12.6 C
Uberlândia
quarta-feira, maio 29, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasCafeicultores se destacam no mercado competitivo com sustentabilidade e valor agregado

Cafeicultores se destacam no mercado competitivo com sustentabilidade e valor agregado

Pesquisa do Sebrae mostra que um terço dos produtores plantam cafés orgânicos e 27% investem em produto com Indicação Geográfica

Crédito iStock

O Brasil lidera a produção mundial e é o segundo maior mercado consumidor de café. Nesse cenário competitivo, tem crescido entre os cafeicultores o interesse pela oferta de artigos diferenciados, certificados e de alto valor agregado. Uma pesquisa feita pelo Sebrae revela que 1/3 dos cafeicultores trabalha com produtos orgânicos (parcial ou integralmente), 27% já atuam no cultivo de cafés com Indicação Geográfica (IG) e 60% contam com algum tipo de certificação. Comemorado em 14 de abril, o Dia Mundial do Café mostra que os pequenos produtores têm boas razões para comemorar.

Atualmente, o Brasil exporta cerca de 10 milhões de sacas de cafés especiais por ano e o potencial de produção nas regiões já demarcadas e reconhecidas como Indicação Geográfica é de cerca de 38 milhões de sacas anuais. A maior parte dos produtores de cafés especiais se concentra nos estados de Minas Gerais e São Paulo. O levantamento do Sebrae indica ainda que mais de 80% dos produtores gostariam de colocar em prática uma política de créditos de carbono e quase 70% têm o desejo de trabalhar com cafés agroecológicos.

“Esses números mostram que o produtor brasileiro está atento à necessidade de oferecer um produto sustentável e cada vez mais diferenciado no mercado nacional e internacional. O cafeicultor demonstra grande abertura para implementar práticas como o plantio agroecológico ou a política de créditos de carbono. Além disso, ele está usando intensamente as novas tecnologias digitais na divulgação do seu produto”, comenta Bruno Quick, diretor-técnico do Sebrae Nacional.

A instituição tem atuado junto às pequenas propriedades, contribuindo para que elas possam ser cada vez mais reconhecidas pela qualidade e sustentabilidade dos seus produtos, lembra Bruno Quick. “Os cafés brasileiros diferenciados e certificados precisam ser mais valorizados no mercado interno e externo. O produtor está cada vez mais interessado em agregar valor ao produto. Já é realidade, várias marcas estão à venda em cafeterias, empórios, micro torrefações, supermercados”, argumenta.

Para a analista de Competitividade do Sebrae Carmem Sousa, o consumidor final é exigente e hoje já tem acesso a produtos de qualidade e com práticas sustentáveis, proporcionando acesso a experiências únicas. “Esse processo de inovação tem sido valorizado no mercado e a própria indústria tem se posicionado de forma diferente, com seus programas de qualidade, embalagens e linhas diferenciadas”, destaca.

Perfil do Produtor de café

A pesquisa do Sebrae apontou que o perfil do produtor brasileiro é predominantemente branco (74%), do sexo masculino (65%), com idade acima dos 36 anos (63%) e com – no mínimo – uma graduação de nível superior (65%).

O estudo também mostra que a atividade de produtor de café é transmitida de uma geração à outra. Apenas 25% dos entrevistados não têm pais e outros antepassados envolvidos na cafeicultura. Para a grande maioria (75%) representa pelo menos a 2ª geração envolvida no negócio, sendo que 9% já estão na quinta geração de produtores.

Uso de Tecnologia Os produtores de café são intensivos no uso de novas tecnologias digitais para a promoção do negócio. De acordo com o levantamento, cerca de 86% dos cafeicultores apontam ferramentas como Whatsapp, Instagram, Facebook, Youtube, Tik Tok e sites próprios como principais canais de divulgação dos seus produtos. Apenas 14% dão prioridade às feiras e eventos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Fundação MT em Campo  – Sempre ao lado do produtor rural

Pelo quarto ano consecutivo, evento da Fundação MT cumpre com a difusão de informações   A Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação...

Mercado de cafés especiais fortalecido e grandes negócios iniciados

Evento realizado em Belo Horizonte reuniu os principais atores do setor cafeeiro do Brasil e do mundo Três dias de conexões, aprendizados, atualizações, conversas em meio a 80...

Uniparts – Confiança é tudo

Júlio César Pereira Júnior é sócio-gestor da fazenda Pombo, em Uberlândia e Estrela do Sul (MG), onde são plantados soja, milho, café, feijão e...

Biotecnologia e sustentabilidade são ingredientes-chave de café 

“Acreditamos em um futuro onde a sustentabilidade deixará de ser obrigação para ser uma realidade”. Com essa convicção, em 2015 a família do produtor...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!