28.8 C
Uberlândia
quinta-feira, julho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasBananicultura é opção para diversificar a agropecuária no leste de MG

Bananicultura é opção para diversificar a agropecuária no leste de MG

Divulgação

Um projeto voltado para o cultivo de banana busca viabilizar a diversificação da agropecuária no município de Conselheiro Pena, no Leste de Minas. Dezoito famílias são beneficiadas e, assim, têm a possibilidade de melhorar a sua renda familiar. As ações são coordenadas pela Emater-MG e desenvolvidas nas comunidades Itatiaia e São Roque.

Tudo começou em 2022, com a definição das famílias contempladas e a realização da primeira capacitação, pela equipe local da Emater-MG. Por meio do projeto, foram definidas as áreas de plantio, a implantação das lavouras e a instalação de equipamentos para irrigação. A assistência técnica prestada aos agricultores inclui, ainda, a aquisição de insumos e orientação na comercialização dos produtos.  

“O grande propósito é a diversificação da produção e aumento da renda das famílias”, explica o coordenador técnico da regional da Emater-MG em Governador Valadares, Jader Murta. Segundo ele, o trabalho concilia a grande demanda pelo produto nos mercados local e regional e condições climáticas e hídricas favoráveis para uma produção de qualidade. O projeto conta com a parceria da Prefeitura de Conselheiro Pena e da Associação Comunitária do Itatiaia e São Roque. Os recursos para o projeto, no valor de R$375 mil, são do Ministério Público do Trabalho. A verba foi utilizada para a aquisição de 26 mil mudas de banana prata, adubo, equipamentos de irrigação tipo microaspersão, ferramentas e o pagamento de serviços de máquina agrícola. Além da assistência técnica da Emater-MG, os agricultores também contam com apoio de técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Divulgação

 “A previsão é de conclusão do plantio até final de fevereiro e a colheita para início do próximo ano”, afirma o extensionista da empresa em Conselheiro Pena, Lucas Costa. Por meio do projeto são cultivados 15 hectares, que inclui a participação de jovens rurais. 

“Este projeto chegou numa boa hora, quando nós, produtores, estávamos buscando uma alternativa para diversificar a nossa renda, mas, sem capital para investimento, tudo fica difícil”, explica o produtor Ronei de Souza.

ARTIGOS RELACIONADOS

Potássio: Elemento essencial para bananas de qualidade

A bananeira é muito exigente em nutrientes, sendo o potássio (K) o elemento mais requerido pela cultura.

Cafeicultora de Minas Gerais é finalista em concurso internacional

A jovem Bruna Carolina da Silva, 22 anos, da Comunidade do Baú, em Fervedouro, Zona da Mata mineira, se classificou em segundo lugar no Premio a La Innovación Juvenil Rural de América Latina y el Caribe (Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe), anunciado no último dia 10.

Seminário sobre crise climática tem encontro regional em Uberlândia

Evento da ALMG tem inscrições online abertas até 14/6; objetivo é buscar soluções para convivência com fenômenos climáticos extremos.

Agricultor de Minas Gerais aumenta produção de café arábica

Agricultor eleva produção com estratégias que incluem o uso de fertilizantes de qualidade, controle de doenças de solo e métodos orgânicos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!