18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Fosfito com fungicidas geram maior eficiência na pulverização do limoeiro

Fosfito com fungicidas geram maior eficiência na pulverização do limoeiro

Carla Verônica Corrêa

Doutoranda em Ciências Agronômicas, UNESP

cvcorrea1509@gmail.com

Créditos Shutterstock
Créditos Shutterstock

Culturas bem nutridas têm maior resistência ao ataque de pragas e doenças, e há muitas evidências de que o uso de fosfito junto com fungicidas melhora a eficiência no controle de patógenos do limoeiro. Esses benefícios podem ser revertidos em economia na aplicação de defensivos. Além disso, sua utilização está conectada à produção de frutos de melhor qualidade, o que implica em um melhor valor de mercado.

Vantagem de associar fosfitos a fungicidas

Diversas pesquisas demonstram que os fosfitos atuam na redução do crescimento micelial e esporulação de fitopatógenos. Também atuam na indução da planta na produção de fitoalexinas, fenilalanina-amônia-liase e compostos como a lignina e o etileno, que agem no processo de defesa contra patógenos.

O ácido fosforoso é um composto solúvel em água e muito fitotóxico. Entretanto, quando neutralizado por uma base (hidróxido de potássio, hidróxido de sódio ou hidróxido de amônio) resulta num sal denominado de fosfito que não é fitotóxico e apresenta alta atividade fungicida na planta.

Formulações

Diversas formulações de fosfitos contendo macro e micronutrientes (K, Zn, Mn, Ca e B) são comercializadas para uso em diversas culturas. O fosfito de potássio, por exemplo, já é um produto conhecido por apresentar eficiência no controle de míldios e diversas doenças causadas por Phytophthora spp..

Em geral, o fosfito altera o metabolismo do fósforo em Phytophthora, provocando acúmulo de polifosfato e pirifosfato. Assim, o efeito tóxico do fosfito é inibir a reação de pirifosforilase, enzimas da rota glicolítica e da via oxidativa pentose fosfato.

Foto 02

Ação e reação

A ação do fosfito dependerá de sua concentração na planta, pois em baixa concentração dentro dos tecidos da planta, este interage com o patógeno no ponto de penetração, estimulando o mecanismo enzimático de defesa da planta.

No entanto, se a concentração for alta, o fosfito atua diretamente sobre o patógeno, inibindo o seu crescimento antes que este seja capaz de se estabelecer no hospedeiro.

Os fosfitos são rapidamente absorvidos pelas plantas, pelas raízes, folhas ou tronco, sendo translocados pelo xylema e pelo floema. Em citros, a translocação das folhas para as raízes pode ocorrer num prazo de até 24 horas e permanecer ativo por até 160 dias.

Apesar de muito estudados quanto à ação fungicida, os fosfitos têm sido mais utilizados para o controle de míldios e doenças causadas por Phytophthora em citros. Desta forma, a aplicação de fosfito em conjunto com fungicida pode prolongar a ação deste último e, ainda, reduzir o número de aplicações durante o ciclo.

Benefícios para o limão

Os fosfitos têm despertado um grande interesse na agricultura por atuarem como indutores de resistência em plantas, reduzindo a incidência e severidade de doenças causadas por fitopatógenos.

Desta forma, a sua aplicação associada aos fungicidas permite maior eficiência no controle de fitopatógenos, além de prolongar o efeito dos fungicidas. Ainda, os fosfitos, por apresentarem efeitos sobre o metabolismo da planta, ativam mecanismos de defesa da planta contra os patógenos, como a produção de fitoalexinas.

Quando aplicadosno solo ou nas folhas, são convertidos lentamente em fosfatos. Assim, podem oferecer alguns benefícios, como maior floração, pegamento de frutos e aumento do tamanho destes. Além disso, são substâncias que podem atuar como agentes complexantes, favorecendo a absorção de cálcio, boro, zinco, molibdênio e potássio.

Foto 03

Economia em aplicações

A aplicação de fosfitos associada aos fungicidas permite maior eficiência no controle de fitopatógenos, e pode prolongar o efeito dos fungicidas, reduzindo, dessa forma, a reaplicação desses produtos, seja por prolongar a ação do fungicida ou por aumentar a produção de fitoalexinas, promovendo resistência dessas plantas aos fitopatógenos.

Resultados

Pesquisas demonstram que a aplicação de fosfito de potássio associado com fungicidas contribui para o maior pegamento de frutos, e assim, para a maior produção. Além, disso, como os fosfitos são fontes de nutrientes, como, por exemplo, o potássio, esses contribuem para a melhor qualidade dos frutos, uma vez que esse nutriente atua na translocação de carboidratos da fonte (folhas) para os drenos (frutos).

Sua aplicação diminui o estresse da planta com ataques de doenças, e o elemento que acompanha o fosfito ajuda na manutenção do equilíbrio nutricional, aumentando a produtividade e a resistência pós-colheita dos frutos.

Essa matéria completa você encontra na edição de novembro 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

 

Inicio Revistas Hortifrúti Fosfito com fungicidas geram maior eficiência na pulverização do limoeiro