22.6 C
Uberlândia
quinta-feira, abril 18, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesDescontrole orçamentário está para inflação, assim como trabalho está para geração de...

Descontrole orçamentário está para inflação, assim como trabalho está para geração de riqueza

A inflação é muito abordada em nosso cotidiano, entretanto, seu conceito nem sempre é utilizado da forma correta.

Pensando Estrategicamente por Antônio Carlos de Oliveira

Texto publicado originalmente no Diário de Uberlândia

Antônio Carlos de Oliveira/Reprodução

A inflação é muito abordada em nosso cotidiano, entretanto, seu conceito nem sempre é utilizado da forma correta. É muito comum a população não entender direito como funciona e para que serve a inflação, já que se trata de um assunto muito complexo. Entretanto, ela está presente em cada item adquirido, sejam eles bens ou serviços. Deste modo, destacamos o conceito de inflação do ponto de vista de muitos especialistas no assunto, os órgãos responsáveis pelo cálculo da inflação, o orçamento doméstico e sua importância como ferramenta de auxílio para controle de gastos. É relevante destacarmos o histórico do salário-mínimo no Brasil, ressaltando as suas variações no decorrer do tempo.

Existem muitos fatores que podem causar a inflação. Pode ser o aumento de preço de um item básico na economia – o petróleo e energia elétrica, por exemplo – que por sua vez contamina os demais preços de produtos derivados ou que dependam dessa matéria-prima, provocando assim uma alta generalizada nos demais bens e serviços. Podemos considerar também o excesso de consumo, pois os produtos tornam-se escassos pelo excesso de demanda, resultando em um aumento de seus preços interferindo no orçamento doméstico familiar.

O orçamento doméstico é uma forma de organizar as finanças domésticas objetivando criar reservas que possibilitem uma situação mais favorável ou até mesmo a aquisição de bens. 

Alguns autores afirmam que a palavra inflação tem origem na ideia de que o aumento dos preços tem como causa a emissão excessiva de papel moeda, deste modo, provoca uma redução no poder aquisitivo.

Atualmente existem alguns órgãos responsáveis pelo cálculo da inflação no Brasil – a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) e o Departamento Intersindical de Estudos Estatísticos e Socioeconômicos (Dieese). 

Vamos refletir: Com o descontrole da inflação e as taxas de juros elevadas, é necessário adequar o orçamento familiar e driblar as consequências para a melhoria da qualidade de vida de toda a família. Devido o salário-mínimo ser reajustado conforme a inflação, aumenta-se o poder de compra dos trabalhadores anualmente, alguns produtos causam impacto diretamente no orçamento, por isso é necessário acompanhar os aumentos nesses grupos específicos de bens e serviços. É necessário colocar tudo isso em prática, fazer um gerenciamento adequado para que se consiga administrar o dinheiro disponível. 

A inflação possui grande participação no orçamento doméstico, visto que o aumento contínuo e exagerado de preços afeta diretamente a saúde financeira familiar, sendo assim é necessário utilizar o orçamento para reajustar e programar as finanças novamente, em momentos de crise é propício a implementação da educação financeira que é processo educativo que permite o desenvolvimento dos valores e das competências necessárias para melhorar as decisões financeiras.

Existem diversas consequências de uma inflação alta ou descontrolada que atinge diretamente o bolso das famílias brasileiras. Com a inflação elevada, a moeda vai perdendo seu valor com o passar do tempo, os consumidores (trabalhadores) que não têm reajustes constantes, e não conseguem comprar os mesmos produtos com o mesmo valor usado anteriormente; os preços dos produtos sofrem reajustes constantes, causa a diminuição de investimentos no setor produtivo, aumenta as taxas de juros, aumenta o desemprego, todos esses itens atingem direta ou indiretamente o orçamento doméstico.

Pensando estrategicamente:   … já a geração de riqueza por um indivíduo pode acontecer em diversas esferas de sua vida: profissional, intelectual, espiritual e, principalmente, financeira. Neste último caso, a riqueza é criada com o aumento na disponibilidade de recursos financeiros ao longo do tempo.

Apesar de parecer simples, a Geração de riqueza financeira não é tão fácil de acontecer. Todavia, conhecer as formas de desenvolver essa riqueza vale muito a pena, já que a abundância de recursos traz diversos benefícios, como conforto, segurança e fartura.

A criação de riqueza envolve o conjunto de técnicas e estratégias para gerar mais recursos financeiros para um indivíduo ou para uma empresa. 

Vale destacar que ao contrário do que muitas pessoas pensam, a riqueza no mundo não é algo limitado. Em outras palavras, os recursos financeiros somados não representam uma quantia fixa que é distribuída entre os agentes econômicos.

Analogamente, a economia não funciona como uma pizza de tamanho limitado que é distribuída em pedaços desiguais. Caso fosse assim, quanto maior fosse a população mundial, maior seria a pobreza – já que uma mesma quantia seria repartida entre mais pessoas.

Geração de riqueza pelo trabalho é a fonte de toda a riqueza e de toda a cultura, e como o trabalho produtivo só é possível na sociedade e pela sociedade, o seu produto pertence integralmente por direito a todos os membros da sociedade. No caso, todos eles são responsáveis pelo ganho de eficiência operacional, melhoria de margens e aumento do lucro.

A distribuição da riqueza deve ser regida pelos princípios da necessidade e da justiça social e não, apenas e tão-somente, pelos desígnios das forças econômicas dominantes e das relações de poder político e dos processos de decisão que, geralmente, favorecem algumas regiões e grupos em detrimento das regiões mais carentes e das camadas marginalizadas da população.

A riqueza mundial não é algo estático, mas uma variável econômica. Assim, devido à criação de riqueza, foi possível nas últimas décadas e séculos acontecer simultaneamente um aumento populacional e uma elevação do Produtos Interno Bruto (PIB) per capita.

ARTIGOS RELACIONADOS

Custos de produção do trigo

A safra de trigo deste ano iniciará com alta de 21,77% nos custos de produção se comparado a 2020.

Inflação: por que ela impacta no seu bolso?

Pensando Estrategicamente, por Antônio Carlos de Oliveira

Primeiro semestre foi desafiador para indústria FFLV

O primeiro semestre de 2022 termina com a inflação ainda em alta e mostrou um desequilíbrio das cadeias em diversas áreas, além do FFLV.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!