20.6 C
Uberlândia
sábado, maio 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioEventosFruit Attraction no Brasil surpreende pelos resultados

Fruit Attraction no Brasil surpreende pelos resultados

Com a participação de 12 mil visitantes, evento reuniu mais de 45 países e 8 Estados brasileiros; novos negócios devem gerar 1 bilhão de reais nos próximos 12 meses.

Miriam Lins

A Fruit Attraction, uma das principais feiras internacionais do setor de frutas e vegetais do mundo, encerrou sua primeira edição em solo brasileiro nesta quinta (18), no São Paulo Expo. O evento de três dias reuniu toda a cadeia produtiva do segmento, com a presença de 8 Estados (São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Maranhão, Pará, Espírito Santo e Paraná) e 12 mil visitantes.

Visitantes de mais de 45 países e 15 expositores de nacionalidades distintas – França, Holanda, Itália, Portugal, Grécia, Espanha, Argentina, Chile, Uruguai, Estados Unidos, Nova Zelândia, Egito, Turquia e Israel, além do Brasil, demonstrando o caráter internacional do evento e a atratividade do mercado nacional.

“A Fruit Attraction São Paulo nasce como a feira internacional de referência para o mercado hortofrutícola do hemisfério sul, em alternância e sintonia com a Fruit Attraction Madrid que é o encontro líder no hemisfério Norte. Esta feira será o ponto de encontro não somente para os produtores de todos os Estados do Brasil, mas também de países da América Latina. Desde IFEMA Madrid estamos orgulhosos em poder contribuir com o crescimento do mercado hortofrutícola local e em poder dividir nosso know-how especializado para este objetivo”, afirma Jaime Martin, Diretor de Expansão Internacional da IFEMA Madrid.

“Estamos muito satisfeitos com o desempenho da primeira edição desta marca emblemática da IFEMA Madrid no Brasil, que contou com mais de 300 marcas expositoras. Já notamos um grande número de visitantes que se interessaram em participar como expositores na próxima edição e uma taxa elevada nos pedidos de renovação e, ainda, aumento de área de quem já expôs com a gente este ano”, afirma Maurício Macedo, CEO da Fiera Milano Brasil, co-realizadora do evento.

A estrutura montada foi um dos pontos positivos para Guilherme Coelho, presidente da Abrafrutas (Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados). “Estou muito feliz com a Fruit Attraction, uma feira que veio para ficar. Elementos importantes, como bons estandes, rodadas de negócios, painéis de conteúdo e, principalmente, corredores lotados indicam que o evento vai se consolidar”, declarou.

A próxima edição aumentará de tamanho, passando a ocupar dois pavilhões do São Paulo Expo. “Sabíamos que essa edição inicial seria muito boa pela tradição brasileira e pela expertise de sucesso da IFEMA Madrid, que foram grandes propulsores e, com certeza, vão nos ajudar a realizar uma feira ainda melhor no próximo ano. Nossa expectativa já está muito alta”, completa Macedo.

O evento contou com uma experiência interativa e um fórum com mais de 20 horas de conteúdo. Renomados chefs de cozinha preparam receitas com os ingredientes expostos no espaço do Cooking Show by São Paulo Negócios. Já o Fruit Fórum, patrocinado pelos governos da Bahia e do Maranhão, o Porto de Suape e a Apex Brasil indicou tendências e oportunidades de quem está ou deseja empreender no setor frutícola.

Novos negócios

O desempenho da Fruit Attraction é um reflexo do bom momento que o Brasil vive no cenário mundial. O país bateu recorde de exportação de frutas em 2023, com um aumento de 26% no faturamento na comparação com 2022, alcançando a marca de R$ 1,2 bilhão, segundo a Abrafrutas.


Em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), a feira também trouxe o Programa de Compradores Internacionais, que reuniu compradores de 33 países distintos e realizou mais de mil reuniões de negócios ao longo dos três dias da feira, que devem movimentar 1 bilhão de reais em vendas nos próximos 12 meses.

Victor Rodrigues Ferreira, analista nacional de agronegócios do Sebrae, avaliou positivamente a participação da cadeia produtiva. “Os produtores vivenciaram esta gama de oportunidades, facilitando novos negócios. Temos a carência de um espaço assim no Brasil e esta primeira edição jogou uma semente. Acredito que no ano que vem, com mais tempo, os visitantes aumentem ainda mais”, declarou.

ARTIGOS RELACIONADOS

Inverno rigoroso e geadas

A época de outono e inverno, especialmente na região Centro-Sul do Brasil, traz riscos maiores ...

Agrishow começa com expectativa de movimentar R$ 13 bilhões em negócios

Cerimônia de abertura foi realizada neste domingo (28), no parque tecnológico da feira, em Ribeirão Preto (SP); previsão é de mais de 195 mil visitantes nos cincos dias de evento.

A revolução digital

A agricultura digital é uma realidade no Brasil construída de forma consistente ao longo ...

Nanocelulose de pinus e eucalipto: Novo espessante para fabricação de álcool em gel

A nanocelulose do tipo microfibrilada (conhecida como MFC) de pinus e de eucalipto pode atuar como espessante e emulsificante eficaz no preparo de álcool antisséptico e álcool em gel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!