21.6 C
Uberlândia
quinta-feira, maio 30, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesÁcido tolfenâmico reduz taxa de mortalidade de leitões

Ácido tolfenâmico reduz taxa de mortalidade de leitões

Quando administrado às porcas e marrãs no pós-parto, o anti-inflamatório não esteroidal (AINE) atenua a dor, aumenta o conforto e melhora o comportamento materno – levando à melhor receptividade na amamentação

Créditos: Divulgação

Estudo internacional publicado no 13º Simpósio Europeu de Gestão da Saúde Suína, em Budapeste (Hungria), destacou as ações positivas do anti-inflamatório não esteroidal (AINE) da Vetoquinol à base de ácido tolfenâmico no bem-estar de porcas e marrãs no pós-parto. Os resultados são igualmente favoráveis para a saúde e a nutrição dos leitões. Na comparação entre um grupo tratado com o ácido e um grupo controle, houve significativa diferença em peso médio ao desmame, ganho de peso médio diário, mortalidade após o segundo dia de nascimento e desmame, além de aumento significativo na imunidade dos animais.

O primeiro resultado expressivo foi o ganho no peso médio ao desmame: de 814 gramas. A taxa de mortalidade no segundo dia pós-nascimento e no desmame também tiveram redução: de 6% para quase 2% e de 12% para 6%, respectivamente. Outro ponto positivo foi o aumento considerável na imunidade dos leitões de marrãs tratadas com o anti-inflamatório.

Os experimentos com Tolfedine® CS, da Vetoquinol, foram conduzidos em instalações modernas na Espanha. As fêmeas suínas recém-paridas receberam uma única injeção de dois miligramas por quilo de peso corporal nas 12 horas pós-parto. Foram obtidos desempenhos zootécnicos bem distintos – o que impacta diretamente na lucratividade do negócio e no sucesso da reprodução do plantel.

“A Vetoquinol oferece aos suinocultores um medicamento eficaz, que proporciona alivio à dor das porcas e marrãs recém-paridas. Tolfedine® CS é um AINE que colabora enormemente para o aumento de produtividade dos leitões já nos primeiros dias de vida. Então, combinamos conforto e bem-estar à lucratividade do negócio”, destaca Guilherme Moura, gerente técnico de animais de produção da Vetoquinol.

Solução utilizada no estudo apresentado no evento na Hungria, Tolfedine® CS, princípio ativo exclusivo da Vetoquinol no Brasil, é um AINE de longa e rápida ação antipirética (reduz temperatura corporal), analgésica (atuando na dor) e anti-inflamatória (atuando diretamente no problema). “São 90 anos de contribuição para gerar saúde aos animais e alimentos seguros à população mundial por meio de soluções sanitárias modernas”, finaliza Moura

ARTIGOS RELACIONADOS

Nova tecnologia traz mais saúde para a nutrição de leitões

Patenteado globalmente, processo da Rio Pardo Proteína Vegetal unifica tratamentos térmicos e garante produto de mais qualidade

Até 2030 uso de água deverá aumentar em 24% no Brasil, mas apenas 1% pode ser reaproveitada

Na cidade de Hidrolândia, projeto pioneiro de fertirrigação em indústria de lacticínios mostra que é possível aumentar esse percentual de reuso

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!