18.1 C
São Paulo
sexta-feira, agosto 12, 2022
-Publicidade-
Inicio Destaques Exportação de Óleo de Girassol para devido à guerra

Exportação de Óleo de Girassol para devido à guerra

Presente na cozinha da maioria dos brasileiros, o óleo de girassol se tornou um item essencial para o preparo das refeições, mas o que acontece se ele não conseguir chegar ao país?! 60% da produção mundial do insumo é realizada no Mar Negro, na Ucrânia e com a situação conflitante com a Rússia o envio do material está indisponível. 

A alta procura pelo commodity é gritante, em 2021, foram exportadas cerca de 499 mil Kg, o que equivale a US$274.513, dacordo com o levantamento realizado pela Logcomex, startup que oferece plataformas de big data e automação para o comércio exterior.  

O fundador da startup, Helmuth Hofstatter, comenta sobre a situação. “Um dos efeitos do confronto entre Rússia e Ucrânia pode ser na oferta de óleo de girassol no mundo. O Mar Negro é responsável por 75% das exportações do produto. Isso pode estimular o consumo de outros óleos vegetais, como o de palma e de soja”. 

Tal situação fez com que o carregamento de navios com o insumo sofresse atrasos. De acordo com Sandeep Bajoria, presidente da Associação Internacional de Óleo de Girassol, o produto já está atrasado em uma semana. Como medida para que a população não sofra sem o material, os óleos vegetais têm sido procurados em alta escala. 

Óleos de palma e soja estão sendo comercializados a um preço recorde de US$1.700 a tonelada na Índia, para março, em comparação com 1.620 dólares para óleo de girassol bruto.

Inicio Destaques Exportação de Óleo de Girassol para devido à guerra