23.3 C
São Paulo
quinta-feira, julho 7, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Eventos Cultivar de trigo se destaca por alto rendimento e resistência à seca

Cultivar de trigo se destaca por alto rendimento e resistência à seca

O material, de ciclo superprecoce, será apresentado no Show Rural 2022

Biotrigo promove três importantes lançamentos no Show Rural 2022. CRÉDITOS FOTO: Divulgação Biotrigo/Diogo Zanatta

A safra de 2021/22 apresentou resultados marcantes para o Brasil. Nela, o país registrou a maior produção de trigo de sua história, com 7,7 milhões de toneladas do cereal. Mas, apesar dos números crescentes na cultura, a safra apresentou desafios aos produtores, com a falta de chuvas como o principal deles. “Algumas regiões do Paraná, por exemplo, chegaram a mais de 50 dias de seca, fator que comprometeu o rendimento”, elucida o gerente comercial norte da Biotrigo Genética, Bruno Alves. E a escassez hídrica não se resumiu apenas ao trigo. Nas regiões central e oeste do estado, a atual safra de verão também sofre relevantes prejuízos. Nesse cenário, o planejamento da próxima safra de inverno ganha ainda mais importância. “O agricultor teve sua rentabilidade da safra de verão comprometida. Com isso, a safra de inverno torna-se estratégica como fonte de renda neste ciclo”, comenta.

A escolha da cultivar que mais se encaixa às demandas na propriedade também faz parte desse planejamento. Na 34ª edição do Show Rural Coopavel, os produtores poderão conferir diferentes tecnologias para agregar maior eficiência na propriedade. Uma delas é o TBIO Calibre, disponível na safra 2022 para campos de multiplicação. A cultivar de trigo tem ciclo superprecoce, apresenta alto potencial produtivo e ótima reação à escassez hídrica. “Tivemos um período de seca na safra de 2021, que coincidiu com a fase de enchimento de grãos da cultivar. Mesmo passando por essa intempérie, o material conseguiu bom enchimento de grão e nos trouxe, diante desse cenário, uma excelente produtividade”, relata o responsável técnico pela produção de sementes da Sementes Vedovati, Sérgio Granado. Para ele, TBIO Calibre possui diversas vantagens quando comparado a outros materiais de mesmo ciclo. “A cultivar apresentou características agronômicas muito interessantes, como um rápido desenvolvimento inicial, uma boa arquitetura de planta e um tipo de folha e coloração que chama a atenção aos olhos dos produtores”, conta.

            De acordo com Bruno, o ciclo superprecoce “permite a realização de um escalonamento de semeadura e colheita junto a outras ferramentas, sem abrir mão da alta produtividade”, indica. O alto rendimento se traduz em maior rentabilidade – e isso também é proporcionado pelo pacote fitossanitário de TBIO Calibre, que apresenta uma boa tolerância ao complexo de manchas e a melhor reação a oídio entre os trigos precoces e superprecoces do portfólio TBIO. “A cultivar também possui alto nível de resistência à brusone, fator reconhecido em nosso portfólio”, aponta Bruno. E por falar em alto rendimento, Granado afirma: “Podemos dizer que o Calibre provou que ciclos superprecoces também podem ter alto rendimento e sanidade”. A cultivar estará disponível aos produtores a partir de 2023.

Mais estabilidade produtiva

            Outra novidade na feira não se trata de uma cultivar, e sim de uma mistura entre dois materiais. A tecnologia, voltada para a produção de grãos, é utilizada em países como Estados Unidos e Itália e chega pela primeira vez ao Brasil, através da linha XBIO. O primeiro produto da linha é o XBIO Fusão, uma mistura entre TBIO Sagaz e TBIO Audaz. As cultivares, quando unidas no mix, prometem elevar ainda mais a qualidade industrial já comprovada de Audaz, assim como trazer maior estabilidade produtiva aos produtores.

            A estabilidade na produção é, inclusive, o principal benefício proporcionado por mixes de cultivares. Conforme o gerente comercial da Biotrigo para a América Latina, Fernando Michel Wagner, essa estabilidade gera mais segurança para o produtor. “As regiões que semeiam trigo possuem uma variabilidade climática grande quando comparamos uma safra com a outra. Trazer estabilidade de cultivo significa que o conjunto estará mais preparado para essa realidade das regiões tritícolas brasileiras”, destaca Fernando. Outra vantagem de XBIO Fusão é a melhora de características importantes para a indústria moageira, a principal delas sendo a cor da farinha, ainda mais clara. Além desses fatores, o mix apresenta considerável melhora no campo, com incremento no nível de resistência ao oídio, giberela e manchas foliares. XBIO Fusão estará disponível aos produtores nas regiões de adaptação de TBIO Audaz a partir de 2023.

Qualidade distinta

            Para compor o Projeto Trigos Especiais, a Biotrigo Genética apresenta TBIO Blanc, cultivar que alia uma alta força de glúten à uma coloração mais clara na farinha, características desejadas por moinhos e indústria. “Blanc representa a sucessão de TBIO Noble para o projeto, oferecendo as mesmas características de qualidade industrial, mas com maior segurança e produtividade ao agricultor”, aponta o assistente comercial da Biotrigo para trigos especiais, Arthur Halmenschlager. Um dos principais ganhos de TBIO Blanc foi a evolução na resistência ao oídio, bem como à mancha amarela e brusone na espiga. O projeto é uma parceria entre a Biotrigo e a corretora Serra Grãos, de Vacaria (RS), e visa oferecer grãos com qualidade industrial superior ao mercado consumidor. “Com isso, o projeto busca gerar liquidez e remuneração distinta ao produtor no momento da comercialização”, explica Arthur. A cultivar será disponibilizada aos produtores a partir de 2023, para toda a região Sul, bem como para regiões de São Paulo.

Biotrigo no Show Rural

            Para receber os produtores, a Biotrigo contará com uma nova localização na feira, a Rua J, Lote 22.6 – mais próxima à parte central do evento. Conforme Bruno Alves, a retomada do contato presencial com os produtores, ainda mais em uma feira de grande expressão, é gratificante. “O contato direto ajuda muito a entender a avaliação do produtor sobrea safra passada e suas principais necessidades para este novo ciclo que se inicia”, destaca. A 34ª edição do Show Rural contará com a participação de 400 expositores, que estarão espalhados nos 720 mil metros quadrados do parque.

Data: 7 a 11 de fevereiro de 2022
Local: estande da Biotrigo – Rua J, Lote 22.6 – em frente à Nutriagro (Coopavel)
Horário: 8h às 18h
Pasta com arquivos

Inicio Eventos Cultivar de trigo se destaca por alto rendimento e resistência à seca