27.7 C
Uberlândia
segunda-feira, abril 22, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosDemanda por madeira de pinus vem crescendo

Demanda por madeira de pinus vem crescendo

A demanda por madeira de pinus está em constante crescimento, impulsionada pelas diversas aplicações industriais e pela busca por fontes renováveis de matéria-prima.

Rossana Cortelini da Rosa
Mestra em Engenharia Florestal e doutoranda em Ciências Florestais – Universidade de Brasília (UnB)
ro.cortelini@hotmail.com

Diego Lima Aguiar
Mestre em Recursos Florestais e professor substituto – Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA)
l.aguiardiego@gmail.com

Annie Karoline de Lima Cavalcante
Mestra em Recursos Florestais e doutoranda em Ciências Florestais – UnB
annie.karolinelima@gmail.com

A demanda por madeira de pinus tem aumentado nos últimos anos, principalmente por parte da indústria de celulose e papel. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), dos 294 milhões de hectares de florestas plantadas no mundo, 99% estão concentrados na América do Sul.

Crédito: Ana Maria Diniz

De acordo com os números do PEVS 2020 (Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura) divulgados pelo IBGE, a área de florestas plantadas no Brasil no ano de 2020 totalizou 9,6 milhões de hectares.

A produção de eucalipto ocupou cerca de 7,4 milhões de hectares e de pinus 1,9 milhões de hectares. A Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) informou que 36% desses plantios são destinados ao segmento de celulose e papel.

Importância da madeira de pinus

A madeira de pinus é essencial para a produção de papel e celulose. Suas características a tornam desejáveis para diversas aplicações na indústria. As fibras longas encontradas na madeira de pinus garantem excelente qualidade da polpa celulósica proveniente da espécie, alto rendimento da pasta celulósica, além de conferir maior durabilidade e resistência mecânica à tração e ao arrebentamento dos produtos de papel.

Além disso, a madeira de pinus é amplamente empregada na fabricação de papéis de escrita e impressão. A fibra longa, juntamente ao alto teor de celulose da madeira, garantem uma maior absorção de tinta, resultando em melhor qualidade de impressão.

Crescente demanda e produção

A demanda por madeira de pinus tem sido impulsionada pelo rápido crescimento da indústria de papel e celulose. De acordo com o Relatório Anual Ibá de 2022, o Brasil é o segundo maior produtor de celulose no mundo, com um aumento de 7,4% na produção em 2021, atingindo 22,5 milhões de toneladas.

A madeira de pinus representa uma parcela importante da matéria-prima utilizada pelo setor.

Segundo os dados do Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura, no ano de 2021 foram produzidos aproximadamente 15,7 milhões de metros cúbicos de madeira de pinus destinados à celulose e papel, o que representa cerca de 18% da produção total do segmento.

Implicações ambientais

O estabelecimento de plantios de pinus em grandes porções de terras apresenta implicações ambientais. No entanto, quando gerenciadas de forma sustentável, essas plantações podem interferir de forma positiva na conversão de áreas degradadas em florestas produtivas e contribuir no sequestro de carbono.

Além disso, a rápida taxa de crescimento das árvores de pinus permite um suprimento mais eficiente de madeira, garantindo uma fonte sustentável de matéria-prima para a indústria.

Desafios e oportunidades

O aumento da demanda por madeira de pinus representa desafios para o setor de celulose e papel. É necessário adotar práticas eficientes de manejo florestal para manter a qualidade e a produtividade das plantações.

Programas de melhoramento genético podem resultar em variedades de pinus mais produtivas e adaptáveis, aprimorando assim a qualidade da madeira. Além disso, o setor deve continuar investindo em avanços tecnológicos para otimizar o processamento da madeira e melhorar a qualidades dos produtos de celulose e papel.

A demanda por produtos sustentáveis e certificações ambientais apresenta oportunidades para o setor. A madeira de pinus, quando proveniente de plantios bem manejados, pode contribuir para os esforços do setor em atingir metas de sustentabilidade e satisfazer preferências dos consumidores por produtos ecologicamente corretos.

É importante, entretanto, que a indústria continue os esforços para melhorar ainda mais o desempenho ambiental do setor. Sendo assim, o aumento da demanda de pinus traz consigo desafios e oportunidades que, quando aliadas a práticas de manejo florestal e avanços tecnológicos, são fundamentais para garantir um suprimento constante de matéria-prima de alta qualidade.

A indústria de celulose e papel desempenha um papel vital na economia e, com estratégias adequadas, pode contribuir para um futuro próspero e sustentável.

ARTIGOS RELACIONADOS

Vantagens do gotejamento para o café

  Em tempos de escassez de água, a tecnologia empregada à irrigação tem se mostrado uma das alternativas mais eficientes   A irregularidade na distribuição das chuvas...

Panorama do abacate

O abacateiro tem sua importância econômica devido à composição nutricional da polpa e ....

Nova forma de condução da pimenta-do-reino

Luiz Augusto Lopes Serrano Pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical luiz.serrano@embrapa.br Inorbert de Melo Lima Pesquisador do Incaper - CRDR Centro Norte inorbert@incaper.es.gov.br Várias espécies do gênero Eucalyptus são...

Integração Lavoura-Pecuária-Floresta: 3ª revolução do agronegócio

  O Brasil tem 100 milhões de hectares de pastagens nativas e/ou degradadas para intensificar a produção de grãos, eucalipto e gado e, assim, cumprir...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!