18.1 C
São Paulo
segunda-feira, agosto 8, 2022
-Publicidade-
Inicio Destaques Crambe possui boa tolerância a variações climáticas

Crambe possui boa tolerância a variações climáticas

Fabio VanzeiDiretor agronômico da Agro Novas

Crambe – Foto: Fabio Vanzei

No início das pesquisas, durante os anos 90, eram analisadas as vantagens do crambe (Crambe abssynica Hoechst) como planta forrageira para a rotação de culturas e cobertura de solos no inverno.

Porém, mais que uma opção para a safrinha na região dos cerrados, seu uso mostrou um potencial muito maior, quando então foi descoberta pelos produtores: obtém um ótimo controle de nematoides (Pratylenchus brachyurus, Rotylenchulus sp. e Heterodera glycines), descompactação do solo pelo sistema radicular e a ciclagem de nutrientes; e a ótima capacidade de produção de óleo vegetal de seus grãos. O grão, ainda pouco conhecido por aqui, é mais uma matéria-prima para a geração de biodiesel.

A cultura do crambe apresenta produtividade que pode variar de 1.000 a 1.500 quilos por hectare do grão e os valores estão em torno de R$ 1,50 por quilo do grão. O óleo corresponde de 36% a 38%.

Origem

Originário da Etiópia, país africano de clima quente e seco, e domesticado na Europa, na região do Mediterrâneo, o crambe pertence à família das crucíferas, a mesma da colza e da canola. Como tem um ciclo médio de 90 dias, é indicado como excelente alternativa para a safrinha, em especial para produtores de soja e de milho, no sistema de rotação de culturas.

A produção rápida, a rusticidade da cultura, a fácil adaptação do plantio e o custo baixo da atividade, que não exige novas máquinas e equipamentos, são benefícios marcantes.


Sistemas de produção

Solo: bem corrigido quanto à acidez e de boa fertilidade.

Clima: Pouco exigente em água, tolerante a geadas.

Colheita: 90 a 100 dias após a germinação.

Custo de produção: R$ 500,00/ha.


Plantio

As sementes para o cultivo podem ser adquiridas pela empresa Agro Novas Energia, com sede em Goiânia (62) 99655-5616, que realiza também toda a compra da produção de grãos e assistência técnica. Para cada hectare, a demanda é de 15 kg de sementes.

O plantio do crambe é indicado após a soja – safrinha (fevereiro a abril), o solo para o cultivo deve ser corrigido e ter boa fertilidade, tornando assim um fator mais importante do que a adubação de plantio.

Espaçamento

O espaçamento recomentado para o plantio varia de 17 a 45 cm. Quanto menor o espaçamento, mais competitivo torna-se o cambre em relação às plantas invasoras (não há herbicidas seletivos para plantas invasoras de folha larga).

A planta é pouco atacada por pragas, devido à presença do glucosinolato, uma substância tóxica presente nas folhas e hastes, que é repelente e tem um caráter até inseticida em algumas espécies.

Ambiente

No período de implantação do crambe, e necessário ter uma boa umidade do solo, e após o seu estabelecimento o crambe é tolerante ao clima seco e também a baixas temperaturas e geadas.

Após 35 dias de emergência, a planta já dá início ao florescimento. Quando está madura e em ponto de colheita, a cultura apresenta uma coloração marrom-clara. Devido à facilidade e à praticidade, a colheita é mecanizada. O crambe tem um porte 90 a 150 cm de altura e apresenta maturação uniforme.

Inicio Destaques Crambe possui boa tolerância a variações climáticas