19.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 20, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioTecnologiaCampeão de concurso de produtividade alcança 248 sacas de milho por hectare...

Campeão de concurso de produtividade alcança 248 sacas de milho por hectare ao investir em manejo sustentável

Produtor de Nova Ubiratã (MT) foi destaque no Getap 2022 Safra Inverno com soluções Bayer.

Crédito Bayer

Para elevar a produtividade com sustentabilidade, o manejo do solo é um importante aliado. Cristian Dalben, produtor de Nova Ubiratã (MT), que o diga. O produtor conquistou o primeiro lugar no Concurso de Produtividade Elevada no Campo — Safra de Inverno, organizado pelo Grupo Tático de Aumento de Produtividade (Getap). Em 2,2 hectares de sua fazenda, Dalben atingiu uma produtividade média de 247,88 sacas por hectare na safra 2021/2022, enquanto a média do estado é 102 sc/ha segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

O cuidado intensivo com o solo se intensificou quando o produtor aderiu ao programa PRO Carbono da Bayer, em 2022. A iniciativa visa ampliar a produtividade no campo e o sequestro de carbono no solo, por meio da intensificação de práticas conservacionistas, reduzindo a pegada de carbono na plantação.

De acordo com o produtor, faz toda a diferença destinar recursos para a nutrição do solo, para o cultivo de plantas de cobertura e para outras medidas que melhoram a qualidade da superfície da plantação. “O talhão que inscrevemos nesse concurso e que também é parte do PRO Carbono era o pior da fazenda e hoje ele é um dos melhores. Há cerca de 6 anos começamos a fazer um manejo diferenciado, nessa e em outras áreas, com braquiária, gessagem e subsolagem. Investimos e muito na parte biológica do solo e, hoje, vemos o reflexo desse esforço nos resultados”, reforça Dalben.

Além do manejo sustentável do solo, Dalben também selecionou um híbrido da marca Dekalb, o DKB360 PRO3, e fez uso da plataforma de agricultura digital da companhia, a Climate FieldView, para fazer uma análise mais delicada do solo e manejar adequadamente talhão por talhão.

“Não é apenas um fator que nos possibilitou alcançar uma produtividade elevada em área de sequeiro, mas sim uma combinação dessas medidas, superando inclusive áreas irrigadas do concurso”, reforça o produtor. Maior potencial produtivo nos ambientes com produção, estabilidade de produção e ciclo precoce foram algumas das características que levaram Dalben a optar pelo híbrido de milho da Bayer, que possibilitou que o produtor se destacasse no concurso. Ele e outros 69 dos 91 participantes fizeram uso de híbridos da companhia.

Entre as soluções de proteção de cultivos que Dalben utilizou no manejo, estão também soluções da Bayer como os inseticidas Curbix e Connect, além do fungicida Fox Xpro. “Mesmo com muita chuva durante o plantio, não fomos prejudicados. Isso se deve aos inúmeros cuidados de manejo que tivemos antes e durante a safra”, destaca.

Ano após ano, a Bayer desenvolve soluções que auxiliam os produtores a lidar com os problemas da agricultura, sejam eles relacionados a intempéries climáticas, doenças, pragas ou plantas daninhas, como explica Rodrigo Nuernberg, diretor de Negócios de Milho da Bayer no Brasil.

“Os resultados obtidos por Dalben e por outros participantes que utilizaram híbridos e biotecnologia Bayer nos deixaram muito felizes. Nos comprometemos a desenvolver soluções que correspondam às necessidades dos produtores, atrelando inovação, sustentabilidade, produtividade e rentabilidade, e esses resultados comprovam e recompensam esse esforço”, comenta Nuernberg.

Um dos lançamentos da Bayer na safra 2021/22 para ajudar os produtores a obterem resultados ainda mais surpreendentes foi a biotecnologia VTPRO4, que possui alto potencial produtivo ao combinar três mecanismos de ação acima do solo, que cuidam da planta e da espiga de milho, e dois mecanismos de ação que protegem a raiz da planta, resultando em proteção máxima contra as principais lagartas-alvo.

Para o executivo, o investimento contínuo em pesquisa e desenvolvimento possibilita bons resultados aos agricultores brasileiros. “Anualmente, a Bayer investe cerca de 2 bilhões de euros em pesquisa e desenvolvimento com o objetivo de oferecer aos produtores soluções integradas que possibilitem produzir mais em um mesmo hectare.”

Fórum Getap Inverno 2022

Durante o processo de avaliação, auditores visitaram os produtores e, em seguida, um corpo técnico avaliou os dados coletados em campo para eleger os agricultores donos das áreas com maiores produtividades, afirma Anderson Galvão, curador do Getap Milho. “A premiação prestigia os agricultores que, mesmo em um ano com irregularidades climáticas, conseguiram alcançar níveis elevados de produtividade. Além disso, os resultados reforçam a importância de atrelar tecnologia, gestão, Manejo Integrado de Pragas e híbridos adaptados às condições específicas para cada propriedade rural”, finaliza Galvão.

ARTIGOS RELACIONADOS

Grunner recebe patente de invenção tecnológica

Solicitada pela empresa em 2018, a propriedade da patente de modelo de utilidade será da Grunner até 2033 em todo o Brasil.

El Niño impõe mudanças na estratégia de plantio de milho

Equipe da Stoller do Brasil aponta para atenção no momento da semeadura e cuidados em práticas preventivas que devem ser intensificadas.

Nutrição: Eficiência e produtividade do milho

O milho (Zea mays L.) é a cultura mais produzida no mundo, com produção mundial de 1,1 bilhão de toneladas. De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção brasileira de milho na safra 2020/21 terá projeção de 106 milhões de toneladas, em uma área de 18,7 milhões de hectares.

Custos da soja e do milho tem elevação de 50%

O custo de produção tanto para soja como para o milho, indicam elevação da ordem de 50% no

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!