21.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasExpocafé 2023: liderança feminina, inovação e qualidade

Expocafé 2023: liderança feminina, inovação e qualidade

Além da exposição de máquinas, programação tem palestras e discussões sobre temas diversificados

A 26ª Expocafé começou nesta quarta-feira, 17 de maio, no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) em Três Pontas. Realizadora do evento, a EPAMIG, em parceria com diferentes instituições, aposta em espaços como a Expocafé Mulheres, Produtor Inovador e Aromas e Sabores para debater temas relevantes para a atividade como equidade, oportunidades tecnológicas e preparo e consumo de café.

Foto: Erasmo Pereira

A programação da 3ª. Expocafé Mulheres propõe debates acerca do tema “Fortalecimento de Lideranças Femininas na Cafeicultura”. Na tarde desta quarta-feira, o primeiro painel teve como convidadas Silvana Novais, gerente da Mulher, do Jovem e da Inovação, do Sistema Faemg/ Senar; Miriam Monteiro de Aguiar da Aliança Internacional das Mulheres do Café (IWCA) Brasil; e Francielly Lasmar Balduíno da Fundação Neumann do Brasil. A apresentação ficou a cargo da professora do IF Sudeste, Danielle Baliza.

O encerramento contou com uma rodada de conversa com a participação de lideranças femininas na cafeicultura, com mediação da pesquisadora da Embrapa Café Helena Maria Ramos Alves, uma das idealizadoras do evento. “Nosso primeiro desafio foi mapear e mostrar que existem mulheres trabalhando e gerindo propriedades cafeeiras no Brasil. Em 2017, identificamos quase 90 mil mulheres dirigindo ou co-dirigindo fazendas de café. Nosso desafio é comprovar que as mulheres não apenas ajudam, também lideram e chefiam. Queremos igualdade de oportunidades e direitos”, enfatizou.

Produtor Inovador

A programação do estande Produtor Inovador foi aberta, também nesta quarta-feira pelo secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes e pela diretora-presidente da EPAMIG, Nilda Soares, que destacou a preocupação da Empresa em levar inovações e resultados de pesquisas recentes aos cafeicultores mineiros.

“A EPAMIG tem uma série de pesquisas realizadas para mitigar os efeitos que aceleram as mudanças climáticas que afetam diretamente a agropecuária. Nesse sentido, temos buscado, por exemplo, auxiliar nossos produtores a obterem o selo de certificação Carbono Zero para suas fazendas de café”, ressaltou. “Outra questão importante são as inovações para reduzirem o uso de agrotóxicos. Por isso, a EPAMIG também tem desenvolvido trabalhos com uso de inimigos naturais das pragas do café”, completou a diretora-presidente.

Logo após, começaram as atividades do Hub Conecta Day, com a apresentação da vice-presidente da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), Carmem Lúcia Chaves. “Temos hoje mais de 70 mil produtores associados, que estão divididos em 11 categorias de membros e espalhados por 14 estados brasileiros”, comentou. Outros tópicos abordados foram as diferenças nas produções de cafés especiais das diversas regiões de Minas Gerais e a importância de os cafeicultores estarem atentos aos movimentos de mercado, conhecendo bem a qualidade de seus produtos e buscando associações, cooperativas e certificações.

Aromas e Sabores

O Espaço Aromas e Sabores iniciou as atividades na manhã desta quarta-feira. Durante a tarde, ocorreu a primeira oficina sensorial do estande, realizada pela equipe do Núcleo de Estudos em Qualidade, Industrialização e Consumo de Café (QI Café), da Universidade Federal de Lavras (UFLA). A atividade “Métodos de Preparo da Bebida”, apresentou quatro formas diferentes de preparo de um mesmo café (V60, prensa, Kalita e Globinho), abordando as diferenças sensoriais de cada uma delas na xícara. Os participantes tiveram a oportunidade de saborear a bebida e sentir os distintos perfis apresentados por cada método.

Até sexta-feira

O cafeicultor que visita a feira tem a oportunidade de conhecer novidades em maquinários de grande e pequeno porte e em insumos apresentadas por 145 expositores. Em campo durante as dinâmicas de máquinas é possível acompanhar o desempenho de alguns dos equipamentos. Além de poder acompanhar a sequência da programação nos espaços Expocafé Mulheres, Produtor Inovador e Aromas e Sabores.

ARTIGOS RELACIONADOS

Plataforma AgroStart torna-se iniciativa global de inovação aberta

Convocar startups, agricultores, líderes do setor e colaboradores da BASF em todo o mundo para apresentar suas soluções e cocriar para um futuro mais sustentável da agricultura.

Déficit de armazenagem compromete qualidade dos grãos

Estima-se que no Brasil 20% de toda colheita seja perdida devido às más condições de armazenamento, umidade e pragas.

Inovação que gera valor!

O Brasil é o maior produtor mundial de soja e, o grão é a principal cultura cultivada em território nacional. Por isso, a importância dessa oleaginosa é indiscutível e promover tecnologias que permitam uma produção crescente e sustentável se tornou indispensável.

Normas para produção integrada de folhosas entram em vigor em fevereiro

A partir de 1º de fevereiro, entra em vigor a Instrução Normativa nº 1 que traz as normas técnicas para produção integrada de folhosas, inflorescência e condimentais. A instrução foi publicada no dia 13 de janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!