23.1 C
São Paulo
quarta-feira, janeiro 19, 2022
- Publicidade -
- Publicidade -
Inicio Revistas Hortifrúti Fertilizantes + aminoácidos = mais tuberização da batata

Fertilizantes + aminoácidos = mais tuberização da batata

Aldeir Ronaldo Silva
Engenheiro agrônomo e doutorando direto em Fisiologia e Bioquímica de Plantas – ESALQ/USP
aldeironaldo@usp.br

A batata é considerada uma cultura-chave na produção agrícola mundial, sendo a terceira cultura alimentar mais importante do mundo. Grande parte da produção é consumida na forma in natura e em torno de 10% da produção é destinada para industrialização na forma chips e batata palha pré-frita congelada.
Com relação a essa produção brasileira, é de aproximadamente 3,5 milhões de toneladas nos Estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Goiás e Bahia. Nisto, é cada vez mais importante a associação de técnicas com a finalidade de aumentar a produtividade ou evitar a perda em virtude de fatores ambientais causadores de estresse.
O uso de fertilizante com aminoácidos, aplicado de forma conjunta ou individual, propicia uma maior produção de fotoassimilados e direcionamento dos mesmos para os órgãos-drenos da planta durante a fase de tuberização.
Os fertilizantes aplicados via foliar são também importantes para a alta produtividade, pois, em geral, suas composições são compostas tanto por macro como micronutriente, que estão envolvidos em vários processos de crescimento e desenvolvimento.
Já os aminoácidos são importantes na síntese de proteínas, compostos intermediários da biossíntese de hormônios vegetais. Em ambos os casos, a deficiência de fertilizantes ou a não suplementação de aminoácidos resulta em diminuição da tuberização das batatas e também promove uma menor resistência aos estresses abiótico e biótico.

Benefícios comprovados

Entre os benefícios dos fertilizantes, em destaque os foliares, para a cultura da batata, estão a maior absorção dos micronutrientes e plantas de batata mais resistentes ao ataque de fungos e bactérias, rápida absorção dos nutrientes, sendo que, quando aplicados via solo, podem ocorrer perdas quanto aos processos de volatilização ou lixiviação, diminuindo as perdas quando aplicados nas folhas e aumentando a eficiência da técnica.
Os aminoácidos promovem vários benefícios para a cultura da batata, entre os quais o equilíbrio no metabolismo vegetal e contribui para a regulação de vários processos fisiológicos em todas as fases da cultura, como emergência, fase vegetativa, floração e maturação dos grãos.
Outro benefício é referente ao aumento da atividade fotossintética, por meio da glutamina e glutamato que, juntos, atuam na biossíntese de clorofila, resultando na produção de carboidratos que serão translocados para o processo de tuberização na batata.
Os aminoácidos também promovem a redução da toxicidade de defensivos agrícolas pelo estímulo na síntese de proteínas, facilitando as reações químicas celulares. Outro benefício dos aminoácidos é seu efeito quelante, que possibilita que macro e micronutrientes catiônicos agreguem aos aminoácidos, promovendo uma maior penetração na membrana cuticular.
A associação entre fertilizante e aminoácidos promove um maior fluxo de nutrientes e e fotoassimilados através do floema, levando a uma maior tuberização das batatas, possibilitando maior produtividade e lucratividade para os produtores.

Detalhes do manejo

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.

Inicio Revistas Hortifrúti Fertilizantes + aminoácidos = mais tuberização da batata