24.6 C
Uberlândia
segunda-feira, junho 17, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosConab libera venda de milho para produtores rurais de pequeno porte do...

Conab libera venda de milho para produtores rurais de pequeno porte do Nordeste

O senador Cidinho Santos participou do anúncio oficial da liberação da venda de milho dos estoques governamentais para produtores rurais de pequeno porte da região Nordeste na manhã desta quarta-feira, 15. A cerimônia no Palácio do Planalto contou com a presença do presidente Michel Temer, dos ministros da Agricultura, Blairo Maggi, e da Fazenda, Henrique Meirelles, o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Marcelo Bezerra, o presidente do Senado, Euní­cio Oliveira, parlamentares e representantes do agronegócio.

Atingida pela seca, a região Nordeste sofre com o desabastecimento de milho para a criação aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos. A intenção inicial era disponibilizar 140 mil toneladas de milho dos estoques públicos, mas o presidente Michel Temer anunciou a autorização para mais 60 mil toneladas, totalizando 200 mil para o Nordeste e a liberação de outras 50 mil toneladas para o restante do país. A previsão da Conab é encerrar 2017 com 15 milhões de toneladas de milho em estoque.

“No Mato Grosso, a Conab tem à disposição 500 mil toneladas de milho e desse volume serão retiradas 200 mil toneladas para atender o Nordeste. A excelente produção do nosso Estado vai ajudar a minorar os efeitos da seca e terá um impacto importante nossa economia“, comemorou o senador Cidinho.

Temer afirmou que o Governo Federal está ao lado dos mais pobres e que a intenção é oferecer subsídio sem excesso de burocracia. O presidente ainda citou outros avanços que estão em discussão com o Congresso Nacional, como as reformas do ensino médio, a trabalhista e a da Previdência. “Estamos preparando o país para o futuro“, disse.

Em 2016, o programa Vendas em Balcão da Conab atendeu 25,3 mil pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte de todo o Brasil com mais de 165 mil toneladas de milho. No Nordeste, foram vendidas 91,2 mil toneladas para 15,5 mil pequenos criadores e agroindústrias.

Como participar

Os interessados em participar do programa precisam se registrar previamente no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, disponível no site da Conab. O produtor precisa também se dirigir a uma unidade da Conab levando cópia do RG e do CPF, além de comprovantes de identificação, de endereço, de qualificação de suas atividades e de escala de produção/consumo.

Para os criadores de bovinos, é necessária também a apresentação de comprovante de vacinação do rebanho contra a febre aftosa. São aceitos documentos de outros órgãos de extensão rural ou das entidades de classe. A Conab informa que o pagamento do produto é realizado à vista, via Guia de Recolhimento da União (GRU).

Com informações da Agência Brasil

ARTIGOS RELACIONADOS

Estudo constata que Japão é o maior usuário de defensivo agrícola

Ao contrário de diversas notícias informando que o Brasil é o maior consumidor de defensivo agrícola, um recente estudo feito pela Unesp de Botucatu, baseado em dados...

Micronutrientes em cana-de-açúcar – Benefícios da aplicação

Thiago Cardoso de Oliveira thiagocardoso@agronomo.eng.br Marco Antônio Pereira Ávila Engenheiros agrônomos, mestrandos em Energia Nuclear na Agricultura e Ambiente pelo CENA/USP - Lab. de Fertilidade do Solo Eduarda...

Erros comuns na pulverização da batata

  Douglas José Marques Professor de Olericultura e Melhoramento Vegetal da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS douglas.marques@unifenas.br Hudson Carvalho Bianchini Professor de Fertilidade do Solo...

Livro orienta sobre implantação do sistema Integração Lavoura, Pecuária e Floresta

  Coordenador técnico da Emater-MG é um dos autores da obra Um livro para auxiliar técnicos e agricultores sobre a implantação do sistema de Integração, Lavoura,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!