17.6 C
Uberlândia
quinta-feira, julho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioTecnologiaAgricultura familiar: como iniciar um negócio na internet?

Agricultura familiar: como iniciar um negócio na internet?

Você sabia que a agricultura familiar é responsável pela grande parte dos alimentos que chega até a sua mesa? É isso mesmo! Pensando nisso, vamos mostrar neste texto como iniciar um negócio na internet.

Imagem de Kiki Piperidou / Pexels

O aumento do mercado de produtos que são gerados de pequenos produtores rurais que são as pessoas que praticam a agricultura familiar tem sido a responsável pelo surgimento de diversas oportunidades para este tipo de produtor. E com o avanço tecnológico é muito importante pensar em ter o negócio na internet também.

Entre os itens que mais tem a agricultura familiar como a responsável estão: a mandioca (83%), leite (58%), e o feijão (70%). Por isso, a importância da expansão para o digital, trazendo ainda mais clientes para estes produtores que, por exemplo, durante a pandemia não tinham para quem vender porque os estabelecimentos estavam fechados.

Além disso, o jeito de consumir produtos, inclusive os alimentícios, mudou muito também depois da pandemia. De acordo com uma pesquisa feita pela Bain & Company, em 2021, 76% dos brasileiros passaram a realizar compras de supermercado pela internet.

Mas como iniciar um negócio na internet?

A tecnologia veio para trazer diversos benefícios para as pessoas que investem na agricultura familiar e uma delas é a oportunidade de vender os seus produtos na internet, trazendo uma expansão para o seu negócio. 

1 – Como será o negócio online

O primeiro passo a ser dado é fazer a escolha dos itens produzidos que serão comercializados na internet. Depois disso, será necessário optar pela forma de comercialização: marketplace ou site próprio, por exemplo.

Se você optar por site próprio, terá que contratar profissionais para o desenvolvimento da plataforma. E também você precisa comprar a URL da sua loja virtual. Aqui também é o momento de criação de logomarca, caso a empresa ainda não tenha.

Outros pontos a serem avaliados são: o meio de pagamento que será aceito nas transações e a logística do frete.  Segundo um estudo feito pelo Ebit|Nielsen, mais da metade dos consumidores responderam que acham melhor pagar menos pelo frete mesmo que o produto demore um pouco mais para chegar na sua casa.

Por isso é legal, se possível, realizar um acordo com alguma transportadora para otimizar este pagamento e, consequentemente, diminuir o valor.

Ah! Tome muito cuidado com o estoque dos seus produtos, desta forma, os seus clientes só irão comprar o que realmente você tem ou não tem. Se não tiver o problema é maior ainda, já que será necessário realizar um estorno. 

2 – Avalie o seu concorrente

A segunda coisa que você pode fazer é avaliar como os seus principais concorrentes de negócios online estão trabalhando na internet e este item inclui, principalmente, as redes sociais do seu negócio na agricultura familiar.

Um ponto para dar uma olhada é verificar a forma que eles vendem os seus produtos, quais preços eles praticam, como são as postagens nas redes sociais e com qual frequência, dentre outros detalhes.

Resumindo: É montar um dossiê e vale até uma listagem de prós e contras das coisas que os concorrentes executam.

3 – Tenha um cronograma de publicações

Depois de tudo pronto, não deixe de montar um cronograma com todas as ações de marketing, por exemplo, que serão feitas com o objetivo de atrair novos clientes para o negócio.

Estar presente nas redes sociais é muito importante, afinal de contas, os brasileiros passam muitas horas do dia conectados.

Segundo uma pesquisa realizada pela Opinion Box, chegou-se à conclusão de que 43% dos brasileiros realizaram uma compra partindo de uma publicação nas redes sociais.

Facebook e Instagram tem ferramentas que te dão oportunidade de realizar vendas pela própria plataforma. O Whatsapp pode ser uma outra forma de captação de novos clientes e conversões, pois ele te ajuda, principalmente, a manter um relacionamento com o cliente.

Pronto! Você tem um negócio de agricultura familiar? Conte para nós se você já vende pela internet.

ARTIGOS RELACIONADOS

Brevant® Sementes lança híbrido de milho verão

O B2801VYHR oferece ciclo precoce, alta tolerância a doenças e apresenta média de produtividade de 13,5 sacos a mais por hectare

Soluções tecnológicas nacionais para o agronegócio

Não é mais novidade que a agricultura brasileira está cada vez mais “hightech” no gerenciamento das suas operações de produção agrícola.

Novidades do setor de drones para o Agro

Evento organizado pela MundoGEO chega à 9ª edição com mais de 120 expositores e 150 palestrantes, além de espaço e premiação para startups do setor. Feira ocorre em São Paulo entre 9 e 11 de maio.

Transformação digital no agronegócio

Devido as suas características de grande biodiversidade, condições edafoclimáticas satisfatórias e enorme área agricultável, com solos férteis, e com capacidade de expansão, sem provocar o desmatamento, o Brasil possui uma aptidão inquestionável para o agronegócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!