Análise foliar se traduz em equilíbrio nutricional

0
64

A análise foliar é importante para o monitoramento do estado nutricional das culturas agrícolas. Ela detecta quais nutrientes estão abaixo ou acima dos limites considerados ótimos para cada cultura e, ao mesmo tempo, fornece informações com relação ao equilíbrio nutricional das plantas.

Esse equilíbrio nutricional é demandado para que as culturas atinjam seus potenciais produtivos. “Ao avaliar a análise foliar da safra passada, o agricultor descobre se há deficiências nutricionais ocultas (sem sintomas visuais) nas plantas, o que permite que ele faça as correções por meio de adubações ou manejos culturais para a próxima safra, de forma que maximize as chances de obter máxima produtividade“, esclarece Fabiano Daniel de Bona, pesquisador da área de fertilidade do solo e nutrição mineral de plantas da Embrapa Trigo.

Ainda segundo ele, mesmo quando ocorrem sintomas visuais de deficiência de nutrientes, a análise foliar é necessária para esclarecer qual o elemento essencial está abaixo do ideal para o pleno crescimento e desenvolvimento da planta.

É importante salientar que a causa da deficiência nutricional da planta nem sempre é o baixo teor do elemento essencial no solo, mas outros fatores relacionados ao solo (camadas compactadas, falta de água etc.) ou à planta (baixa capacidade de absorção de nutrientes, crescimento de raízes prejudicado, doenças, pragas, entre outros) também prejudicam a aquisição dos nutrientes pelas culturas agrícolas.

Essencialidade

Idealmente, pontua Fabiano Daniel de Bona, a análise foliar deveria ser realizada toda a safra ou pelo menos todo o ano, pois se trata de uma ferramenta simples para o monitoramento indireto da fertilidade do solo. Com ela, é possível avaliar se as culturas (variedades) estão sendo eficientes na absorção e no aproveitamento dos nutrientes fornecidos via adubação.

Custo

O preço da análise foliar depende da quantidade de elementos que se pretende determinar. Em termos de preço, uma análise foliar completa que inclui macro e micronutrientes pode variar de R$ 35,00 a R$ 50,00. O pesquisador Fabiano Daniel lembra que a escolha de laboratórios credenciados e com selo de qualidade emitido por associações responsáveis pelo controle de análises de tecido vegetal é um fator determinante para o sucesso da técnica de avaliação do estado nutricional da cultura agrícola.

A produção das culturas pode ser melhorada a partir do momento que tal análise detecta a deficiência nutricional, o que pode possibilitar adubações corretivas na própria safra para alguns nutrientes (exemplo clássico é o suprimento de nitrogênio (N) durante o transcorrer do ciclo da cultura) ou fornecer informações para o planejamento de correções e adubações para a safra subsequente.

Pós-análise

Além de proporcionar informações para ajustes na quantidade de adubo suprido à cultura, os resultados da análise foliar podem demonstrar que os métodos de adubação ou tipo de adubos empregados não estão sendo eficientes em suprir o nutriente na forma e quantidade adequadas para a planta.