24.6 C
Uberlândia
sábado, abril 13, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasDrones com IA já fazem a contagem de estoques

Drones com IA já fazem a contagem de estoques

A tecnologia de Inteligência Artificial está possibilitando uma nova era de drones autônomos e que rapidamente vão assumir a gestão de inventários em grandes armazéns e gestão de ativos em obras, no campo ou em portos

A IKEA Stores acaba de anunciar que está com 100 drones monitorando seus armazéns na Europa, mais precisamente nos Países Baixos, Alemanha, Itália, Eslovênia, Croácia e Bélgica. Para aqueles que operam fora do setor de tecnologia, o conceito de alavancar soluções de IA e tecnologia de imagens de drones parece otimista; no entanto, a combinação já está sendo usada com grande eficácia nos setores de agronegócio, armazenagem e logística. A coleta de dados em tempo real por drones autônomos agrega maior transparência e precisão aos processos de gestão de estoque, permitindo que as empresas adotem estratégias de sourcing mais ágeis.

Créditos: Divulgação

A tecnologia de usar IA em câmeras não é tão recente, mas até bem pouco tempo não era utilizada em drones, era comum com IoT, mas não com IA. Anteriormente, os drones precisavam ter um piloto, mas a criação de drones autônomos segue num boom de desenvolvimento. Para algumas situações, o uso de drones é fabuloso, já que ele permite realizar coisas impossíveis até então. Cientistas já utilizam drones para fotografar e enviar dados sobre espécies de animais em extinção em tempo real, como os Golfinhos de Māui. Há aplicações para enviar boias salva vidas e outras para executar manutenção em locais antes impossíveis, como turbinas de usinas hidrelétricas.
 

No ano passado, pesquisadores da Universidade de Zhejiang, na China, desenvolveram uma tecnologia capaz de permitir que “enxames” de drones possam voar em ambientes completamente desconhecidos e não controlados, como florestas, de forma 100% autônoma. Similarmente, pesquisadores da Universidade de Zurique, na Suíça, desenvolveram um drone quadricóptero autônomo capaz de rastrear a própria trajetória, evitar obstáculos em tempo real e com autonomia de até 70 km.
 

O uso de drones com câmeras e IA em armazéns para contagem de estoque, como no caso da IKEA, que começou em 2021 com apenas um drone e hoje já conta com 100 em 16 lojas, se mostrou interessante porque, além da precisão que só máquinas conseguem oferecer, há ainda a redução dos custos operacionais e gestão de estoque mais eficiente, além de evitar colocar o ser humano em um trabalho que muitas vezes é ingrato e insalubre, dependendo do tipo de ambiente até perigoso.
 

No Brasil, durante o 28º Fórum Internacional de Supply Chain realizado em 2022, o ILOS (Instituto de Logística) apresentou uma pesquisa indicando que apenas 18% das empresas consultadas na época usavam drones. Destas, 69% lançam mão do equipamento com a principal função de auxiliar a inspeção e monitoramento de instalações e 46% das companhias utilizam a tecnologia para a contagem de inventário. A movimentação de produtos dentro de uma mesma instalação representa apenas 8%, seguido de outros 8% quando se refere a entrega de produtos para o cliente final, a chamada última milha. Como fica claro, a contagem de estoque é de interesse muito maior do que a movimentação de produtos, que parece estar se aproximando a passos mais lentos.
 

E os dados do ILOS indicam que há um espaço gigante de crescimento do segmento no Brasil tanto para monitoramento de ativos de valor, quanto para contagem de inventário. Até poucos anos, a principal barreira de adoção na minha opinião era o fato do drone não ser autônomo, pois é oneroso encontrar um especialista para trabalhar na empresa apenas controlando o drone e existia um risco potencial de acidentes. Com a IA e as câmeras de alta definição, o medo dos acidentes está desaparecendo.
 

Os drones autônomos conseguem realizar rondas em um espaço determinado e tem sensores para não colidir em nada, permitem mapear e vigiar áreas definidas, fazem coleta de dados em tempo real, monitoram qualquer tipo de instalação, além de oferecerem pronta resposta em caso de ocorrências, chamando automaticamente socorro para auxílio em caso de acidentes e policiais em caso de furtos/roubos ou ações suspeitas.
 

A revolução dos drones já está em pleno curso. Eu aposto que, em pouco tempo, teremos uma adoção em massa deste tipo de tecnologia no Brasil para diferentes funcionalidades, especialmente em grandes armazéns, obras de infraestrutura, portos e aeroportos e em locais de difícil acesso. Inclusive, há um vídeo que sempre gosto de recomendar para se ter ideia de como a tecnologia ajuda em algumas situações de difícil acesso para um ser humano na contagem de estoques.

Confira aqui um vídeo de um drone com IA em ação dentro de um grande armazém!

ARTIGOS RELACIONADOS

Agrosmart participa da COP28 e lança Nexus

Diante dos desafios das mudanças climáticas, novo produto da climate tech torna as cadeias de valor mais transparentes e colabora para a gestão de riscos climáticos e socioambientais.

Feira DroneShow Robotics 2024 apresenta inovações em drones para inspeções, logística e pulverização

Evento entre 21 e 23 de maio de 2024, no Expo Center Norte - Pavilhão Amarelo, em São Paulo

IA complementa experiência técnica no campo

Exemplo é o avançado monitoramento de infestação de plantas daninhas em canaviais, onde a Inteligência Artificial se une à expertise agronômica para aprimorar os processos.

Drones são capazes de melhorar pulverização

Em testes de pulverização, drones conseguiram atingir melhor a parte interior das plantas de soja em comparação aos tratores e aos borrifadores costais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!