26.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 23, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesAlgodão exige cuidados específicos

Algodão exige cuidados específicos

Na reta final da safra, teor de umidade do algodão é um fator essencial na gestão da colheita e também do beneficiamento

Com projeção estimada perto dos 3 milhões de toneladas para a safra 2022/2023, o que representa um aumento de 17,6% em relação ao ano anterior, a expansão das áreas de cultivo de algodão no Brasil tem sido significativa nos últimos anos. Regiões como o Mato Grosso, Bahia, Goiás e Minas Gerais se destacam na produção nacional.

Créditos: Divulgação

Como toda e qualquer atividade agrícola, a cotonicultura exige cuidados específicos no que diz respeito às técnicas de colheita, processamento e armazenagem. Também está sujeita às variações de temperatura e umidade, desde a plantação e colheita até seu beneficiamento e industrialização.

Portanto, a colheita  do algodão é uma etapa crucial. Deve ocorrer no momento certo, quando os capulhos de algodão estão maduros. Este momento é importante para garantir a qualidade das fibras e o rendimento da cultura.

Safra

Em plena safra 2022/2023, produtores torcem para não ocorrerem chuvas significativas no final da colheita, pois o teor de umidade do algodão é um fator essencial na gestão da colheita e também do beneficiamento.

A Portaria 55/1990 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) preconiza que para a armazenagem convencional, o percentual de umidade para o algodão em caroço deve ser de 12% e, para o algodão em pluma (fardo), de 10%. O produto que não estiver dentro desses limites pode sofrer descontos.

“Recomendamos que o produtor esteja atento ao clima e também à umidade dos capulhos nos dias que antecedem a colheita”, explica o engenheiro agrônomo Roney Smolareck, da Loc Solution, representante da marca Motomco de medidor de controle de umidade.


Segundo ele, é necessário, desta forma, que se faça controle de umidade em todos os locais pelos quais o algodão, seu caroço e suas plumas passam ou são colocados a fim de impedir deterioração em alta velocidade e intensidade.

Fácil de manusear e com resultados precisos, o medidor de umidade 999CT Cotton, tem o melhor método para mostrar a quantidade percentual de umidade no algodão. O aparelho foi desenvolvido em duas escalas de medição – caroço e pluma. Possui princípio de medição baseado na resistência elétrica e interface com teclado de membrana e display LCD. Confira no vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=IcuyH4r1Qeg&t=2s

Segundo Roney Smolareck, o aparelho pode ser usado diariamente no monitoramento da umidade da safra. “Por ser uma cultura sensível é importante que a colheita inicie e termine com a umidade da pluma dentro do percentual tolerável preconizado pelo Mapa. Ou seja, deve-se evitar o extremo com limites máximos de 12% e mínimo de 6%.  “De forma muito simples, é possível saber exatamente o teor de umidade do capulho ao usar o aparelho”, diz Smolareck.
 
Indústria – A indústria nacional algodoeira atinge anualmente níveis exorbitantes, colocando o Brasil entre os maiores produtores e exportadores de algodão do mundo. Mas só é possível alcançar altos valores em termos de produtividade e rendimento de pluma, através do potencial genético e manejo da cultura adaptado aos biomas brasileiros. Todo esse potencial justifica o investimento em boas práticas e tecnologias de colheita e enfardamento de última geração.


O enfardamento é uma etapa essencial na produção agrícola, proporcionando benefícios em termos de transporte e armazenamento.

Samantha Mendes, especialista em desenvolvimento de mercado e produto da Tama Brasil, empresa líder no mercado de produtos para enfardamento agrícola, explica que  a Tama produz o filme em polietileno, 100% reciclável, com proteção contra raios UV para o enfardamento, exclusivamente desenvolvido para as máquinas da John Deere. O Tamawrap foi desenvolvido para a CP (Cotton Picker) e possui 2 linhas de produto: Linha Premium nas cores Amarelo e Rosa e Linha Value, na cor Azul céu.
As diversas tecnologias embarcadas no filme da Tama (Tamawrap), desenvolvidas entre a empresa e a John Deere, permitem que o fardo fique bem robusto, protegido de intempéries climáticas.  “Nosso fardo pode ficar em campo por até 6 meses, com garantia, e até um ano no pátio da algodoeira, podendo ser movimentado diversas vezes sem sofrer nenhum dano ou prejuízo”, explica Samantha.

O processo de enfardamento permite padronizar as dimensões, uma vez que o peso depende da umidade do algodão colhido. “Nossos fardos protegem o algodão contra danos mecânicos e sujeira, chuvas e climas extremos, garantindo que o produto chegue ao destino em boas condições”, afirma Samantha.

Outro aspecto relevante para garantir a manutenção da qualidade, é enfardar o algodão quando a umidade estiver em um nível adequado. A especialista destaca que durante o beneficiamento o algodão passa por um processo de limpeza para remover impurezas, como folhas, galhos, entre outros. Uma vez livre de impurezas e folhas, o caroço é separado da pluma. Após beneficiado, a pluma é prensada e colocada em fardos de 225 quilos, seguindo a padronização de comercialização. Os emblocados são compostos por algodão pluma, e armazenados em locais apropriados, até que seja feito seu destino no mercado externo ou nacional – para os Portos ou para a Indústria têxtil local.  

ARTIGOS RELACIONADOS

Biológicos mostram eficiência no controle da mosca-branca

  Alessandra Marieli Vacari amvacari@gmail.com Sergio Antonio De Bortoli Laboratório de Biologia e Criação de Insetos (LBCI), Departamento de Fitossanidade, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, FCAV/Unesp, Jaboticabal...

Cafeeiro: Prática de esparramação dos resíduos vegetais

AutoresDalyse Toledo Castanheira Professora da Universidade Federal de Viçosa (UFV) dalysecastanheira@hotmail.com Raphael Comanducci da Silva Carvalho Engenheiro agrícola A cafeicultura atual passa por...

Milho-doce orgânico – Sabor e lucratividade acentuados

Lucas Luís Faustino Doutorando em Produção Vegetal - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) lucasfaustino1987@yahoo.com.br   O milho-doce é um produto de alto valor nutritivo e...

Tomate Compack possui elevado potencial produtivo

A área total do mercado de tomate de mesa no estado de São Paulo corresponde a aproximadamente 3.500 ha. Desse valor, 2.100 ha são de tomate...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!