22.6 C
Uberlândia
segunda-feira, maio 20, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasZoetis completa sua linha de vacinas contra clostridioses

Zoetis completa sua linha de vacinas contra clostridioses

A empresa apresenta ao mercado brasileiro a vacina Vaxall CD contra o botulismo e Fortress para as demais clostridioses

Divulgação

As bactérias anaeróbias do gênero Clostridium são responsáveis por causar algumas doenças, chamadas de clostridioses que são responsáveis por intoxicações e infecções com alto grau de letalidade para os ruminantes. Entre as enfermidades causadas por essas bactérias estão o botulismo e o carbúnculo sintomático, ou manqueira, como é popularmente chamada a doença.

Doenças com sintomas neurológicos, como o botulismo, são um grande desafio nas propriedades pecuárias em todo o mundo, pois apresentam quadros clínicos graves e podem, potencialmente, causar sérios prejuízos a diferentes sistemas de produção. O botulismo bovino se destaca nesse aspecto, visto que os surtos são comumente relatados em todas as partes do Brasil.

Não existem drogas antagônicas efetivas para neutralizar o efeito neuro paralítico da toxina botulínica, assim como não tem tratamento efetivo depois que o animal já estiver doente. Estabelecido o quadro clínico, a antitoxina não tem mais capacidade de neutralizar a toxina. Assim, as medidas preventivas são o melhor caminho para evitar esse mal e, por isso, a Zoetis, líder mundial em saúde animal, lança no Brasil a vacina Vaxall CD, contra o botulismo C e D, para ser utilizada em conjunto com as vacinas da consagrada linha Fortress, protegendo os rebanhos das principais clostridioses. A imunização contra o botulismo com a Vaxall CD é realizada com duas doses iniciais, num intervalo de 4 semanas e, depois, por meio da vacinação anual.

Dentre as enfermidades causadas pelas clostridioses, a manqueira é das mais comuns e costuma acometer bezerros entre quatro e dois anos de idade. O problema se instaura quando, durante o pastejo, os animais ingerem os esporos da bactéria, que se alojam em alguns órgãos e nos tecidos dos animais e aguardam alguma situação para desencadear a doença.

O médico-veterinário Elio Moro, gerente técnico da Zoetis, diz que a dupla Vaxall CD + Fortress atende a uma demanda do mercado e oferece a proteção necessária na prevenção contra o botulismo, a manqueira e outras clostridioses dos bovinos. 

Ele lembra ainda que as vacinas da linha Fortress são testadas nos Estados Unidos pelo Serviço de Inspeção Sanitária de Animais e Vegetais (APHIS, na sigla em inglês) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês), e ainda é testada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) no Brasil, antes de serem comercializadas.

O botulismo

O botulismo em bovinos é causado pela ingestão de neurotoxinas C ou D da bactéria Clostridium botulinum que são formadas no processo de decomposição da matéria orgânica vegetal ou de carcaças de animais mortos, podendo ser encontradas na água, no solo e alimentos contaminados.  

Os bovinos se intoxicam quando ingerem material contaminado, geralmente por restos de cadáveres, água ou alimento contaminados. Após a absorção da toxina na luz intestinal, a neurotoxina vai agir nas terminações nervosas periféricas. São vários os sinais clínicos, dentre eles: dificuldade de locomoção (andar duro e cambaleante); quartos traseiros com progressão aos dianteiros, cabeça e pescoço; paralisia dos músculos da locomoção, mastigação e deglutição; dificuldade respiratória e midríase; redução do tônus muscular da língua (que pode permanecer fora da boca). As fontes de contaminação são diversas, tais como, ossos, palhada de milho, cama de frango, carcaças de animais mortos, água parada com vegetação em decomposição, dentre outras.

ARTIGOS RELACIONADOS

É o momento de prevenir as clostridioses nas crias

Proteger os bezerros das clostridioses previne perda de animais e reflete na qualidade produtiva da fazenda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!