21.6 C
Uberlândia
sábado, abril 13, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosCobre bioativo atua na nutrição e proteção das plantas

Cobre bioativo atua na nutrição e proteção das plantas

O cobre bioativo: nutrindo e protegendo as plantas com eficiência.

Fernanda Lourenço Dipple
Engenheira agrônoma, mestra em Ambiente e Sistemas de Produção e professora – Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
fernanda.dipple@unemat.br

Uma inovação no mercado é o cobre bioativo, que atua na nutrição e controle fitossanitário de patógenos, permitindo plantas mais sadias e produtivas. Esses produtos possibilitam uma excelente homogeneidade de calda, reduzindo problemas de decantação, entupimentos de bicos de pulverização, bem como incompatibilidade com outros produtos.

Foto: Depositphotos

O que é o cobre bioativo?

O cobre é um micronutriente. As plantas precisam de pouca quantidade dele para suprir as necessidades. Porém, sua falta causa prejuízos na parte nutricional, fisiológica e protetora das plantas.
A bioatividade possui classificação ampla, atuando de forma positiva sobre organismos vivos. No caso, a bioatividade do cobre seria a capacidade dos íons de Cu+ atuarem sobre a defesa vegetal e auxiliar na saúde da planta.

Ação na planta

O cobre bioativo pode atuar em processos fisiológicos, como a fotossíntese, metabolismo e distribuição de fotoassimilados, na ativação de enzimas, proteínas, que estão envolvidas no mecanismo de resistência das plantas e até na produtividade.
Uma delas é a polifenoloxidase, em que o cobre está presente no centro ativo. Nos grãos de café, sua presença é essencial para a qualidade da bebida.
São várias as funções desempenhadas pelo cobre bioativo nas plantas. Compostos multifuncionais podem ser utilizados para agregar características fisiológicas, protetoras e nutricionais. Dentre elas, alguns elementos químicos do Cobre possuem uma diversidade de utilidades, ainda mais associados a outros macro e micronutrientes.
Moléculas com cobre são utilizadas há décadas, a exemplo da calda bordalesa (sulfato de cobre mais cal hidratado). Essas misturas de compostos minerais possuem múltiplas ações, como fungicida, protetora, acaricida e nutricional. Porém, existem dificuldades de solubilidade e aplicação.

Controle fitossanitário

O cobre metálico não é biologicamente ativo, o que é biologicamente ativo são os íons de Cu++ que são ionizados dos produtos fungicidas cúpricos.
Um ponto importante é que o desempenho de um fungicida cúprico é determinado pelo nível de cobre bioativo disponível para as plantas, e não pelo nível de cobre metálico.
O cobre bioativo possui capacidade de fazer uma camada protetora na planta, a qual, em contato com os microrganismos, como fungos e seus esporos e micélios, possui ação multissítio, atuando sobre os tecidos fúngicos, desequilibrando o equilíbrio hídrico, a permeabilidade da parede celular e promovendo desordem metabólica generalizada.
Os fungicidas cúpricos são sais de cobre, e por isso são classificados como fungicidas inorgânicos. Alguns estudos sugerem que o cobre pode induzir as plantas a produzir compostos que inibem o crescimento de patógenos e pragas, o que reduz a necessidade de pesticidas e outros produtos químicos no campo.

Fontes

Existem algumas fontes de fornecimento de cobre, porém, muitas empresas estão inovando e desenvolvendo produtos com cobre e outros macro e micronutrientes que podem auxiliar na nutrição das plantas e promover a saúde das mesmas.
Atualmente, temos três opções de sais de cobre registrados para uso em soja e uma opção em fase de registro, que são: oxicloreto de cobre – [Cu2Cl(OH)3], óxido cuproso – [Cu2O], hidróxido de cobre – [Cu(OH)2] e sulfato de cobre [CuSO4], em fase de registro, também pode ser usado para aumentar a resistência das plantas a pragas e doenças.

