26.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 23, 2024
- Publicidade -
InícioPecuáriaAviculturaConcentração adequada de cálcio na nutrição das aves

Concentração adequada de cálcio na nutrição das aves

Mesmo sendo um assunto bastante debatido, ainda hoje a qualidade do cálcio tem afetado inúmeras granjas de postura ao redor do Brasil e do mundo. A grande variabilidade na qualidade das fontes de cálcio tem feito com que aspectos como a desuniformidade das frangas, assim como a qualidade da casca dos ovos continuam sendo não só problemas técnicos, mas também econômicos.

De acordo com a analista técnico comercial da Quimtia Brasil, uma das principais indústrias especializadas no desenvolvimento e na fabricação de insumos direcionados para nutrição animal, Francine Freitas, para suprir essa demanda e ajudar nesse processo uma alternativa viável e que vem mostrando resultados significativos é realizar a suplementação das aves com Pidolato de cálcio.

Segundo ela, trata-se de um sal extremamente solúvel que pode ser usado via água ou via ração e que, apesar da baixa concentração de Cálcio (13,5%), tem alta biodisponibilidade, o que acaba auxiliando na liberação de mais cálcio ionizado disponível para absorção intestinal e na transferência de mais cálcio para o sangue, o que acarreta em uma maior capacidade de deposição e mobilização óssea.

“A sua utilização [do pidolato de cálcio] tanto na fase de recria quanto na de pré postura, resulta em um melhor desenvolvimento do esqueleto e em uma melhor uniformidade das frangas, o que por consequência promove uma melhor entrada em postura, um retardo nos problemas de casca e uma menor incidência de problemas de patas das galinhas em gaiolas”, ressalta a especialista.

Qualidade do ovo pode ser beneficiada

Ainda de acordo com a analista técnico comercial, para que o produto seja eficaz também nos ovos [principalmente em se tratando da casca], o uso do Pidolato de Cálcio, que é precursor do aminoácido prolina, um dos principais constituintes do colágeno, deve ocorrer próximo das 60 semanas de vida da ave. Para ela, é nesse momento da produção que eles [os ovos] tendem a perder a qualidade em suas cascas. “Para os ovos, essa é uma combinação perfeita, pois o cálcio ajuda a endurecer e o colágeno exerce a função de dar mais elasticidade, ou seja, duas características essenciais que ajudam a aumentar, inclusive, o volume de ovos”, finaliza Francine.

ARTIGOS RELACIONADOS

Silício proporciona alongamento da fibra do algodão

  Giovani Belutti Voltolini Graduando em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) e coordenador Geral do Grupo de Estudos em Herbicidas, Plantas Daninhas e Alelopatia...

Organominerais + ácidos húmicos + algas otimizam enraizamento do tomate

Bruno Nicchio bruno_nicchio@hotmail.com Daniel Lucas Magalhães Machado danielmagalhaes_agro@yahoo.com.br Engenheiros agrônomos e doutorandos em Fitotecnia - ICIAG-UFU Ernane Miranda Lemes Engenheiro agrônomo, fitopatologista e doutor em Fitotecnia ernanelemes@yahoo.com.br   É crescente a demanda por...

Fosfito tem ação fungistática no feijoeiro

Douglas José Marques Professor de Olericultura e Melhoramento Vegetal da Universidade José do Rosário Vellano(UNIFENAS) douglas.marques@unifenas.br O fosfito, quando aplicado às plantas, é absorvido rapidamente por meio...

Como preparar-se para o cultivo de abacate

Mariana Freire Alberti Mestranda PPG Fitotecnia " ESALQ/USP mariana.falberti@gmail.com Edypol Guilherme Baptista Mestre em Fitotecnia " ESALQ/USP   Para a maioria das espécies frutíferas, a aquisição ou preparo...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!