21.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosEnza Zaden comemora 85 anos de mercado

Enza Zaden comemora 85 anos de mercado

A origem

A Enza Zaden teve origem em uma pequena loja que vendia sementes de vegetais, batatas e leguminosas, chamada De Enkhuizer Zaadwinkel (na cidade de Enkhuizer, Holanda). Após a Segunda Guerra Mundial, concentrou-se inteiramente no melhoramento profissional de vegetais.
No final da Segunda Guerra Mundial, Jacob Mazereeuw viu a oportunidade de focar nos produtores profissionais. “Não foi fácil, mas conseguimos com a variedade de feijão ‘Ezetha’s Witkiem’. Os produtores perceberam que esta variedade tinha uma boa relação custo-benefício, e assim a confiança em nossa empresa se tornou cada vez maior”, lembra o fundador da Enza Zaden.
Com lançamentos de variedades que fizeram muito sucesso, como o tomate ‘Extase’, por exemplo, a empresa ganhou cada vez mais forças para investir em pessoal qualificado, programas de melhoramento, tecnologia, e com isso, iniciou a expansão internacional a partir de 1985.
Hoje, a Enza Zaden está presente em 25 países dos seis continentes, investe mais 100 milhões de euros em pesquisa e desenvolvimento anualmente e lança mais de 150 novas variedades por ano.

A sede da Enza Zaden no Brasil, em Holambra
Foto: Enza Zaden

85 anos de mercado

A Enza Zaden é hoje uma das poucas empresas dedicadas exclusivamente, desde sua fundação, ao melhoramento e desenvolvimento de novos híbridos de hortaliças. “Como foco de negócio está o mercado profissional, visando oferecer, no âmbito global, as melhores soluções para o produtor rural que busca genética com elevado potencial a ser explorado, além das qualidades nutricionais sempre preservadas para o consumidor final da cadeia”, relata Jean-Francois Hardouin, gerente geral da empresa.
Chegando aos 85 anos no topo da lista das empresas de maior expressão no mercado global, a Enza Zaden é, hoje, uma referência em diversos segmentos de cultivos que atua. No Brasil, atua nas principais regiões produtoras, com uma média de 50 variedades, entre alface, chicória, cebola, cenoura, melancia, melão, pimentão, abóbora, tomate e porta-enxerto.
Jean-Francois revela que a empresa conta com mais de 2.500 colaboradores no mundo e cerca de 40 no Brasil, onde abrirá mais de 200 novas vagas de trabalho por ano. Toda essa estrutura possibilita entregar as 815 toneladas de sementes comercializadas por ano em todo o mundo.

Diferenciais da Enza Zaden

Infográfico: Enza Zaden

Para Jaap Mazereeuw, diretor administrativo da Enza Zaden, os empreendimentos familiares que se concentram no longo prazo são inovadores, com elevada consciência dos custos e desempenhando um papel importante na oferta de empregos.
“Nosso ponto forte é que somos não só um empreendimento familiar, mas também uma família empreendedora. Nosso sólido e contínuo investimento em P&D nos torna capazes de oferecer às pessoas do mundo inteiro, o acesso a hortaliças saudáveis e variadas. Esses investimentos em inovação ao longo do ano geram um fluxo constante de conceitos e produtos. Em média, a Enza Zaden lança duas novas variedades de hortaliças por semana no mercado global”, detalha o executivo.
Ainda segundo ele, os colaboradores trabalham em conjunto, em equipes internacionais, e conseguem responder de modo ágil e flexível às evoluções do mercado. “A boa coordenação entre nossos colaboradores e nossos parceiros na cadeia de produção é essencial para comercializar, com sucesso, uma nova variedade ou conceito de hortaliça”, acrescenta.

Pesquisas em melhoramento genético

A Enza Zaden é uma empresa de pesquisa e inovação e se destaca no mercado global por isso. Recentemente, um novo vírus do tomate (ToBRFV) casou grandes prejuízos aos agricultores em escala mundial.
E a Enza Zaden foi a primeira empresa a trazer um gene de alta resistência a essa doença, mudando completamente o cenário. “Isso só foi possível graças aos grandes investimentos em pesquisa e acompanhamento das tendências de mercado”, considera Gustavo Oliveira, gerente de melhoramento de tomate nas Américas.
No âmbito nacional, um dos maiores desafios da horticultura é a escassez de mão de obra e o aumento exponencial nos custos de produção. “Para isso, a Enza Zaden busca plantas mais adaptadas ao clima tropical, com alta produtividade e de fácil manejo, uma revolução de como vemos a tomaticultura hoje. Nosso objetivo é aumentar a produtividade por área e entregar produtos de alta qualidade para o mercado”, define.

Jaap Mazereeuw (esquerda) e Piet Mazereeuw (direita)
Créditos: Divulgação

Para breve

Jean-Francois revela como visão para os próximos cinco anos, que a Enza Zaden será a melhor empresa em todos os segmentos em que participa. “Isso traduz não só a competência desenvolvida em todos esses anos, mas também a segurança que nosso crescimento e expansão global se dará de forma sólida e consistente”.
Os principais desenvolvimentos da empresa, segundo o gerente da empresa, terão como foco atender as diferentes demandas globais, mas de forma regional, atentos às características de clima, tecnologia, pressão ou limitação de doenças e pragas, mas, acima de tudo, alimentar o mundo de forma saudável.
“O mercado de hortaliças segue em constante e acelerada transformação, sendo que as demandas ocorrem ao longo de toda a cadeia, desde produtores cada vez mais tecnificados, a rede de distribuição e comercialização atenta à qualidade dos produtos e, por fim, tão importante quanto os demais, por todos nós, exigentes consumidores”, aponta Jean-Francois.

Para ele, cada elo dessa cadeia impulsiona a melhoria na qualidade e na diversidade dos produtos oferecidos. “Nosso compromisso é criar e fornecer as melhores soluções, sempre próximo de nossos clientes e parceiros, apoiando e garantindo a evolução sustentável desse mercado que tanto admiramos”.

ARTIGOS RELACIONADOS

Tomate x Qualidade: uma relação cada vez mais próxima

A crescente busca por mais qualidade, a qual atenda seus gostos, melhore a experiência de consumo e ainda traga uma alimentação mais segura e saudável é comum entre os consumidores da Enza Zaden

Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais de 2023

Prazo para quem quer participar da competição promovida pela Emater-MG termina no dia 6 de setembro

Plantabilidade traz ganho de produtividade

A seleção da variedade mais adequada para cada lavoura deve passar por uma escolha ...

Como elevar as PMEs ao patamar de empresas inteligentes?

As pequenas e médias empresas representam uma verdadeira força na economia brasileira e, um dos principais desafios é elevar a qualidade da gestão destas companhias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!