20.6 C
Uberlândia
quinta-feira, fevereiro 22, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasEstudo com vendedores do agro brasileiro permite aprimorar os negócios do setor

Estudo com vendedores do agro brasileiro permite aprimorar os negócios do setor

Divulgação

Combinando a expertise da Markestrat, especialista em soluções de negócios do agro, e a plataforma de engajamento da força de vendas da Seedz, empresa que integra toda a cadeia produtiva do agronegócio por meio da tecnologia, acaba de ser consolidada a maior pesquisa já realizada com vendedores desse setor no Brasil. Chamada de Ver Agro – Painel Tendência do Consultor de Vendas do Agro 2022, o estudo levantou uma extensa base de informações utilizada para a elaboração de diversas análises, posteriormente compiladas e publicadas pelas duas empresas.

Entender as dificuldades, a visão de mercado, vontades e necessidades dos profissionais que atuam dia a dia na venda de insumos agrícolas, máquinas e implementos, serviços, entre outros, na agricultura e na pecuária, foi o principal objetivo da iniciativa. O relatório foi construído com base nas respostas de 415 consultores de vendas do agro brasileiro e gerou mais de 74 mil dados únicos, provenientes de 30 assuntos, nove temas e 44 perguntas.

A partir desse objetivo principal, a Seedz e a Markestrat esperam que as informações e insights contidos na pesquisa permitam aos diferentes elos da cadeia adaptar suas ofertas, processos e/ou abordagens. Dessa forma, que também possam conhecer ainda mais as dores do agro brasileiro e potencializar o trabalho dos vendedores. Os resultados da Ver Agro atendem indústrias, canais de distribuição, gestores de vendas, empresas de treinamento e capacitação, entre outros, e será divulgada a toda a cadeia do agronegócio de forma gratuita.

“Acreditamos que, com essas informações, as empresas poderão guiar seus investimentos de modo mais eficiente, através de treinamentos direcionados, revisão de processos internos e novas ofertas para seus clientes. Como resultado, terão vendedores mais preparados e um melhor mix de ofertas, gerando mais valor para seus clientes”, destaca Rodrigo Fajardo, diretor de estratégia da Seedz.

LEIA TAMBÉM:

Público

A pesquisa teve como participantes 92% de homens e 8% de mulheres, com idade a partir de 17 anos até mais de 45 anos. Desse público, 27% atua na região Sudeste, 24% no Sul, 22% no Centro-Oeste, 15% no Norte e 11% no Nordeste. Os vendedores têm de um a 40 anos de experiência na área e 71% trabalham com insumos agrícolas, 19% com máquinas e implementos, 2% na indústria e 8% em outros setores do agronegócio.

Dentre os que atuam na área de insumos agrícolas, boa parte vende defensivos e fertilizantes, seguido de nutrição foliar, sementes de soja e milho, além de produtos biológicos, de saúde e nutrição animal. Já os que atuam na linha mecânica, 22% trabalham com máquinas agrícolas, 17% com equipamentos e implementos, 15% com ferramentas e acessórios, 12% com serviços profissionais e 4% com softwares e ferramentas digitais.

No universo dos vendedores que atuam exclusivamente com agricultura, estão 69% dos respondentes do estudo, enquanto que apenas 4% trabalha exclusivamente com pecuária e 23% deles nas duas áreas. Soja e milho são as culturas que mais se destacam na atuação dos consultores. Na pecuária, o foco está 60% na de corte e 40% na de leite.

Alguns insights da pesquisa

Uma das informações que a análise do estudo trouxe é de que, cada vez mais, os consultores de vendas estão tentando se posicionar como um agente parceiro dos produtores. Na percepção de 55% dos vendedores, os clientes os veem como parceiros, sendo que 10% dos profissionais já vão além do foco na transação para um enfoque no relacionamento.

Para Matheus Consoli, sócio da Markestrat, com a evolução do comportamento dos produtores e o aumento no nível da demanda por atendimento diferenciado, a postura de consultores que são apenas provedores de produtos e serviços poderá perder espaço no mercado. “Haverá a exigência de uma postura mais consultiva”, afirma.

Outro insight interessante da Ver Agro é sobre a capacitação dos vendedores, 62% dos que participaram da pesquisa são graduados, majoritariamente em cursos que desenvolvem conhecimento específico para a agricultura ou pecuária. E 33% dos graduados têm formação em outras áreas, como negócios. Em relação ao total da amostra, 18% tem pós-graduação e 94% dos pós-graduados técnicos fizeram agronomia como formação.

Mais detalhes

Além dos temas já citados, a pesquisa também abordou a organização das equipes, a performance de vendas, a rotina e as atividades vinculadas ao dia a dia de vendas. Somado a isso, o estudo também  destacou  a carteira de clientes e a manutenção de contatos, os desafios e oportunidades para vender mais e melhor, o uso das ferramentas digitais de vendas e, ainda, programas de incentivo a vendas.

Para saber mais e acessar o relatório completo: https://incentivo.seedz.ag/veragro.

ARTIGOS RELACIONADOS

Tecnologia via satélite promove crescimento exponencial no agronegócio

Para esclarecer dúvidas e apresentar resultados obtidos com a inteligência imobiliária no agronegócio, a EEmovel, considerada a maior plataforma de dados para o mercado imobiliário na América Latina, recebe a imprensa na manhã de terça-feira (07).

Pesquisador faz recomendações sobre monitoramento de pragas

A importância do monitoramento de pragas em todas as etapas que envolvem o ciclo da soja é um tema que o produtor deve ficar atento. O alerta é do engenheiro agrônomo e pesquisador da Proteplan, Clérison Régis Perini.

6 tendências para o agro responsável em 2023

Confira artigo sobre tendências para o agro responsável em 2023, escrito por Aline Locks, CEO da Produzindo Certo.

Faturamento da Satis ultrapassa a barreira dos R$ 100 milhões

Empresa ampliou capacidade de produção em 50% e reforça sua estrutura de logística para atender mudança no perfil de compra do produtor brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!