Fitossanidade

Uma forma de aumentar a resistência é na atuação do cobre no aumento da lignina, proporcionando o espessamento da parede celular e dificultando a penetração de patógenos nos tecidos das plantas.
Desta forma, os íons de cobre se acumulam, formando complexos com enzimas dos grupos sulfidrila, hidroxila ou carboxila, que são inativas, levando à desordem generalizada do metabolismo.
O cobre também é capaz de atuar diretamente sobre os fungos patogênicos, interferindo nas suas vias metabólicas, de forma a impedir o seu crescimento e reprodução. Por isso, o cobre também é amplamente utilizado como fungicida na agricultura, como uma das estratégias de controle para doenças de patógenos saprófitos de difícil controle, pela ação multissítio do cobre.

Benefícios do cobre bioativo na agricultura

O cobre bioativo possibilita diversos benefícios fisiológicos, nutricionais e no manejo de doenças. Assim, podem atuar aumentando a produtividade das plantas. Fontes e formulações mais solúveis e associadas com aminoácidos que neutralizam a bivalência positiva do elemento facilitam a absorção pela planta.
Estudos comprovam que o uso de compostos com íons de cobre atua incrementando a produção, quando há associação do uso de fungicidas com a aplicação de fertilizante cúprico. Assim, é mais bem aproveitado por possuir grande parte do cobre presente em sua composição na forma bioativa, sendo mais efetivo, pois confere maior mobilidade ao elemento no interior da folha, atuando diretamente onde há maior demanda.

Aplicação

Em sua maioria, os processos de absorção pelas plantas ocorrem com maior eficiência pelo sistema radicular. Porém, existem diversos produtos no mercado em que as formulações com cobre bioativo podem ser absorvidas tanto pelas raízes como pelas folhas.
Como a maior parte do cobre disponível para as plantas vem do solo, onde tende a ser depositado ao longo do tempo após sucessivas aplicações foliares, as raízes podem acumular níveis excessivos, não revelados pela análise foliar.
Vale ressaltar que o aumento na quantidade de cobre pode resultar em risco de fitotoxidade à planta.

Sustentabilidade

Atualmente, não existem registros de riscos ao ambiente ou às pessoas pelo uso de cobre bioativo nas plantas. Pelo contrário, o uso de moléculas multissítios e a redução de uso de agrotóxicos promove mais segurança alimentar.
Assim, os cobres bioativos têm baixo impacto ambiental e permitem uma menor exposição do colaborador que o manuseia. Isso acontece por se tratar de uma fonte de cobre menos agressiva e por ser aplicado em baixa dosagem, comparado aos produtos mais antigos à base de cobre que tinham baixa solubilidade, eram misturados na propriedade e poderiam causar riscos de inalação e problemas na aplicação.


Opções

Existem diversos produtos sendo comercializados como fonte de Cu e outros compostos associados para aplicação foliar com ação de fertilizante, e alguns com ação de fungicidas. Porém, com a descrição de produtos como cobre bioativo há poucas opções no mercado.

ARTIGOS RELACIONADOS

Rigrantec – Foco em nutrição de ponta

  A Rigrantec optou, na Hortitec 2017, por dar foco à linha de nutrição, mesmo tendo diversas outras linhas dentro de seu portfólio. “Com isso...

Ácidos húmicos – Mais desenvolvimento das raízes da melancia

A melancia é uma cucurbitácea anual, de crescimento rasteiro, com várias ramificações que alcançam até 5,0 m de comprimento. É cultivada em vários países do mundo, com uma produção total de, aproximadamente, 23 milhões de toneladas de fruto. Clima ameno a quente, de dias longos e de baixa umidade relativa do ar favorecem o desenvolvimento da cultura e a qualidade dos seus frutos. Desenvolve-se melhor em solos de textura média, profundos, com boa drenagem interna e boa disponibilidade de nutrientes. Deve-se evitar solos pesados.

Tratamento de semente com fitohormônios – Que vantagens há?

Fitohormônios vegetais são substâncias naturais ou sintéticas que, quando aplicadas em plantas, geram mudanças metabólicas nas suas células e alteram processos vitais e estruturais....

Concentração adequada de cálcio na nutrição das aves

A grande variabilidade na qualidade das fontes de cálcio tem feito com que aspectos como a desuniformidade das frangas, assim como a qualidade da casca dos ovos continuam sendo não só problemas técnicos, mas também econômicos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!