Aplicação de biológicos no sulco de plantio

0
62

Marcio Luiz Moura SantosEngenheiro agrônomo e doutorando em Tecnologia de Aplicação – UNESPml.santos@unesp.br

Tecnologia Orion

Os produtos agrícolas à base de ingredientes ativos naturais em sua composição, também conhecidos como bioinsumos, estão cada vez mais ganhando importância no cenário nacional.

Os produtos biológicos, por serem de base natural, possuem as características de serem menos tóxicos para o ambiente se comparados aos produtos químicos sintéticos, além de possuírem alta eficiência.

Em culturas como a soja, os produtos biológicos normalmente são inseridos no tratamento de sementes a fim de evitar ataques iniciais de pragas e doenças, além de introduzir inoculantes para garantir a fixação biológica de nitrogênio e permitir a não utilização de fertilizantes químicos, reduzindo custo de produção.

Porém, por serem produtos de base natural, alguns cuidados se fazem necessários para realizar esse tipo de aplicação para garantir que esses produtos terão o efeito desejado

Direto no sulco

Então, uma alternativa que tem demonstrado alta eficiência de aplicação de produtos biológicos, garantindo boa performance, é a aplicação direta no sulco de plantio. Em alguns estudos, a inoculação de bactéria no sulco de semeadura possibilitou aumento de 15% de massa fresca em milho safrinha. Na cultura da soja, observou-se aumento de 16% de produtividade com a coinoculação no sulco de plantio.

Ao aplicar no sulco de plantio, evita-se o contato dos produtos biológicos com os produtos químicos sintéticos que também iriam no tratamento de sementes. Portanto, os compostos naturais responsáveis pelo controle chegam ao local perfeitamente ativos, tendo mais uma garantia da eficiência do produto.

Ferramentas úteis

Para realizar esse tipo de aplicação, atualmente existem equipamentos que são específicos para essa atividade, normalmente ligados à plantadeira. Esses equipamentos podem ser acionados a partir de sistemas hidráulicos ou elétricos, sendo o elétrico altamente eficiente na aplicação de produtos biológicos de baixa densidade.

Já o equipamento acionado pelo sistema hidráulico consegue trabalhar com maiores pressões, necessitando de maiores cuidados, visando manter a qualidade e evitar excessos. Inicialmente, observar os fatores que podem causar perda de eficiência dos produtos biológicos, como o pH e a temperatura da calda.

Além das características da água, é importante observar aspectos relacionados à tecnologia de aplicação. Então, um dos aspectos mais importantes na aplicação de biológicos no sulco de plantio é a escolha da ponta.

Primeiramente, definir o modelo da ponta a ser utilizado, pois existem pontas mais indicadas para formação de jatos sólidos dirigidos, que são as mais indicadas para esse tipo de aplicação. Posteriormente, deve-se definir com qual vazão trabalhar, pois as pontas possuem diferentes tamanhos de orifício, que irão determinar a vazão da aplicação.

A escolha correta do tamanho do orifício é essencial para aplicar a quantidade correta de produto. Junto da escolha da ponta, é necessário definir a pressão de trabalho e a velocidade de aplicação em função da quantidade de produto que deseja colocar por hectare, sendo fatores determinantes para evitar desperdícios, sem perder a eficiência do processo.