28 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosFeijão-de-metro é uma hortaliça-leguminosa indicada para climas quentes

Feijão-de-metro é uma hortaliça-leguminosa indicada para climas quentes

 

Felipe Rodrigues Costa Feitosa

Sebastián Andrés Garita

Romero Batista Araújo

Engenheiros agrônomos

Marcelo de Almeida Guimarães

Doutor e professor da Universidade Federal do Ceará

Créditos Felipe Feitosa
Créditos Felipe Feitosa

No Brasil, o feijão-de-metro (Vignaunguiculata L. Walp. ssp. sesquipedalis L. Verdc) foi introduzido no século XVII, sendo sua produção observada principalmente em pequenas unidades de produção familiar. Nessas, a hortaliça tem importante papel na complementação da renda e diversificação de cultivos. Sua origem parece ser o oeste africano, no entanto, seu cultivo já está amplamente difundido em países do sudeste da Ásia.

No Brasil, a produção e comercialização do feijão-de-metro tem crescido na região Norte e em alguns estados da região Nordeste. Tal crescimento tem sido motivado principalmente pelo aspecto do fruto (vagens podem alcançar até 90 cm de comprimento) e seu sabor exótico, sendo na culinária tradicional utilizado em substituição ao feijão vagem (Phaseolusvulgaris L.).

 Essa hortaliça-leguminosa produz vagens tenras, longas e pouco fibrosas - Créditos Felipe Feitosa
Essa hortaliça-leguminosa produz vagens tenras, longas e pouco fibrosas – Créditos Felipe Feitosa

Consumo e nutrientes

Essa hortaliça-leguminosa produz vagens tenras, longas e pouco fibrosas, sendo colhidas ainda verdes (imaturas), momento em que a vagem ainda possui maciez e os grãos não estão maduros. Nesse estádio, as vagens são facilmente cozidas, o que facilita a forma de consumo.

De forma geral, sua textura mais densa e sabor mais intenso, se comparado ao do feijão-vagem normalmente utilizado, são algumas das principais vantagens da utilização dessa hortaliça.

As vagens do feijão-de-metro, além de serem consideradas fontes de proteínas, também são fonte de cálcio, fósforo, sódio e potássio. Além disso, apresentam bons teores de vitamina A, tiamina e Niacina.

Tabela 1. Propriedades químicas das vagens de feijão-de-metro e seus valores médios para cada 100 g de fruto consumido.

Propriedades químicas

Unidade

Valor por 100 g

Energia

Kcal

47,00

Proteína

G

2,80

Lipídeos

g

0,40

Carboidratos, por diferença

g

8,35

Cálcio

mg

50,00

Ferro

mg

0,47

Magnésio

mg

44,00

Sódio

mg

4,00

Vitamina A

mg

43,00

Tiamina (B1)

mg

0,11

Riboflavina (B2)

mg

0,11

Niacina

mg

0,41

Vitamina C

mg

18,80

Adaptado de USDA (2014).

As vagens do feijão-de-metro são fonte de cálcio, fósforo, sódio e potássio - Créditos Felipe Feitosa
As vagens do feijão-de-metro são fonte de cálcio, fósforo, sódio e potássio – Créditos Felipe Feitosa

Botânica

Pertencente à família Fabaceae, o feijão-de-metro assemelha-se botanicamente mais com o feijão-frade (Vignaunguiculata; USDA) do que com o feijão-vagem. Esta espécie apresenta germinação epígea, sendo considerada planta anual, de crescimento rápido e ciclo de vida que pode durar entre 100 e 120 dias.

Conforme a parte aérea se desenvolve, observa-se porte enramador, que pode chegar a até três metros de comprimento. Seus ramos originam-se a partir da haste principal. O sistema radicular é pivotante e apresenta poucas raízes laterais. Suas folhas possuem coloração verde-escura, sendo as primeiras simples e opostas e as demais trifolioladas e alternas.

De uma forma geral, as flores desta espécie são autofecundadas, o que caracteriza a espécie como autógama. As flores são de coloração amarela ou roxa dependendo da variedade. Na Amazônia cultivam-se tradicionalmente as variedades que apresentam flores de coloração roxa.

As vagens do feijão-de-metro têm coloração verde escura nos estádios iniciais de desenvolvimento até a colheita, momento em que apresentam diâmetro parecido com o de um lápis (6 mm). São cilíndricas, maleáveis e conforme crescem apresentam-se de forma pendular nas plantas.

As plantas de feijão-de-metro desenvolvem-se melhor em solos leves e friáveis - Créditos Felipe Feitosa
As plantas de feijão-de-metro desenvolvem-se melhor em solos leves e friáveis – Créditos Felipe Feitosa

Algumas vagens podem chegar a medir 90 cm, no entanto, a média é de 40 a 50 cm. Os frutos são o principal diferencial do feijão-de-metro em relação a outras espécies da família Fabaceae, já que nessas as vagens produzidas apresentam tamanho que pode variar entre 10 e 20 cm.

A floração e a formação das vagens ocorrem de forma contínua durante todo o ciclo produtivo.Os grãos apresentam coloração verde pálido quando imaturos, e vermelha ou preta (dependendo da variedade) quando maduros.

Essa matéria completa você encontra na edição de janeiro da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Clique aqui para adquirir já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Adubação verde – A nutrição equilibrada que seu cafezal merece

Júlio César Dias Chaves Pesquisador do Instituto Agronômico do Paraná " IAPAR e Bolsista do Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café " CBP&D-Café jchaves@iapar.br Denilson...

Chegam ao mercado sementes da alface Litorânea

Já estão disponíveis no mercado as sementes da alface SCS374 Litorânea, desenvolvida pela Estação Experimental da Epagri em Itajaí (EEI) para cultivo orgânico. As sementes da hortaliça foram multiplicadas e serão distribuídas pela Isla Sementes, empresa campeã da chamada pública realizada pela Epagri no início do ano. Os interessados em cultivar a alface Litorânea podem comprar as sementes em casas agropecuárias ou no site da empresa: www.islasementes.com.br

Estresses abióticos – Como conviver com eles?

Juscelio Ramos de Souza Bruno Neves Ribeiro  Pesquisa & Desenvolvimento KimberlitAgrociências   Os estresses ambientais têm se figurado como um dos fatores responsáveis pela atual distribuição das culturas...

Hora de colher os bons frutos

Juliana Sanches Pesquisadora científica do Centro de Engenharia e Automação, do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) jsanches@iac.sp.gov.br O interesse pela pós-colheita de frutas e hortaliças tem aumentado...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!