23.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisAviculturaAves bem nutridas produzem ovos de qualidade

Aves bem nutridas produzem ovos de qualidade

A qualidade da alimentação das aves reflete na excelência dos ovos que produzem.

A produtividade da avicultura brasileira é comprovada por números: segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), nos últimos 10 anos o consumo anual de ovos no país cresceu mais de 60% e a produção atingiu 52 bilhões de unidade por ano. Para o agrônomo da Auster, Laureano Galeazzi, esse elevado nível de produtividade é reflexo de uma série de fatores, incluindo o manejo bem feito, que precisa começar antes mesmo do alojamento das aves.

Créditos: Divulgação

“Atentar-se à estrutura da fábrica de ração e de armazenamento de matérias-primas é de extrema importância. Para o sucesso no negócio, é vital que o galpão e as demais estruturas, como gaiolas, bebedouros, comedouros, sistema de aquecimento e ventilação, estejam bem posicionados e atendam às necessidades de acordo com a densidade dos lotes, estação do ano e outras particularidades de cada granja”, explica Galeazzi

Sob o ponto de vista nutricional, a saúde intestinal das aves também é outro ponto de atenção. O especialista da Auster lembra que para as aves produzirem com qualidade é preciso ter o funcionamento correto de uma série de pilares. “A suplementação com altos níveis vitamínicos e microminerais, como vitamina C e betaína anidra como fonte de colina, favorecem as condições intestinais, que resultam em fortalecimento da casca do ovo. Por consequência, a lucratividade do produtor aumenta consideravelmente, pois ele passa a contar com um ciclo produtivo maior”.

Apesar de os ovos serem maiores em aves mais velhas, a espessura da casca diminui afetando sua rigidez e, no caso de ovos vermelhos, há ainda a redução da pigmentação. Da mesma forma, a qualidade interna é prejudicada com alteração no albúmen, que se torna mais líquido.

Com o envelhecimento, as poedeiras sofrem com estresse oxidativo e diminuição da saúde intestinal e hepática, o que, por sua vez, resulta em baixa absorção de nutrientes essenciais para a manutenção da qualidade dos ovos. “A perda de ovos por falta de cálcio na formação das cascas é estimada em 8%. Por isso, incluímos a vitamina C, que ajuda a aumentar o tempo de prateleira e reduzir a quantidade de ovos quebrados”, complementa o agrônomo.

Para solucionar esses desafios, a Auster Nutrição Animal desenvolveu a linha Númia Postura Vitalis, que apresenta altos níveis vitamínicos, como butirato de sódio encapsulado – composto orgânico que auxilia a saúde intestinal e a integridade das mucosas, elevando o aproveitamento dos nutrientes. A versão 6 kg/t de Númia Postura Vitalis inclui, em sua composição, fosfato como fonte de fósforo, nutriente também essencial para a formação da casca do ovo, assim como peso, espessura, densidade e resistência.

ARTIGOS RELACIONADOS

Cebola precoce: Plantio oferece maior rentabilidade

A cebola é uma hortaliça fortemente influenciada por fatores ambientais que condicionam a adaptação de uma cultivar a determinadas regiões geográficas.

Panorama da produção de uvas de mesa no Brasil

A videira (Vitis sp.) é considerada uma das principais frutíferas do mundo com base ...

Brasil deve se manter como grande exportador de commodities

A produção e a exportação de commodities deve seguir aumentando no próximo ano. Nesse cenário, o Brasil seguirá como um grande exportador de commodities...

Valor da Produção Agropecuária deste ano é atualizado para R$ 806,6 bilhões

Com valores reajustados em setembro, as lavouras alcançaram R$ 543 bilhões e a pecuária, R$ 263,6 bilhões ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!