27.6 C
Uberlândia
segunda-feira, abril 22, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosSistema Caramuru: benefícios para a lavoura de feijão

Sistema Caramuru: benefícios para a lavoura de feijão

Reduza em até 100% o uso de inseticidas químicos convencionais e preserve a saúde do meio ambiente e dos produtores. Descubra como o óleo de neem e o Protect Sil podem proteger a lavoura de pragas e aumentar a imunidade da planta.

Emerson Castro
Diretor comercial – Nim Brasil

A cultura do feijão pode ser protegida de pragas de forma sustentável com o uso da solução tecnológica da Nim Brasil. O óleo de neem, juntamente com o Protect Sil, é capaz de controlar pragas como a mosca-branca, lagartas, larvas minadoras, tripes, ácaros, pulgão, percevejos, entre outros, reduzindo a necessidade de inseticidas químicos convencionais em até 80 a 100%.

Além disso, a área tratada fica repleta de inimigos naturais, como joaninhas, percevejos reduviidae, tesourinhas, ácaros predadores, moscas e marimbondos, aumentando o número de polinizadores e preservando a vida do sistema.

Crédito: Nim Brasil

Para aumentar ainda mais a produtividade e ter precocidade!

No sistema Caramuru, o vegetal e o solo são tratados de forma especial, ou seja, desde o tratamento de sementes (Bioprotetor TS), visando o controle de nematoides e insetos da fase inicial. O sistema também contempla o enraizador Natural Húmics, para melhoria da fertilidade do solo, um condicionador de solos rico em ácidos húmicos e fúlvicos, matéria orgânica, para aumento da microbiota, disponibilizando fósforo retido no solo para a planta.

Já o controle de pragas é feito com óleo de neem Nim Brasil, com carência zero, juntamente com Protect Sil (produto à base de dióxido de silício em nanopartículas), aliado à nutrição foliar com 12 micro/macronutrientes dos fertilizantes foliares Fullgreen, com aditivos especiais.

Meio ambiente agradece

Crédito: Nim Brasil

O Sistema Caramuru reduz entre 80 e 100% o uso de inseticidas convencionais, sem afetar os insetos polinizadores e predadores naturais, e preserva a saúde dos produtores, consumidores e meio ambiente de forma sustentável.

O sistema aumenta a imunidade da planta, reduzindo o número de aplicações de fungicidas, aumentando o número de vagens por planta, vagens com mais grãos, grãos de ótima qualidade e cor, maior produtividade, indução de resistência da planta e sabor diferenciado.

O grande objetivo desse sistema é ter plantas mais vigorosas, alta sanidade da lavoura e com isso aumentar a imunidade da planta,  dessa forma  reduzindo também o número de aplicações de fungicidas, logo, entregando plantas mais saudáveis, menos suscetíveis a doenças, com um controle de pragas excepcional (menos vetores) para todas as culturas.

Benefícios do Sistema Caramuru para a cultura do feijão:

1 – Maior e melhor desenvolvimento radicular, com isso maior aproveitamento dos fertilizantes de solo;

2 – Disponibilização de fósforo, antes retido no solo;

3 – Melhor desenvolvimento vegetativo (precocidade);

4 – Planta com maior vigor e maior calibre desde a germinação;

5 – Maior número de vagens por planta;

6 – Vagens com maior número de grãos;

7 – Grãos de ótima qualidade/coloração e mais pesados;

8 – Aumento real da produtividade entre 5,0 e 30%;

9 – O sistema também propicia a indução de resistência da planta;

10 – Sabor diferenciado por não ter, ou ter bem menos inseticidas convencionais;

11 – Grande redução de custos para o produtor, com bem menos entradas na lavoura;

12 – Lavoura bem mais rentável para o produtor.

100% Brasil

A Nim Brasil Controle Biológico e Nutricional, uma empresa genuinamente brasileira, atua no mercado desde 2009. Tem como meta levar ao produtor rural, formas de manejar as culturas com o objetivo de produzir de forma mais sustentável, reduzindo o uso de agrotóxicos e melhorando a qualidade de vida do produtor e também, reduzindo custos, com o aumento da produtividade.

Além disso, visa produzir alimentos mais nutritivos e saudáveis para o consumidor final. O Sistema Caramuru é recomendado mediante análise da necessidade específica de cada cultura, tornando a lavoura bem mais rentável para o produtor.

Para conhecer melhor nosso trabalho, assista aos vídeos com depoimento de clientes satisfeitos em nosso site: www.nimbrasil.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Show Rural exibe portfólio de ponta das empresas DuPont Pioneer e DuPont Proteção de Cultivos

DuPont Proteção de Cultivos anuncia que obteve registro do inseticida Benevia® para controle da mosca-branca em diferentes culturas   Híbridos de milho com a tecnologia Leptra®...

Aminoácidos são essenciais à produção de feijão

Nilva Teresinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora do Curso de Engenharia Agronômica do Centro Regional Universitário de Espírito...

Aminoácidos reduzem fitotoxicidade dos defensivos

  Ademilson de Oliveira Alecrim Mestrando em Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) e membro do Grupo de estudos em Herbicidas, Plantas Daninhas e Alelopatia...

Consorciação de mogno com outras culturas pode diversificar lucro

Café, cacau, pimenta-do-reino, banana, coco, mamoeiro, manga, maracujá, milho, palmito pupunha e mandioca são exemplos de culturas que podem ser implantadas junto ao mogno africano. Essa modalidade de cultivo, que engloba mais de uma cultura, é conhecida como plantio consorciado, e é indicada para silvicultores e produtores rurais que buscam diversificar a receita de médio e longo prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!