26.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 24, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesBactérias inteligentes são indispensáveis na agricultura regenerativa

Bactérias inteligentes são indispensáveis na agricultura regenerativa

O uso das bactérias incrementa a atividade biológica do solo, melhorando sua qualidade agronômica.

Nos últimos anos, em grande parte do território nacional, o modelo de produção agrícola é marcado pelo binômio soja-milho ou soja-trigo. Diversos estudos demonstram que estes sistemas de produção a cada safra promovem baixa diversidade biológica ao solo e consequentemente impactam na diminuição de produtividade por área, portanto, mais do que nunca é preciso pensar em alternativas para a situação não se agravar.  

Entre as soluções disponíveis no mercado para a classe produtora está o Smartgran, um condicionador biológico de solo, altamente focado na agricultura regenerativa. O produto possui a tecnologia exclusiva Smartbac, as bactérias inteligentes da Superbac, empresa pioneira no mercado brasileiro de soluções em biotecnologia. Trata-se de um composto orgânico de elevada qualidade, combinada a um blend sinérgico de bactérias que atuam no solo, incrementando sua atividade biológica e melhorando sua qualidade agronômica.

De acordo com Edner Betioli Junior, Engenheiro Agrônomo, Doutor em Solos e Nutrição de Plantas e Gerente de PDI Agro na empresa, entre os diferenciais da solução podem se destacar o maior arranque das culturas, maior enraizamento, maior tolerância a estresses hídricos e lavouras mais sadias e produtivas. “Estes são os exemplos frequentemente reportados por agricultores que utilizam o Smartgran”, diz.

Reprodução: Smartgran

Com as bactérias inteligentes, o agricultor tem a garantia da saúde do solo com a maior atividade das enzimas Arilsulfatase e Betaglicosidase, envolvidas no ciclo do enxofre e do carbono. “Além de ser uma ferramenta importante no aumento da diversidade biológica do solo, o Smartgran ainda confere o diferencial da maior eficiência na absorção de nutrientes, que resulta em aumento de produtividade das culturas e estabilidade do sistema produtivo”, reforça o doutor.

Outro destaque da tecnologia é sua contribuição para aumentar a produtividade em uma mesma área mediante a inserção de matéria orgânica no processo de adubação e do aumento da diversidade de espécies de microrganismos benéficos ao solo/planta.

Somado a todos esses benefícios, há um outro que não podemos deixar de citar: a redução do uso de produtos químicos. A matéria orgânica presente no Smartgran é fonte de alimento para a biota do solo e seu processo de decomposição libera substâncias altamente capazes de promover melhorias fisiológicas às plantas, como é o caso dos ácidos húmicos e dos ácidos fúlvicos. De forma análoga, as bactérias inteligentes também promovem o aumento da atividade microbiana, resultando na maior produção de uma série de enzimas importantes para o processo de disponibilização e aporte de nutrientes. “Isso gera menor dependência de altas doses de fertilizantes de fontes minerais”, enfatiza o doutor.

Resultado comprovado

Um dos pontos fundamentais da agricultura regenerativa é a atividade enzimática no solo. Essas enzimas participam das reações metabólicas intercelulares, responsáveis pelo funcionamento e pela manutenção dos seres vivos, e também desempenham papel fundamental ao atuar como catalisadoras de várias reações que resultam na decomposição de resíduos orgânicos, ciclagem de nutrientes, formação da matéria orgânica e da estrutura em si da terra.

Experimentos feitos com o Smartgran comprovam o quanto a tecnologia se destaca no mercado. Quando foi avaliada a atividade enzimática da Arilsulfatase (principal enzima que participa do ciclo do enxofre), o condicionador biológico da Superbac superou em 46% o tratamento controle sem fertilizante, em 20% o fertilizante mineral e em 18% o fertilizante orgânico sem biotecnologia. “O produto comprova sua maior influência na atividade biológica do solo, que resulta em maior produtividade das culturas e estabilidade do sistema produtivo”, finaliza o engenheiro agrônomo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Convite para o Seminário de Agricultura Regenerativa

Alberto Portugal destaca o evento que acontece em Rio Paranaíba, nos dias 29 e 30 de novembro.

Agricultura regenerativa e Teia Alimentar do Solo

A nova onda de revolução da agricultura vem sendo liderada pelas ações da agricultura regenerativa, que incorpora uma variada gama de ações, incluindo restruturação do solo através da recuperação da teia alimentar do solo.

Mixes de plantas de cobertura para agricultura regenerativa

Os mixes de plantas de cobertura são a receita perfeita para a agricultura regenerativa, promovendo saúde do solo, biodiversidade e sustentabilidade.

Agricultura regenerativa dentro de um novo modelo de negócio

A agricultura regenerativa é um dos pilares de modelos de negócios com base na bioeconomia. Veja todos os detalhes na matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!