantidade de radiação verde e amarela, que ajuda os insetos fitófagos a identificarem o alimento.

No entanto, nesse caso, como o ambiente de cultivo é protegido pela chromatinet amarela, o inseto é atraído para a malha, a qual cria um ambiente desagradável e não palatável aos insetos, que acabam indo procurar alimento em outro ambiente.

Ela também apresenta menor difusão de luz na faixa do ultravioleta, contribuindo para diminuição de ataque de pragas no cultivo, visto que eles veem principalmente na faixa da radiação ultravioleta.

A proteção dos cultivos com essas malhas é necessária contra as intempéries ambientais e ataque de pragas e doenças, porém isso, deve ser aliado ao manejo adequado da cultura. Entretanto, é preciso considerar as necessidades fisiológicas da planta e as condições climáticas da região para que o produtor rural faça a escolha da chromatinet mais adequada para seu cultivo, ou seja, que ofereça o melhor custo/benefício.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!